Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Designated Survivor

Netflix é censurada na Turquia e episódio de série sai do ar; saiba por quê

Divulgação/Netflix

De braços cruzados, Kiefer Sutherland demonstra insatisfação em cena da segunda temporada de Designated Survivor

Kiefer Sutherland na pele do político Tom Kirkman em episódio de Designated Survivor censurado na Turquia

JOÃO DA PAZ

Publicado em 30/4/2020 - 15h33

A Netflix foi censurada na Turquia e teve de remover da plataforma um episódio da série Designated Survivor (2016-2019), acatando uma exigência do governo local. Os assinantes da gigante do streaming no país não poderão mais assistir ao sétimo episódio da segunda temporada, que apresentou um presidente turco tirano em rota de colisão com os Estados Unidos.

"Obedecendo a um pedido de um órgão regulador da Turquia, nós retiramos do nosso serviço um episódio da série Designated Survivor, para cumprimos diretrizes de leis locais", disse a Netflix em um comunicado, divulgado nesta quinta-feira (30).

Intitulado de Family Ties (Assuntos Familiares, de acordo com tradução da Netflix), o episódio em questão mostrou uma queda de braço entre os líderes políticos da Turquia e dos EUA. De um lado estava Faith Turan, presidente turco vivido pelo ator americano Troy Caylak, encarando Tom Kirkman, líder americano interpretado por Kiefer Sutherland, o eterno Jack Bauer de 24 Horas (2001-2010, 2014).

O embate se deu em torno de um refugiado turco, oponente de Turan, residente nos EUA. Turan queria a extradição do inimigo (para provavelmente ser executado em seu retorno), mas Tom foi contra essa medida. Esse incidente causou uma tensão entre os dois políticos, que já não se gostavam, e a animosidade ficou a um triz de se tornar uma crise internacional de grandes proporções.

Reprodução/netflix

Troy Caylak viveu o presidente turco de Designated Survivor, alvo de polêmica e censura

O episódio fez parte da leva produzida pela rede ABC. Após o cancelamento da série, ao fim da segunda temporada, a Netflix resgatou Designated Survivor e encomendou a terceira e última temporada da atração. Essa ressurreição veio justamente porque o drama fez sucesso internacionalmente na plataforma.

Presente em mais de 190 países, a Netflix sofreu censuras em outros países também, principalmente naqueles com governos mais fundamentalistas. A comédia Disjointed (2017-2018), sobre a legalização da maconha e criada por Chuck Lorre, foi retirada da Arábia Saudita, assim como um episódio do humorístico Patriot Act. Especial de Natal do grupo Porta dos Fundos, o vencedor do Emmy Se Beber, Não Ceie (2019) também foi removido do serviço em Cingapura.

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Quem foi o(a) melhor jornalista/comentarista esportivo do ano?

Web Stories

+
Mansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do ator

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas