DEBATES DIÁRIOS

CNN Brasil contrata comentaristas para 'ringue de luta' entre esquerda e direita

DIVULGAÇÃO/CNN BRASIL

Foto dos comentaristas políticos Caio Coppolla e Gabriela Prioli, com céu azul de fundo

Com opiniões opostas, Caio Coppolla e Gabriela Prioli vão protagonizar debates de política na CNN Brasil

REDAÇÃO - Publicado em 05/11/2019, às 12h21

Para criar um "ringue" entre a esquerda e a direita, a CNN Brasil contratou Caio Coppolla e Gabriela Prioli, comentaristas de política com ideologias e visões de mundo opostas. O ex-Jovem Pan e a professora de Direito serão os protagonistas de um programa de debate diário, mediado por um âncora ainda não definido. As contratações foram anunciadas nesta terça (5).

Com um homem conservador de direita e uma mulher aparentemente de esquerda, o canal brasileiro quer reforçar a "pluralidade de ideias" em seu conteúdo editorial. O formato do programa é inspirado no The Great Debate, exibido dentro do Cuomo Prime Time, apresentado por Chris Cuomo na CNN norte-americana.

O quadro de debate original consiste em colocar dois convidados com pontos de vista diferentes sobre uma questão controversa para promoverem uma discussão, que pode ser acalorada ou não. 

"A CNN Brasil vai valorizar o debate político com visões divergentes, assim como é realizado nos EUA. O talento do Caio e da Gabriela vai enriquecer os debates em nossa programação multiplataforma", disse Douglas Tavolaro, CEO da CNN Brasil, em nota oficial.

Caio Coppola é bacharel em Direito pela USP (Universidade de São Paulo) e pediu demissão, na semana passada, da rádio Jovem Pan, na qual atuou como comentarista político durante cerca de um ano. Na internet, Coppolla acumula 900 mil seguidores em suas redes sociais. 

Já Gabriela Prioli é advogada formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e é mestra em Direito Penal pela USP. Atualmente, atua como professora convidada na pós-graduação em Direito da Mackenzie.

CNN Brasil 

Com estreia prevista para março de 2020, a CNN Brasil já contratou vários profissionais de concorrentes como o Grupo Globo, além de "atacar" as emissoras Record e Cultura, o jornal Estadão e a rádio Jovem Pan. 

Entre as contratações estão Lourival Sant'Anna, que vai reforçar um time que já conta com Monalisa Perrone (que trocou o Hora 1 por um telejornal no horário nobre) e Reinaldo Gottino (que se demitiu da Record e comandará um programa de política e economia).

Os primeiros reforços do canal foram os ex-Globo Evaristo Costa e William Waack. Na sequência, Mari Palma e Phelipe Siani pediram demissão da emissora de Roberto Marinho para assinar com o canal. Luciana Barreto, do canal Futura, foi para a CNN em julho, e a ex-apresentadora do Globo Esporte Cris Dias foi anunciada como nova funcionária em setembro deste ano. 

Até Taís Lopes, que trabalhava na TV Verdes Mares, afiliada da Globo em Fortaleza, ganhou uma vaga no novo canal de notícias. Ela se destacou ao apresentar o Jornal Nacional em 19 de outubro, como parte do revezamento de âncoras de todo o país que o noticiário está promovendo para comemorar seus 50 anos no ar.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook