Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

GUERRA DAS TELAS

Novas marcas chegam ao mercado de TVs para disputar vazio deixado pela Sony

REPRODUÇÃO/BRITÃNIA

TV, pendurada em uma parede de uma sala, mostra uma paisagem de montanha e rio

TV Britânia 4K de 55 polegadas; fabricante quer brigar com grandes marcas

EDUARDO BONJOCH

edubonjoch@gmail.com

Publicado em 22/7/2021 - 6h20

A saída da Sony do mercado nacional de TVs, em março de 2021, chacoalhou o setor, provocando uma verdadeira batalha de novas marcas para ocupar o espaço deixado pela gigante japonesa. Conhecidas nas áreas de eletrodomésticos e informática, as brasileiras Britânia, Mondial e Multilaser resolveram entrar nesta disputa para crescer em tempos de pandemia e até tentar incomodar a liderança das coreanas Samsung e LG.

Dos três fabricantes nacionais, a Mondial é a única que ainda não iniciou a produção local de televisores, o que deve começar em novembro. Para isso, a empresa comprou a fábrica da Sony na Zona Franca de Manaus (AM) em 2020. São 27 mil metros quadrados de área construída, incluindo laboratórios e todo o maquinário para a produção de televisores. O uso da marca não entrou na negociação.

"Adquirimos a fábrica e mantivemos a maior parte dos funcionários, incluindo a equipe de engenharia e a diretoria", explica Giovanni Cardoso, sócio-fundador da Mondial. "Nosso foco será a produção de TVs de alta qualidade com preço acima da média de mercado, utilizando o mesmo maquinário e boa parte dos componentes dos televisores da Sony."

Até o final de 2021, devem chegar às lojas as primeiras TVs, que terão 32, 43, 50 e 55 polegadas e resolução Full-HD ou 4K, nos modelos maiores. O visual sem bordas e a pequena espessura, de 6,5 a 7 cm, estarão presentes em toda a linha.

Dois pontos ainda precisam ser resolvidos. A empresa estuda se utilizará a marca Mondial nas TVs ou criará uma nova, algo que, segundo Cardoso, será definido até agosto. Outra questão é a oferta de aplicativos de Smart TV, que é hoje uma das características mais relevantes para o consumidor. "Estamos negociando com os serviços de streaming", afirma.

Vendas em alta 

Para conquistar o vazio deixado pela Sony, a Multilaser fechou uma parceria com a Toshiba, marca que pertence ao grupo chinês Hisense, patrocinador da Eurocopa. Como a Multilaser já fabricava TVs de baixo custo, os modelos da Toshiba, bem conhecida dos brasileiros após 40 anos de aliança com a Semp, atualmente com a TCL, serão produzidos em Manaus para competir no segmento de telas grandes de alta tecnologia.

Em maio, foram lançadas duas TVs Toshiba 4K que aceitam comandos de voz e oferecem painel de pontos quânticos de 55 e 65 polegadas, com preços a partir de R$ 3,6 mil e R$ 4,7 mil. Também explorada pela Samsung, LG e TCL, essa tecnologia oferece cores mais puras em relação aos televisores de LED tradicionais. Chamada de Vidaa, a plataforma de Smart TV peca nos aplicativos. Faltam, por exemplo, Disney+, Globoplay e HBO Max.

REPRODUÇÃO/toshiba

TV Toshiba 65" com painel de pontos quânticos

Com TVs de 32 a 55 polegadas, a Britânia, também responsável pela marca Philco, chegou ao mercado com uma linha de TVs no primeiro semestre deste ano. Lançou modelos de resolução HD, Full-HD e 4K (telas maiores), e preços que variam de R$ 1,9 mil a R$ 3,5 mil. Para o fabricante, os produtos competem com marcas como Samsung e LG, mas os modelos não aceitam comandos de voz e carecem de apps como Disney+ e HBO Max.

A Britânia acredita que o mercado de TVs deve crescer com os Jogos Olímpicos de Tóquio, que começam nesta sexta (23). "Nossa expectativa é que o evento gere um aumento de 5% a 10% nas vendas de televisores", diz Wesley Cruz, coordenador de produtos da linha marrom da Britânia.

TUDO SOBRE

Smart TV

TV 4K


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
De absorvente usado a café no chão: As maiores nojeiras de A Fazenda 13Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filme

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas