Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

HORA DO ADEUS

Filhote de Grey's Anatomy e Agents of Shield estão de saída da Netflix; veja data

MONTAGEM/DIVULGAÇÃO/ABC

Perto de um caminhão de bombeiro, Jaina Lee Ortiz aparece em Station 19; Clark Gregg surge com um casaco preto em Agents of Shield

Jaina Lee Ortiz em Station 19 e Clark Gregg em Agents of Shield; ambas as séries vão sair da Netflix

JOÃO DA PAZ

Publicado em 5/8/2020 - 16h07

Séries dos estúdios da rede ABC e distribuídas pela Disney, Station 19 (filhote de Grey's Anatomy) e Agents of Shield estão de saída da Netflix. Ambos os dramas vão deixar a plataforma no próximo dia 1º. Com suas respectivas segundas temporadas disponíveis, eles engrossam a lista de itens da Disney a abandonar o streaming.

O usuário da Netflix já pode verificar na página dessas duas séries, na aba Detalhes, a informação de que as atrações estarão disponíveis até 1º de setembro de 2020.

Essa notícia aumenta a expectativa sobre o futuro de Grey's Anatomy e How to Get Away with Murder (2014-2020) na plataforma, pois ambas também são dos estúdios da ABC e distribuídas pela Disney. Por enquanto, elas permanecem. E a 16ª temporada do drama médico não entrará na Netflix.

Uma reviravolta pode mudar esse panorama, com os novos episódios da trama criada por Shonda Rhimes chegando no serviço no mês que vem e a temporada final da série protagonizada por Viola Davis, em outubro.

O destino de Station 19 e Agents of Shield pós-Netflix é incerto. Há um acordo entre a Disney e Amazon, em vigor desde setembro do ano passado, para exibição no Prime Video de produções que pertencem à empresa do Mickey Mouse. Inclusive, até foi anunciado oficialmente que Grey's Anatomy estaria no pacote, mas até agora nada.

Mesmo com o Disney+ aterrissando no Brasil em novembro, é provável que todas essas séries ganhaem um lar diferente por terem um conteúdo muito adulto, à margem da proposta do novo serviço (talvez Agents of Shield passe no teste). Essa estratégia seguirá a linha adotada nos Estados Unidos.

Uma série como Scandal (2012-2018), sobre os bastidores sujos da política americana, com muito sexo e tramas maliciosas, saiu da Netflix americana e achou lugar na plataforma Hulu, do grupo Disney. Aqui no Brasil, o drama só tem uma temporada na gigante do streaming (a sétima) e está completa no Globoplay. É um caso parecido com Revenge (2011-2015), inteira na plataforma do Grupo Globo.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?