NOVIDADES

CNN Brasil confirma contratação de ex-apresentadores do SBT

DIVULGAÇÃO/CNN BRASIL

Cassius Zeilmann e Daniel Adjuto posam para fotos de divulgação da CNN Brasil

Cassius Zeilmann e Daniel Adjuto são os novos reforços da CNN para compor seu time de apresentadores

REDAÇÃO - Publicado em 19/11/2019, às 14h51

A CNN Brasil anunciou nesta terça-feira (19) mais duas contratações: os jornalistas Cassius Zeilmann e Daniel Adjuto, ex-apresentadores do SBT. Zeilmann, inicialmente cotado para a reportagem no Rio de Janeiro, ficará em São Paulo e vai dividir o comando de um noticiário vespertino com Luciana Barreto. Adjuto apresentará um telejornal diário feito diretamente de Brasília.

A contratação da dupla pela CNN Brasil foi antecipada com exclusividade pelo Notícias da TV no dia 13 de novembro. "Dois talentos da nova geração de jornalistas brasileiros se juntam à equipe da CNN Brasil! Estamos falando de Cassius Zeilmann e Daniel Adjuto, ambos com carreira promissora na reportagem e na apresentação", anunciou o canal de notícias.

Os jornalistas se sentiam desprestigiados e insatisfeitos em suas funções e engrossaram a lista de nomes que deixaram o Jornalismo do SBT em 2019.

Cassius Zeilmann teve duas passagens pela emissora, onde ficou dez anos no total. Ele foi contratado em 2016, após retornar de uma temporada no exterior, para ancorar o SBT Notícias, telejornal que ocupava as madrugadas da emissora até junho deste ano, quando foi extinto em um processo de contenção de custos. Desde então, Zeilmann foi rebaixado para a reportagem do Primeiro Impacto. 

Em sua publicação de despedida, o jornalista disse que foi estagiário, produtor, editor, repórter e apresentador. Ele agradeceu a todos que o acompanharam, mas informou que "chegou a hora de dar tchau, de dizer adeus, de me despedir". 

Daniel Adjuto estava no SBT desde 2012. Ele começou sua trajetória na emissora como estagiário da equipe brasiliense do SBT Brasil e, um ano depois, foi efetivado como produtor do telejornal local da emissora no Distrito Federal. Rapidamente se tornou repórter e, desde 2018, fazia parte da escala de apresentadores do SBT Brasil aos sábados e feriados.

A última aparição de Adjuto na programação da emissora foi no sábado (16), quando apresentou o SBT Brasil pela última vez, ao lado de Williane Rodrigues.

No ar, ele agradeceu ao público pela "audiência de sempre" e se despediu apertando as mãos de Williane --que é a âncora titular do Jornal SBT Brasília, primeiro telejornal em que Daniel atuou como repórter.

Depois do noticiário, Adjuto foi ao Instagram e anunciou sua saída da emissora, publicando uma foto agradecendo pelas oportunidades: "Aqui, fui feliz. O primeiro passo, o estágio. O último, a bancada. Obrigado, família SBT".

Veja a publicação em que o canal de notícias anuncia a contratação dos jornalistas:


CNN Brasil

Com previsão de estreia para março de 2020, a CNN Brasil já contratou vários profissionais de concorrentes como o Grupo Globo, Record e Cultura, além dos jornais Estadão, Folha de S. Paulo, SBT e rádio Jovem Pan.

Entre as contratações estão Monalisa Perrone (que trocou o Hora 1 por um telejornal no horário nobre) e Reinaldo Gottino (que se demitiu da Record e comandará um programa de política e economia).

Os primeiros reforços do canal foram os ex-Globo Evaristo Costa e William Waack. Na sequência, Mari Palma e Phelipe Siani pediram demissão da emissora de Roberto Marinho para assinar com o canal. A ex-apresentadora do Globo Esporte Cris Dias também foi anunciada como nova funcionária em setembro deste ano. 

A emissora reforçou seu time com Taís Lopes, que trabalhava na TV Verdes Mares, afiliada da Globo em Fortaleza, e contratou Caio Copolla e Gabriela Prioli, comentaristas com ideologias e visões de mundo opostas, para protagonizar um programa de debate diário com o objetivo de criar um "ringue" entre a esquerda e a direita.

Em 11 de novembro, foi anunciada a contratação dos jornalistas Caio Junqueira, repórter sênior da revista Crusoé, para comentar os assuntos políticos na sede da CNN em Brasília, e Raquel Landim, jornalista de economia e negócios da Folha de S.Paulo. 

CNN Brasil também contratou Diego Rezende como correspondente na Argentina. Filho do jornalista Marcelo Rezende (1951-2017), o repórter fará reportagens especiais em Buenos Aires.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook