Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CAMILO PELLEGRINI E PAULA RICHARD

Record dispensa autores e reforça intervenção da Universal nas novelas

REPRODUÇÃO/RECORD

O ator Dani Guto como Isaque e ator Zécarlos Machado como Abraão olham para o céu e são atingidos por forte luz em cena de Gênesis

Isaque (Dani Guto) e Abraão (Zécarlos Machado) em Gênesis; quinta fase foi uma das mais vistas

DANIEL CASTRO e DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 19/8/2021 - 15h04

A Record não renovará o contrato de Camilo Pellegrini, autor de Gênesis, e Paula Richard, que esteve à frente de O Rico e o Lázaro (2017) e Jesus (2018). Com mais novelas bíblicas em vista, a emissora vai apostar em roteiristas novatos, mas mais alinhados com os preceitos da Igreja Universal do Reino de Deus --a exemplo de Raphaela Castro, que já trabalha nos textos de Reis.

Pellegrini falou abertamente sobre a sua saída nas redes sociais. "Queridos, estou saindo da Record no mês que vem, na pista de novo. Fui feliz lá, muita experiência e algumas vitórias, mas confesso que estou animado para escrever sobre outras coisas", escreveu ele em seu Twitter.

A demissão surpreende justamente porque o escritor foi responsável por uma das fases de maior audiência e repercussão de Gênesis --a quinta, Jornada de Abraão. Ele, inclusive, era elogiado internamente por ter pego uma "bucha", já que a história do profeta é a mais confusa e a menos interessante do primeiro livro da Bíblia.

Paula, por sua vez, estava escalada para escrever um folhetim sobre o rei Salomão para o segundo semestre de 2022, mas foi dispensada depois da ascensão de Raphaela. Assim como Stephanie Ribeiro, ela é ligada e tida internamente como um dos braços direitos de Cristiane Cardoso.

A filha de Edir Macedo hoje ocupa publicamente o posto de diretora de dramaturgia, mas já corrige os roteiros das produções bíblicas nos bastidores em segredo desde 2015. Ela é responsável não só pela qualidade dos textos, mas também por assegurar que eles estejam de acordo com a ideologia da Universal.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM E DIVULGAÇÃO/RECORD

Camilo Pellegrini e Paula Richard

Cristiane, inclusive, seria a responsável por derrubar as novelas sobre Salomão e o rei Davi para dar fôlego a um projeto de Raphaela. Ela uniu as tramas em Reis, sob a justificativa de que o formato de Gênesis, mais próximo das séries, teria agradado os telespectadores.

As ações de Cristiane, no entanto, são questionadas principalmente entre o grupo de autores não-alinhados com a Universal dentro da Record, que reclamam de "intervenção" e "censura". Ela, no entanto, tem importante aliados entre os quadros "laicos", como Cristianne Fridman --de Topíssima (2019) e Amor Sem Igual (2019-2021).

Procurada, a Record não havia se pronunciado até a publicação deste texto.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi a melhor série documental brasileira do ano?

Web Stories

+
Última temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembre

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas