Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LEIA ANTES DE XINGAR

Vilã dissimulada, Karol Conká é necessária para o BBB21; saiba o porquê

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY

Karol Conká de óculos e batom vermelho, olhando seriamente para o lado dentro do BBB21

Karol Conká no anúncio de sua indicação ao paredão do BBB21; cantora é a maior vilã da temporada

A ideia inicial era deixar esse texto em branco. Diante de todas as atrocidades que cometeu em menos de um mês de BBB21, Karol Conká é desnecessária em rede nacional e foi mais longe na competição do que muitos telespectadores queriam. Mas a Globo deve estar preocupada com a eliminação da grande vilã da temporada, já que é ela quem movimenta a casa com seus devaneios e mentiras, e sua saída pode enfraquecer a projeção do programa.

A rapper seguiu à risca a cartilha das coisas a não se fazer em um reality show: foi intolerante, preconceituosa, fez comentários xenofóbicos, mentiu, torturou, manipulou, menosprezou os adversários, foi soberba, arrogante, autoritária, interesseira, articulou para o mal e não sustentou a personagem que vendia antes de entrar no confinamento.

Mas no meio de todas as suas trapalhadas, ela merece algumas honrarias. Afinal, obteve êxitos que há décadas nenhum líder político e/ou religioso conseguiu, e por essa razão se tornou o principal nome dessa temporada. Não dá pra defendê-la, mas sua saída será sentida e mudará completamente os rumos do jogo.

Fim dos memes

Uma das maiores diversões da web é chamar Karol Conká de Jaque Patombá. O apelido nasceu do refrão de Tombei, sua música de maior sucesso, na qual ela canta: "Já que é pra tombar, tombei". Sua eliminação enfraquecerá esse grande hit. Pensando em uma possível estratégia de gerenciamento de crise de carreira, ela bem que poderia se relançar na música como Jaque Patombá.

Fofoca

Brasileiro adora uma boa fofoca. Não à toa as emissoras apostam nesse grande filão do entretenimento. E Jaque, quer dizer, Karol serviu muito aos telespectadores do BBB21. Todo dia alguém diferente entrava em sua mira. Ela conseguiu a proeza de tentar vilanizar até mesmo a ex-chiquitita Carla Diaz, deixando seu coração cheio de buraquinhos com seus comentários ácidos.

União nacional

A artista conseguiu unir petistas e bolsominions em prol de uma mesma causa e se abraçarem (ao menos na web) em comemoração de sua derrocada no reality da Globo. Na noite de domingo (21), a paz reinou nas redes sociais durante alguns minutos, e o brasileiro voltou a sorrir, como há anos não fazia.

Quem iremos odiar?

Karol foi manchete diária em todos os veículos de comunicação, algo que ela nunca havia conseguido com o suor de seu trabalho como cantora. Ela nos proporcionou quatro semanas de ódio gratuito, assumiu o posto máximo de vilã, e agora nos dará a missão de eleger seu substituto. Ninguém na casa está a seus pés neste sentido. Mas sentiremos falta de alguém para detestarmos e criticarmos diariamente.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários sobre BBB21


Saiba tudo sobre o BBB21 com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#27 - Os famosos do camarote estão perdidos no BBB21?" no Spreaker.


Últimas de BBB21

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?