Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NO BRASIL URGENTE

Edu Guedes segura o choro ao relembrar grave acidente: 'Pensei em parar'

REPRODUÇÃO/BAND

Com fones de ouvido, Edu Guedes segura um microfone com a filha Maria Eduarda Guedes ao lado

Edu Guedes e a filha Maria Eduarda Guedes em entrevista ao Brasil Urgente deste sábado (19)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 19/9/2020 - 18h13
Atualizado em 20/9/2020 - 15h55

Edu Guedes segurou o choro ao relembrar que quase perdeu os movimentos da mão esquerda após um grave acidente no início de junho. Em entrevista a José Luiz Datena no Brasil Urgente deste sábado (19), o chef de cozinha confessou que cogitou em deixar a televisão. "Pensei em parar", disse.

O cozinheiro participou do telejornal para promover o seu novo programa matinal, o The Chef. A atração estreia na segunda (21) e marca o seu retorno à televisão depois de romper o contrato com a RedeTV! em agosto. Durante o bate-papo, o incidente foi mencionado  pelo pai de Joel Datena.

"Imagino o que se passa na cabeça do Edu num momento como esse em que ele quase perdeu o braço. As pessoas ficam chocadas quando sofrem esse tipo de acidente", disse âncora. "Foi o momento mais difícil da minha vida", confirmou o pai de Maria Eduarda Guedes, de 11 anos.

Ele, aliás, revelou que chegou a esconder as gravidades da situação de sua filha, fruto do relacionamento anterior com a empresária Daniela Zurita. "Eu não queria preocupá-la porque fazia só quatro dias que tinha saído de férias com a mãe. Contei da fratura, mas não o quanto profunda foi", disse.

"Quando ela me viu, chorou. Eu fui conversando e expliquei que sempre quis levar um pouco de carinho, de amor para as pessoas por meio das minhas receitas, mas talvez não voltasse a TV", afirmou o culinarista com a voz embargada.

Ele precisou respirar fundo para continuar com o seu relato. "A Maria foi a primeira a me incentivar a voltar, porque passou pela minha cabeça que era hora de parar. Comecei a fazer fisioterapia três vezes por dia, e aquilo que ia demorar oito meses de tratamento voltou muito mais rápido", ponderou.

Canhoto, Edu aprendeu a fazer novas atividades com a mão direita para não parar completamente. "Ainda tenho sequelas, meu braço está um pouco mais devagar. Se Deus quiser, ele vai voltar 100% e eu estarei ainda melhor", concluiu o novo contratado da emissora. 


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?