Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

GUERRA DO STREAMING

Rival da Netflix, Disney+ ultrapassa 60 milhões de assinantes no mundo

Reprodução/Disney+

Baby Yoda em cena da série The Mandalorian, do Disney+

Baby Yoda em cena da série The Mandalorian; produção do Disney+ teve 19 indicações ao Emmy 2020

REDAÇÃO

Publicado em 4/8/2020 - 18h35
Atualizado em 4/8/2020 - 19h44

O Disney+ anunciou nesta terça (4) que ultrapassou o número de 60 milhões de assinantes no mundo. O anúncio foi feito pelo CEO da Disney Bob Chapek em uma coletiva de imprensa. O número ainda é pequeno se comparado com a Netflix, líder do mercado de streaming, que contabiliza 193 milhões de assinaturas. 

O período da primevera no hemisfério Norte, que vai de março a junho, foi o grande responsável pela alta nos números. As consequências da quarentena por conta da pandemia da Covid-19 deixou as famílias em casa, assegurando um aumento de 24 milhões de assinantes para a plataforma.

Os números surpreenderam até mesmo os executivos do estúdio. Segundo o CEO, a meta estabelecida era chegar entre 60 a 90 milhões de assinantes apenas até 2024. 

Ainda de acordo com Chapek, o aumento fez a "casa do Mickey" ultrapassar os 100 milhões de assinaturas quando somadas todas as suas plataformas de VOD: Disney+ (60,5 milhões), Hulu (35,5 milhões) e ESPN+ (8,5 milhões).

Com um catálogo vasto, o Disney+ está em busca de acirrar ainda mais a guerra dos streamings. Com 19 indicações ao Emmy 2020, a plataforma se tornou a líder com mais produções lembradas na premiação em seu primeiro ano de vida. O serviço ainda não tem uma data para chegar ao Brasil.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?