Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CATÁLOGO VARIADO

De stand-up a reality: Confira os 52 programas da Netflix indicados ao Emmy

IMAGENS: DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Jerry Seinfeld faz gesto como se fosse tirar uma foto e Nicole Byer, ao lado, sorri no reality Mandou Bem!

O comediante Jerry Seinfeld em especial de stand-up e Nicole Byer no reality Mandou Bem!, da Netflix

JOÃO DA PAZ

Publicado em 5/8/2020 - 6h45

A lista dos concorrentes ao Emmy 2020 apresenta a Netflix no topo com dois recordes notórios. São 160 indicações para a gigante do streaming, distribuídas entre 52 programas, feitos inéditos em 71 anos de história do Oscar da TV. A plataforma atingiu ambas as marcas com uma variedade de atrações, de reality show a comédia stand-up.

O investimento em um catálogo variado, com todo tipo de opção para agradar ao maior número de assinantes possível, trouxe resultado. A Netflix comprova ser uma vitrine eclética, na qual o telespectador pode ficar olhando durante horas, pulando de um drama mais denso para um documentário com reviravoltas surpreendentes.

Uma das apostas mais caras do streaming em sua investida contra a HBO foi contratar os maiores nomes do stand-up americano, filão que o canal premium há anos dominava e no qual fez história. Adquiridos a peso de ouro, as lendas Dave Chappelle e Jerry Seinfeld emplacaram indicações com seus especiais de comédia, e o mesmo ocorreu com nomes como Patton Oswalt e Tiffany Haddish.

Os mais diversos estilos de realities lançados recentemente pela empresa fizeram sucesso perante o público, entraram no rol de memes em redes sociais e foram reconhecidos pela Academia de Televisão americana. Mandou Bem! (competição culinária), Casamento às Cegas (namoro) e Queer Eye (estilo de vida) são alguns exemplares que estão em busca de estatuetas na premiação.

Documentário também é um gênero no qual a Netflix chega forte neste Emmy. O badalado A Máfia dos Tigres está no embate, assim como Indústria Americana (do casal Obama), Privacidade Hackeada e Becoming (sobre Michelle Obama).

No quesito séries (dramas, comédias e minisséries), a plataforma surge com nomes conhecidos na disputa, que vão de Ozark a The Crown, passando por Stranger Things, The Kominsky Method, Glow e Inacreditável.

Ponto fraco

Mas um outro lado dessa história ainda coloca a HBO soberana. O canal premium recebeu 107 indicações, espalhadas em 21 programas (menos da metade da Netflix), contudo deve ter um aproveitamento superior do que a rival na cerimônia.

As atrações favoritas aos prêmios de melhor drama e minissérie são Succession e Watchmen, ambas produções da HBO. A Netflix nunca ganhou uma estatueta nessas duas categorias, seu grande objeto de desejo.

Uma liderança importante que a HBO conseguiu é entre os estúdios de TV. Todas as indicações do canal (107) são caseiras, da HBO Entertainment. Em um distante segundo lugar nesse ranking aparece a Warner Bros., com 50. A Netflix Original Production, a produtora do streaming, é só a sexta colocada nessa briga, com 33 menções. A cada ano que passa, a Netflix visa aumentar esse número específico e, consequentemente, diminuir a quantidade de programas que compra de terceiros.

Confira a lista completa dos 52 programas da Netflix indicados ao Emmy 2020:

Abstract: The Art Of Design (série documental): uma indicação;
A Máfia dos Tigres (série documental): seis indicações;
American Factory (documentário): três indicações;
American Son (telefilme): uma indicação;
Atrás da Estante (documentário): uma indicação;
A Vida e a História de Madam C.J. Walker(minissérie): uma indicação;
Becoming (documentário): quatro indicações;
Between Two Ferns With Zach Galifianakis: O Filme (telefilme): uma indicação;
Big Mouth (animação): duas indicações;
Big Mouth Guide To Life (animação): uma indicação;
Black Mirror (série de drama): uma indicação;
BoJack Horseman (animação): uma indicação;
Casamento às Cegas (reality show): duas indicações;
Cheer (série documental): seis indicações;
Comedians In Cars Getting Coffee (talk show): uma indicação;
Dave Chappelle: Sticks & Stones (stand-up): seis indicações;
Disque Amiga Para Matar (série de comédia): quatro indicações;
Dolly Parton – Tocando o Coração: Velhos Ossos (telefilme): uma indicação;
Don't F**k With Cats: Uma Caçada Online (série documental): uma indicação;
El Camino (telefilme): quatro indicações;
Family Reunion (série de comédia): uma indicação;
Glow (série de comédia): três indicações;
Grace and Frankie (série de comédia): duas indicações;
Hannah Gadsby: Douglas (stand-up): duas indicações;
Hollywood (minissérie): 12 indicações;

Julia Garner em Ozark e Olivia Colman em The Crown; séries da Netflix com mais indicações

Inacreditável (minissérie): quatro indicações;
Jerry Seinfeld: 23 Hours To Kill (stand-up): uma indicação;
John Mulaney & The Sack Lunch Bunch (especial): duas indicações;
Kevin Hart: Don’T F**k This Up (série documental): uma indicação;
Mandou Bem! (reality show): duas indicações;
Mindhunter (série de drama): uma indicação;
O Cristal Encantado: A Era da Resistência (série de fantasia): uma indicação;
Orange Is The New Black (série de drama): uma indicação;
Ozark (série de drama): 18 indicações;
Patton Oswalt: I Love Everything (stand-up): uma indicação;
Perdidos no Espaço (série de ficção científica): uma indicação;
Privacidade Hackeada (documentário): uma indicação;
Queer Eye (reality show): sete indicações;
Seth Meyers: Lobby Baby (stand-up): uma indicação;
Space Force (série de comédia): quatro indicações;
Stranger Things (série de drama): oito indicações;
The Black Godfather (documentário): uma indicação;
The Crown (série de drama): 13 indicações;
The End Of The F***ing World (série de drama): uma indicação;
The Kominsky Method (série de comédia): três indicações;
The Politician (série de comédia): cinco indicações;
The Ranch (série de comédia): duas indicações;
Tiffany Haddish Presents: They Ready (stand-up): uma indicação;
Tiffany Haddish: Black Mitzvah (stand-up): uma indicação;
Ugly Delicious (série documental): uma indicação;
Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy Vs. The Reverend (telefilme): duas indicações;
Unorthodox (minissérie): oito indicações.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?