MARCADO PARA MORRER

Morte de Júlio deixa Lola em apuros com dívidas em Éramos Seis

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Antonio Calloni caracterizado como o Júlio de Éramos Seis em uma maca de hospital, com rosto lívido e expressão distante, como se tivesse prestes a morrer

Antonio Calloni encerra sua participação na novela das seis; personagem morre na frente dos filhos e da mulher

DANIEL FARAD - Publicado em 19/11/2019, às 05h01 - Atualizado às 11h49

Cada vez mais debilitado, Júlio (Antonio Calloni) não resistirá a outra internação e morrerá na frente dos filhos em Éramos Seis. O vendedor deixará a família na pior, cheia de dívidas e sem dinheiro para pagá-las. Em apuros, Lola (Gloria Pires) precisará se virar para honrar as contas sozinha e manter a família unida.

As cenas vão ao ar a partir de 29 de novembro no remake de Angela Chaves. Antes da tragédia, o comerciário estará prestes a realizar o sonho de abrir o próprio negócio ao descobrir que Emília (Susana Vieira) se dispôs a lhe emprestar dinheiro para propor uma nova sociedade a Assad (Werner Schünemann).

A mãe de Justina (Julia Stockler) decidirá ajudar a sobrinha após vê-la cortando um dobrado com o alcoolismo do companheiro. Ela chamará o mercador até sua mansão para conversarem sobre negócios e, então, oferecerá o capital para abrir uma pequena loja.

"Eu cumprirei minhas obrigações como se fossem sagradas, pago cada conto que me emprestar, com juros", prometerá o patriarca.

Transfusão de sangue

Com o cheque em mãos, o negociante não conseguirá ir muito longe. Sentindo uma forte dor na barriga, ele desmaiará no portão e será encontrado por Higino (Thiago Justino) já quase sem vida. "Veja o telefone do hospital, tem no catálogo. Peça para virem o mais rápido possível", ordenará a personagem de Susana Vieira.

Em estado grave, Júlio precisará passar por uma transfusão de sangue, porém o único doador compatível será Alfredo (Nicolas Prattes). Arrependido por todas as suas chantagens, ele terá a chance de finalmente se entender com o próprio pai. "Senti a maior alegria que já tive nessa vida, de poder salvá-lo", confessará o encrenqueiro aos irmãos.

Apesar de todos os esforços, o trabalhador não resistirá ao procedimento. À beira da morte, ele sonhará que enfim conseguiu abrir seu próprio negócio. 

Lola se emocionará ao ver o um último sorriso no rosto dele, enquanto Carlos (Danilo Mesquita) tomará o pulso do paciente e perceberá que o pior aconteceu. "Mãe, ele se foi", anunciará o estudante de Medicina.

Triste despedida

Lola não terá um só minuto de paz durante o enterro do marido, pois será lembrada de que, a partir de agora, terá de criar os herdeiros sozinha e sem o salário do funcionário da loja de tecidos. "O que vamos fazer, mãe? Para viver, pagar a casa, as contas, como vai ser?, se desesperará Isabel (Giullia Buscacio).

A dona de casa tentará manter a calma mesmo faltando prestações para quitar seu imóvel. "Tudo há de se arranjar, filha. Deus é grande, não vai nos abandonar. Eu sei que não vai", confortará a personagem de Gloria Pires.

A tragédia, aliás, marcará uma das principais diferenças entre a nova versão e a exibida em 1994 pelo SBT. Menos submissa do que na história anterior, Lola enfrentará o machismo da época e batalhará para sustentar a família não só com seus tricôs, mas também fazendo doces para fora na novela das seis.


Além de acompanhar o resumo de Éramos Seis aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.

Últimas de Éramos Seis

Resumos semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 13 a 21/12

Sexta, 13/12 (Capítulo 64)
A família de Lola fica penalizada com a possibilidade de demitir Durvalina. Virgulino percebe a afeição de Afonso por Lola. Emília garante a Higino que descobrirá com quem Adelaide se encontra. Lili anuncia que fará ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook