Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RECAP S17E11

Grey's Anatomy repete tratamento caríssimo de Paulo Gustavo em bebê

Reprodução/ABC

Daniel Augustin, com trajes de paciente hospitalar, observa um bebê intubado em cena de Grey's Anatomy

Chris (Daniel Augustin) observa Arthur em máquina de Ecmo durante episódio de Grey's Anatomy

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 1/6/2021 - 21h55

Depois de um episódio com milagre médico e até pedido de casamento, Grey's Anatomy voltou com tudo ao drama nesta semana. O capítulo ainda trouxe uma emoção a mais para os brasileiros ao mostrar um bebê de 14 meses que precisava de Ecmo para sobreviver. O tratamento é o mesmo utilizado em Paulo Gustavo (1978-2021) e pode custar até R$ 50 mil por dia.

O paciente da vez é Arthur Beaton, um bebê com malformação nos ventrículos e falência cardíaca que aguarda um transplante de coração. Enquanto não recebe o órgão, ele usa a Ecmo para respirar sem exigir demais do seu corpo. Conhecida como terapia de oxigenação por membrana extracorpórea, a técnica utiliza uma espécie de "pulmão artificial".

Mas Cormac Hayes (Richard Flood), o cirurgião pediátrico da série, se preocupa porque o menino já está há 12 dias ligado à máquina, sem previsão de receber o órgão para transplate. O médico sugere a inserção de um coração artificial, mas o corpo do garoto é tão pequeno e frágil que não comportaria o mecanismo.

Em meio a um desabafo de Jo Wilson (Camilla Luddington), cada vez mais decidida a trocar de especialidade médica, o doutor tem uma ideia ousada: arrancar os dois ventrículos do menino para liberar espaço para a máquina. A cirurgia, extremamente arriscada, é bem-sucedida. O garoto se salva, para alívio de seu pai, Chris (Daniel Augustin).

Fofoca edificante

Meredith (Ellen Pompeo) segue internada no Grey Sloan Memorial, mas apresenta alguma evolução no capítulo da semana. Depois de ser retirada do respirador artificial na semana passada, a protagonista tenta se manter acordada, mas não tem forças para ficar lúcida por muito tempo.

Em um raro momento desperta, porém, a neurocirurgiã agradece Richard Webber (James Pickens Jr.) por ter tomado decisões difíceis por ela, e faz uma fofoca: ela conta para o mentor que Jo está decidida a deixar a cirurgia-geral para se dedicar à obstetrícia. É um sinal de que, mesmo quando está apagada, Meredith tem ouvido tudo o que é dito em seu quarto.

Outro que também parece disposto a mudar de vida é Jackson Avery (Jesse Williams). O cirurgião plástico se cansa de ver os pacientes sofrerem por não terem condições de bancarem seus tratamentos para a Covid-19 e decide sacar o cartão de crédito para assumir algumas despesas por conta. Ele chega a pagar um hotel para um homem que testa positivo, mas não tem sintomas graves, e que não consegue se isolar da família.

Para tentar ajudar de maneira mais efetiva, ele conta com a ajuda de Alma Ortiz (Lisa Vidal), uma das novatas no Grey Sloan, mas que trabalhava como assistente social antes de entrar na faculdade de Medicina. Com o conhecimento que ela adquiriu auxiliando quem necessitava, e o dinheiro da Fundação Avery, Jackson finalmente sente que está fazendo algo bom pelo mundo.

Depois de um hiato de dois meses, o Sony Channel voltou a exibir episódios inéditos de Grey's Anatomy no início de maio. Novos capítulos vão ao ar toda terça-feira, às 21h --se seguir a transmissão dos Estados Unidos, o canal pago não deverá mais fazer nenhuma pausa. A série foi renovada para a 18ª temporada após Ellen Pompeo fechar um novo contrato com a rede ABC.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabia

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas