Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

EL CID

Série do Prime Video tem batalhas épicas e nudez para 'órfãos' Game of Thrones

REPRODUÇÃO/PRIME VIDEO

Jaime Lorente como Ruy em El Cid, do Prime Video

Jaime Lorente como Ruy em El Cid, do Prime Video; 2ª temporada da série estreia nesta quinta (15)

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 15/7/2021 - 6h40

Os órfãos de Game of Thornes (2011-2019) podem não saber, mas o Prime Video possui uma série espanhola em seu catálogo repleta de batalhas épicas --com muito sangue em degolações-- e nudez em cenas tórridas de sexo. El Cid, que estreia sua segunda temporada nesta quinta-feira (15), é um deleite para quem gosta de histórias medievais.

A produção narra a trajetória de Ruy Díaz de Vivar (1048-1099), que de simples escudeiro se tornou um nobre guerreiro nos combates da Península Ibérica. As conquistas do herói são contadas com ares de lenda pelos espanhóis, inclusive nos livros infantis.

No cinema, o corajoso cavaleiro virou filme, El Cid (1961), com Charlton Heston (1923–2008) no papel principal. No Prime Video, o personagem histórico tem sua vida contada na superprodução, que estreou em dezembro de 2020. Como as suas glórias à frente do exército são muitas, a plataforma produziu uma nova leva de capítulos.

Lorente como Ruy (acima) e em entrevista sobre El Cid (abaixo) (Foto: Reprodução/Prime Video)

Na produção, Ruy é interpretado por Jaime Lorente, astro de séries como Elite e La Casa de Papel, ambas da Netflix. Entre os personagens, há Urraca, primogênita do rei Fernando (1016-1065) que naquela época brigava contra o machismo e os poderes que não lhe eram delegados por ser mulher. Há também Amina, filha de um sultão, que tem um caso ardente com o destemido guerreiro.

Com esse enredo, é possível se esperar muita intriga, trapaça, luta pelo poder, sacrifícios e drama. Para Lorente, a oportunidade de interpretar um ícone real é única. Mesmo assim, ele reforça que a atração europeia é uma ficção, pois se inspira do que há registrado, mas muito do que se conta do herói espanhol é lenda.

"Muitas vezes, a pessoa [real] pode se tornar pequena pela lenda. O ator tem a responsabilidade de defendê-lo, dar voz e vida a esse personagem. Eu tentei abraçar o Ruy. Vi essa figura e disse: 'Te empresto minha voz, meu rosto e meus gestos para contar a sua história'. Dessa humildade e entrega, tentei contar o que estava no roteiro da melhor forma possível", explica ao Notícias da TV.

Alicia como Urraca (acima) e em entrevista sobre El Cid (abaixo) (Foto: Reprodução/Prime Video)

"Estamos fazendo uma ficção. Não estamos fazendo uma série documental. A ficção é tudo aquilo que imaginamos, damos vida e forma. A ficção tem que se nutrir também do imaginário, das coisas que não aconteceram de verdade. Há uma comunhão maravilhosa entre o que aconteceu e o que queremos contar", analisa.

Intérprete da obstinada Urraca, Alicia vive na produção uma integrante da família real espanhola disposta a tudo para assumir o poder. Não fosse a coragem para matar, nos dias atuais a personagem seria uma excelente referência de empoderamento feminino. Em partes, a personalidade da infanta é admirável.

"Urraca é uma referência, pois nos abre os olhos de onde viemos. Tivemos muitas mulheres importantes na história, que nos fizeram chegar até onde estamos agora. Se eu tivesse visto essa personagem quando criança, certamente, ela teria me ajudado a crescer num mundo onde não existe tanto o patriarcado. [Num mundo] em que a mulher também tem sonhos, metas e ambições. Claro, ela não opera tudo da melhor forma. Mas demonstra sua força", considera Alicia.

A artista ressalta, no entanto, que a nobre da série pode até ser inspiração para as meninas da atualidade, mas há limites na luta contra o machismo. "Eu não mataria nunca (risos). Obviamente. Mas, a Urraca é uma pessoa estratégica, que pensa muito sobre tudo, que tem tudo muito calculado. Às vezes, isso me faria bem. Ela é objetiva e fria. Eu, Alicia, não", confidencia.

reprodução/prime video

Jaime Lorente (Ruy) e Sarah Perles (Amina)

Responsável por cenas ardentes em El Cid, Sarah dá vida a Amina, filha do sultão de Al-Muqtadir e grande perigo no dia a dia de Ruy. Na verdade, não por fazê-lo perder batalhas, mas por dominá-lo na cama. Na primeira temporada, os atores protagonizaram sequências quase que explícitas de sexo. Na segunda, não é diferente.

A intérprete da princesa revela que sentiu medo ao gravar os momentos de nudez, mas encontrou em Lorente um parceiro incrível. "Foi a primeira vez que fiz um nu total. Tive uma sorte tremenda, pois o diretor foi mágico comigo. Me deixou tranquila, e o set estava fechado, com poucas pessoas. Me deixaram à vontade e, claro, com o Jaime não é preciso se esforçar tanto. Tive sorte também. Ele disse: 'somos só eu e você, não se estresse''', relembra.

Sarah como Amina (acima) e em entrevista sobre El Cid (abaixo) (Foto: Reprodução/Prime Video)

"No começo, ele também estava um pouco nervoso. Mas tivemos muita química e funcionou. E isso não se pode forçar. [Com a química] você esquece [o nervosismo] totalmente (risos). Claro, a partir do momento em que você sabe onde a câmera está e de como serão as coisas, fica à vontade pois vão respeitar o seu corpo. Não é porque estou na cena, mas é uma das sequências de amor mais bonitas que já se gravou para uma plataforma", declara ela,  vendendo seu peixe.

Além de ter muito sangue e sensualidade, El Cid enche os olhos de quem se apega à fotografia. Gravada na Espanha, nas províncias de Soria, Burgos e Teruel, a produção traz cenários reais em castelos medievais que ainda perduram por lá. Para os registros épicos, foram necessários 200 nomes no elenco e 11 mil extras. 

A segunda temporada de El Cid chega ao Prime Video nesta quinta-feira (15), em uma estreia que engloba mais de 240 países.

Veja trailers da segunda temporada de El Cid:


Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?