LANÇAMENTOS

De Star Trek a Drácula: Sete novas séries para maratonar e fugir da folia no Carnaval

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Ator Claes Bang, que interpreta o Drácula, pressiona o pescoço e o corpo sem camisa contra uma grade de metal

O ator Claes Bang em cena de Drácula, série produzida pelos mesmos criadores de Sherlock (2010-2017)

HUMBERTO ABDO - Publicado em 22/02/2020, às 04h46

Se você não gosta de Carnaval e pretende passar o feriado bem longe dos bloquinhos e dos desfiles de escola de samba, uma boa maneira de aproveitar o tempo livre é maratonar atrações lançadas nos últimos meses e que você ainda não conseguiu ver. Há opções que vão da colorida AJ and the Queen, criada e estrelada pela famosa drag queen RuPaul, à sanguinolenta Hunters, que marca a estreia de Al Pacino em uma série de TV.

Quem prefere produções brasileiras e não se assusta facilmente pode encarar Spectros, na Netflix. A série de terror conta com cenas no bairro da Liberdade, maior comunidade asiática em São Paulo, e é dirigida pelo mesmo cineasta que produziu a icônica Buffy: A Caça-Vampiros (1997-2003).

Confira a seguir sete boas séries para assistir online se você quer fugir da folia:

Saeed Adyani/Netflix

RuPaul é Ruby Red em nova série da Netflix; uma drag queen que cria uma relação com a criança AJ (Izzy G.)

Em nova série da Netflix, RuPaul é Ruby Red, drag queen que sofre um golpe do namorado


AJ and the Queen

Famosa por apresentar o reality show RuPaul's Drag Race, RuPaul Charles é a estrela da nova série da Netflix. Escrita pelo roteirista principal de Sex and the City (1998-2004), Michael Patrick King, a história é conduzida pela drag queen Ruby Red (RuPaul), que sofre um golpe do novo namorado e perde todas suas economias.

Sem dinheiro, ela começa uma turnê por várias cidades dos Estados Unidos enquanto tenta recuperar o dinheiro. No caminho, para complicar ainda mais, descobre que AJ (Izzy G.), uma criança de apenas dez anos, se escondeu em seu trailer para participar da jornada.

divulgação/NETFLIX

Dinamarquês Claes Bang vive o protagonista Conde Drácula em nova minissérie da Netflix

O dinamarquês Claes Bang vive o protagonista conde Drácula em nova minissérie da Netflix


Drácula

Claes Bang assume o papel do clássico vampiro Drácula, protagonista da minissérie da Netflix criada por Mark Gatiss e Steven Moffat. Na Transilvânia de 1897, o infame conde apavora uma cidade da Inglaterra vitoriana com sangrentos crimes contra a humanidade. A misteriosa figura do personagem consegue capturar a atenção de todas as pessoas que cruzam seu caminho, atraindo cada vez mais vítimas.

Christopher Saunders/Amazon Studios

Al Pacino interpreta Meyer Offerman, caçador de nazistas nos anos 1970, em nova série original da Amazon

Al Pacino interpreta Offerman, caçador de nazistas nos anos 1970 em nova série da Amazon


Hunters

Criada por David Weil, a série do Prime Video é ambientada na Nova York de 1977. No enredo, um grupo de caçadores de nazistas tenta rastrear oficiais do alto escalão que vivem disfarçados enquanto conspiram para criar um quarto Reich nos EUA.

A estreia é produzida pelo cineasta Jordan Peele, o mesmo dos premiados Corra! (2017) e Nós (2019). No elenco, Al Pacino atua pela primeira vez em uma série televisiva como o protagonista Meyer Offerman, líder dos caçadores.

Ken Woroner/Netflix

connor_jessup

Connor Jessup na primeira temporada de terror Locke & Key; título levou 12 anos para estrear


Locke & Key

Baseada nos quadrinhos de Joe Hill e Gabriel Rodríguez, publicados entre 2008 e 2013, a série de terror acompanha três irmãos que se mudam para uma antiga mansão cheia de chaves com poderes mágicos. Mas eles logo descobrem que uma criatura do mal planeja roubá-las.

Uma das principais estreias da Netflix em fevereiro, o drama levou 12 anos para sair do papel: antes de chegar à plataforma, passou pelas mãos da Fox, do streaming Hulu e até teve dois episódios jogados no lixo antes de finalmente ser produzida.

Emanuela Scarpa/Netflix 

Antonia Fotaras é Ade, jovem parteira acusada de bruxaria após a morte de um recém-nascido

Antonia Fotaras é Ade, jovem parteira acusada de bruxaria após a morte de um recém-nascido


Luna Nera

Totalmente escrita e produzida por mulheres, a série italiana estreou em janeiro na Netflix. Com a zona rural romana como cenário, o enredo foi baseado na obra homônima de Tiziana Triana, que também ajudou a escrever os roteiros.

"As protagonistas são inspiradas na vida das mulheres italianas no século 17 e seus empregos, suas dificuldades, seus conhecimentos", descreveu a autora em entrevista exclusiva ao Notícias da TV.

A primeira temporada acompanha uma parteira de 16 anos chamada Ade (Antonia Fotaras), acusada de bruxaria após a morte de um recém-nascido. Ela foge para a floresta e encontra refúgio em uma família de bruxas. Porém, é atormentada pela paixão pelo filho do chefe do clã de caçadores das criaturas místicas.

divulgação/NETFLIX

Claudia Okuno em cena da série brasileira Spectros, que teve gravações em bairro asiático de São Paulo

Claudia Okuno em cena da série brasileira Spectros, gravada em bairro asiático de São Paulo


Spectros

Com cenas gravadas no bairro da Liberdade, em São Paulo, Spectros é a série nacional mais recente da Netflix. A estreia foi dirigida pelo americano Douglas Petrie, produtor de títulos como Buffy: A Caça-Vampiros, CSI (2000-2015) e Demolidor (2015-2018).

No enredo, um grupo de adolescentes é arrastado para uma realidade alternativa, conectada a fatos ocorridos muitos anos antes. Sem entender o que está acontecendo, os jovens enfrentam eventos cada vez mais sinistros envolvendo uma força do mal capaz de trazer os mortos de volta --e, ao retornarem, buscam vingança por erros do passado.

"Existem personagens ricos, pobres, vivos e mortos. E [o bairro da] Liberdade e sua história única nos deram um visual dinâmico para todos eles", disse o diretor em entrevista ao Notícias da TV. "É como um episódio para adultos de Scooby-Doo dirigido por Quentin Tarantino."

Cbs

Patrick Stewart é Jean-Luc Picard em nova produção da saga Jornada nas Estrelas

Patrick Stewart interpreta Jean-Luc Picard em nova produção da saga Jornada nas Estrelas


Star Trek: Picard

A nova série do universo de Jornada nas Estrelas estreou em janeiro no Prime Video, com Patrick Stewart e Michelle Hurd no elenco. A trama é protagonizada por Jean-Luc Picard (Stewart) e conta com aparições de personagens como Data (Brent Spiner), Riker (Jonathan Frakes) e Deanna Troi (Marina Sirtis).

A atração foi produzida de forma tão secreta que nem o elenco tinha muitas informações sobre o novo capítulo, cujo enredo é situado no final do século 24.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook