Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DISPONÍVEL NO GLOBOPLAY

Série com Kirsten Dunst é cancelada mesmo após anúncio de renovação

Divulgação/Showtime

Kirsten Dunst em cena de Como se Tornar Uma Divindade na Flórida, do Showtime

Kirsten Dunst em Como se Tornar Uma Divindade na Flórida; série foi cancelada após anúncio de renovação

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/10/2020 - 15h15

O canal Showtime anunciou nesta quinta-feira (8) que Como se Tornar Uma Divindade na Flórida (On Becoming a God in Central Florida, em inglês), série estrelada por Kirsten Dunst, não retornará para uma segunda temporada. A decisão surpreende porque a renovação da produção havia sido anunciada em setembro de 2019.

Em comunicado enviado ao site Deadline, os produtores justificaram a decisão com o atraso e as complicações de retomarem a produção do seriado devido à pandemia de Covid-19.

"No ano passado, o Showtime renovou Como se Tornar Uma Divindade na Flórida mas, infelizmente, devido à pandemia, nós não fomos capazes de seguir com a produção da nova temporada. A pandemia continua a desafiar cronogramas em todo o mundo e mesmo com o esforço para reunir novamente toda o elenco e equipe para a segunda temporada, isso se tornou insustentável. É com grande pesar que anunciamos que a série não retornará", diz o comunicado.

A decisão do Showtime não é mais novidade no mercado do entretenimento. A Netflix também optou por cancelar séries como Glow (2017-2020), The Society (2019) e I Am Not Okay With This (2020) mesmo após o anúncio de que as produções retornariam para novos anos.

Comédia com um pé na tragédia, Como se Tornar Uma Divindade na Flórida retratou os calotes causados pelos esquemas fraudulentos das chamadas pirâmedes financeiras. Pelo papel, Kirsten Dunst foi indicada ao Globo de Ouro de melhor atriz. A primeira (e agora única) temporada está disponível no Brasil pelo Globoplay.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?