Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ESTREIA

Série da HBO Max, Os Ausentes explora problema social pouco falado no Brasil

Divulgação/HBO Max

Maria Flor, Erom Cordeiro e Augusto Madeira em cena da primeira temporada de Os Ausentes

Maria Flor, Erom Cordeiro e Augusto Madeira em cena da primeira temporada de Os Ausentes

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 21/7/2021 - 6h35

Recém-chegada ao Brasil, a HBO Max estreia nesta quinta-feira (22) Os Ausentes, primeira série nacional de seu catálogo. A atração, que teve produção de grande escala com direito a mil figurantes e roteirista de Law & Order, explora um problema social pouco falado no país: o desaparecimento de pessoas.

A trama conta a história do ex-delegado Raul Fagnani (Erom Cordeiro), que decidiu abrir uma agência de investigação de pessoas desaparecidas após o sumiço de Sofia, sua filha de cinco anos. A Ausentes revira o submundo da cidade de São Paulo e coloca o protagonista a serviço daqueles que não podem buscar ajuda do governo.

A ideia de abordar o tema surgiu de uma vontade dos autores Thiago Luciano e Maria Carmem Barbosa de falar sobre o Brasil. Logo no início, eles decidiram que a trama deveria se passar em São Paulo, maior cidade do país e repleta de diferentes culturas e pessoas.

Ao começar a estudar o tema, a realidade começou a assustar os criadores. Só no Brasil, oito pessoas desaparecem a cada hora. Em 2016, ano em que os autores começaram a pesquisa para a série, eram duas por hora na cidade de São Paulo.

"Conversei com uma delegada que me contou historias lindas e emocionantes. Toda vez que eu lia sobre pessoas desaparecidas, isso me pegava muito forte, pesado. Comigo nunca aconteceu mas, com amigos próximos, sim", contou Luciano em entrevista coletiva da qual o Notícias da TV participou.

De acordo com dados oficiais do Anuário Estatístico do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, foram registrados 82.094 desaparecimentos em todo o país no ano de 2018. Só no estado de São Paulo, 24.368 pessoas estavam desaparecidas no mesmo período.

Os números são ainda mais alarmantes se analisado o período entre 2007 e 2018: 858.871 casos de desaparecimento. Muitos desses, no entanto, passam anos sem respostas ou não são concluídos. Todos os dados estão disponíveis no site do Governo do Estado de São Paulo.

Segundo Mara Leão, produtora executiva da atração, muitas pessoas que trabalharam nos bastidores conheciam alguém que desapareceu no Brasil.

"Quando nós começamos a gravar, acabamos descobrindo que quase todo mundo conhece alguém que desapareceu. Alguns retornaram, outros apareceram mortos e outros continuam desaparecidos. Não imaginava que encontraríamos tantos casos assim", lamentou.

Potencial para o futuro

O episódio inicial de Os Ausentes dá o tom apoteótico prometido pelos autores. Cheias de ação, as sequências exploram diversos cenários de São Paulo, desde o centro, passando pelo tradicional edifício Copan até a zona oeste da cidade.

O primeiro caso investigado por Raul o leva a procurar por uma mãe e sua filha desaparecidas após o pai, um homem de caráter duvidoso, ir à Ausentes buscar socorro. Para ajudá-lo na missão, o protagonista conta com a presença de Maria Júlia (Maria Flor), jornalista que tem seus próprios segredos para esconder.

Com formato procedural, a série vai mostrar Raul investigando um episódio por semana. Isso permitiu o uso de mais de 100 atores em toda a primeira temporada, entre integrantes fixos e convidados. Para Augusto Madeira, que compõe o elenco ao lado de Cordeiro e Maria Flor, Os Ausentes reproduz fielmente a diversidade cultural que existe em São Paulo.

"Há uma diversidade incrível em todos os episódios. O elenco tem pessoas negras, brancas, muçulmanas, LGBTQ+. Todas elas, independentemente de onde venham, sentem esse sentimento de perda quando a tragédia acontece. É comovente", acrescentou o ator.

Na opinião Thiago Luciano, Os Ausentes faz um retrato socioeconômico importante de São Paulo e mostra como o sistema muitas vezes negligencia aqueles que precisam de ajuda para encontrar entes queridos.

A Ausentes existe para quem não pode ir na polícia por alguma razão. Temos casos de refugiados, pessoas que não têm documento correto. É um ingrediente muito interessante da série passar no submundo de São Paulo e dar uma mão aos menos favorecidos. É isso que a agência faz, ela quer levar as pessoas de voltar para os braços de quem as ama.

Antes mesmo da estreia, o autor afirmou que vê potencial para que a nova atração da HBO Max exista por mais temporadas. Com dez episódios confirmados na primeira leva, será preciso esperar algumas semanas (ou meses) para que a projeção de Luciano seja confirmada.

Assista ao trailer de Os Ausentes:


Leia também

Web Stories

+
Sex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?