Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RECAP S17E13

Derek se despede de Grey's Anatomy após novo milagre para Meredith

Reprodução/ABC

Patrick Dempsey e Ellen Pompeo conversam na praia em cena de Grey's Anatomy

Derek (Patrick Dempsey) conversa com Meredith (Ellen Pompeo, de costas) em Grey's Anatomy

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 15/6/2021 - 21h55

Retorno surpresa para a 17ª temporada de Grey's Anatomy, Derek Shepherd (Patrick Dempsey) se despediu mais uma vez do drama médico no episódio exibido nesta terça (15) pelo Sony Channel. O neurocirurgião cumpriu sua missão na "praia dos mortos" de Meredith (Ellen Pompeo) e convenceu a protagonista a lutar pela vida e acordar de vez --um novo milagre encerrou o episódio e trouxe um pouco de alegria para o hospital Grey Sloan.

Com o título de Good as Hell (Bom Demais, em tradução livre), o capítulo mostrou os médicos enfrentando mais momentos tensos por causa da pandemia de Covid-19. Apesar de darem alta para mais pacientes, os profissionais ainda lidam com muitas mortes, e a pressão os atinge em cheio.

Owen Hunt (Kevin McKidd), mesmo acostumado a cenários traumáticos de guerra, perde o controle e tem uma crise de choro quando precisa avisar à família de uma jovem professora do jardim da infância que ela não resistiu.

Já Teddy Altman (Kim Raver), recém-recuperada de seu surto psicótico, também é levada às últimas consequências quando precisa operar Meredith --todos sabem que uma falha na cirurgia levaria a médica a um ponto sem volta na sua saúde mental.

E Miranda Bailey (Chandra Wilson), surtada por ter poucos cirurgiões disponíveis no hospital, rejeita veementemente o pedido de Jo Wilson (Camilla Luddington) de trocar a cirurgia-geral pela obstetrícia. Mas uma paciente que aproveitou a pandemia para largar uma carreira promissora na advocacia para ser feliz faz a chefona do Grey Sloan reconsiderar sua decisão.

Apesar da pressão em Teddy --e no novato Winston Ngudu (Anthony Hill), que depois de encarar o racismo policial de frente é escalado às pressas para ajudar a colega no tratamento de Meredith--, a cirurgia na protagonista é um sucesso. Mas ela não acorda, o que frustra todos os profissionais.

Na praia, a personagem de Ellen Pompeo continua sua conversa com Derek, que insiste que a hora dela ainda não chegou. Meredith, no entanto, diz que está cansada de continuar lutando e que a dor é grande demais. O galã, então, confessa que sente falta até de sentir dores e filosofa que elas são uma parte importante de ser humano.

No hospital, Ngudu sugere uma medida inusitada para trazer a neurocirurgiã de volta --levar Zola (Aniela Gumbs) ao hospital para ver a mãe e conversar com ela. Maggie (Kelly McCreary) é contrária à ideia de colocar a sobrinha nessa posição, mas a garotinha insiste que quer encontrar Meredith.

Assim, nos momentos finais do episódio, Zola entra no quarto em que a protagonista está dormindo e desabafa sobre o quanto sente a falta dela. Meredith, que já deu provas de que escuta o que dizem para ela mesmo em coma, finalmente entende o que Derek vinha tentando falar há tantos episódios. Ele se despede dela com um beijo e sai caminhando pela praia, enquanto a paciente acorda e admite para a filha o quanto a ama.

Depois de um hiato de dois meses, o Sony Channel voltou a exibir episódios inéditos de Grey's Anatomy no início de maio. Novos capítulos vão ao ar toda terça-feira, às 21h --faltam quatro para o encerramento da temporada. A série foi renovada para o 18º ano após Ellen Pompeo fechar um novo contrato com a rede ABC.


Leia também

Web Stories

+
Bárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple Brasil

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?