Balanço

De comediante boca suja a matador meigo: Cinco séries novas que deram o que falar

Divulgação/Amazon/Reprodução/HBO

A atriz Rachel Brosnahan em The Marvelous Mrs. Maisel e o comediante Bill Hader em Barry - Divulgação/Amazon/Reprodução/HBO

A atriz Rachel Brosnahan em The Marvelous Mrs. Maisel e o comediante Bill Hader em Barry

JOÃO DA PAZ - Publicado em 14/05/2018, às 05h19

A atual temporada da TV norte-americana está perto do fim. De setembro para cá, 38 novas séries estrearam, e cinco delas chegaram com tudo. A hospitalar The Good Doctor chegou a bater The Big Bang Theory nos rankings de audiência, e a atração sobre uma comediante boca suja, The Marvelous Mrs. Maisel, ganhou o Globo de Ouro.

Young Sheldon, derivada de Big Bang e exibida nos Estados Unidos depois da comédia nerd original, é a quarta série mais vista, à frente da badalada This Is Us, que estreou em 2016. A policial 9-1-1, com suas emergências absurdas, registrou uma audiência maior do que a popular Empire, na Fox. E a sombria Barry, sobre um matador de aluguel meigo, está cogitada para concorrer ao Emmy.

Veja um pouco mais dessas cinco séries novatas, que deram o que falar na temporada 2017-2018:

divulgação/fox

Peter Krause interpreta um bombeiro clássico da TV, pulso firme e bonitão, no drama 9-1-1 

9-1-1
O produtor Ryan Murphy, criador de American Horror Story e Glee (2009-2015) e novo contratado bilionário da Netflix, se superou na temporada com 9-1-1 (Fox Life). O que seria apenas mais um drama policial entre tantos outros se tornou um sucesso por apresentar, a cada episódio, as emergências mais esdrúxulas da TV, como uma cobra no pescoço de uma mulher e um bebê preso no encanamento.

Logo após a exibição do segundo episódio, a Fox renovou 9-1-1 para a segunda temporada. A decisão instantânea foi baseada na excelente repercussão: melhor estreia na rede desde Empire (2015), série mais comentada no Twitter e programa novato com maior engajamento no YouTube.

divulgação/HBO

Barry (Bill Hader) com arma na mão é um bicho feroz; sem ela não rebola, mas muda a postura

Barry
Assim como 9-1-1, a renovação de Barry (HBO) foi rápida, logo depois da exibição do terceiro episódio. Cocriada por Alec Berg (Silicon Valley) e protagonizada por Bill Hader (revelado no humorístico Saturday Night Live), a série é a comédia mais bem avaliada do ano pela mídia norte-americana, de acordo com site Metacritic, que compila reviews de jornalistas. Ganhou nota 83 de 100 e está cotada para disputar o Emmy deste ano.

O que Barry tem de atrativo é misturar na medida certa drama e humor. O telespectador testemunha a melancólica jornada de um ex-fuzileiro naval dos Estados Unidos que virou matador de aluguel, mas quer largar esse "emprego". Ele encontra um sentido para a vida ao se deparar com atores de quinta categoria, integrantes de um grupo de teatro.

divulgação/cbs

Revelação mirim da TV dos EUA, Iain Armitage encarna perfeitamente o jovem nerd Sheldon

Young Sheldon
Os alicerces da criação de Young Sheldon (Warner) indicavam que a comédia seria um sucesso incontestável. A atração surgiu para contar a infância do nerd Sheldon Cooper, da famosa The Big Bang Theory, e acertou em cheio na escalação do protagonista: Iain Armitage, revelado por Big Little Lies. Além disso, foi criada pelo mago das comédias, Chuck Lorre (Two and a Half Men, Mom).

O resultado positivo veio no primeiro episódio. Visto por 17,2 milhões de norte-americanos, o capítulo inicial de Young Sheldon foi a melhor estreia de qualquer série novata nas cinco grandes redes dos Estados Unidos em seis anos. O público não fugiu, e a comédia caminha para terminar a temporada como a quarta maior audiência na TV aberta americana (12,52 milhões de telespectadores por episódio), mais do que This Is Us. Young Sheldon terá segunda temporada.

divulgação/abc

Conhecido por Bates Motel, Freddie Highmore dá uma aula de atuação em The Good Doctor

The Good Doctor
Antes de Roseanne estourar a boca do balão, o drama hospitalar The Good Doctor (inédita no Brasil) era o fenômeno da temporada. Estrelada por Freddie Highmore (Bates Motel), na pele de um médico autista, a série se tornou a segunda atração novata mais vista da história da rede ABC, atrás apenas de Grey's Anatomy, que estreou em 2005.

The Good Doctor conseguiu inúmeros feitos de audiência. O primeiro episódio teve crescimento de 100% ao computar quem viu simultaneamente na TV com aqueles que assistiram ao capítulo gravado. Nesse mesmo quesito, na terceira semana o drama bateu Big Bang Theory e foi a série mais vista nos Estados Unidos entre 9 e 15 de outubro do ano passado.

divulgação/amazon

A dondoca Mrs. Maisel (Rachel Brosnahan) muda de personalidade no palco: boca suja

The Marvelous Mrs. Maisel
Criada por Amy Sherman-Palladino, a mente por trás de Gilmore Girls (2000-2007), a comédia The Marvelous Mrs. Maisel (Prime Video) arrebatou o público e a crítica no final do ano passado. Eles foram fisgados pela história de Miriam Maisel (Rachel Brosnahan), ex-dona de casa que se aventura no mundo da comédia stand-up na Nova York no final dos anos 50, após se separar do marido.

A série surpreendeu no Globo de Ouro deste ano e venceu duas categorias: melhor comédia e melhor atriz (Rachel). A atração entra como franca favorita no Emmy por conseguir quebrar uma regra. Mesmo sendo uma produção de uma hora de duração, Mrs. Maisel concorrerá como comédia. Na teoria, atrações desse tamanho competem como drama no Oscar da TV.

O favoritismo da série também se justifica porque Veep, a atual tricampeã do Emmy, não participará da cerimônia. A ausência da comédia da HBO ocorre devido ao tratamento de câncer de mama da protagonista Julia Louis-Dreyfus. A sétima e última temporada será filmada em agosto, e os episódios serão exibidos em 2019.

Notícias da TV Recomenda

9-1-1

9-1-1

Ficha técnica: Drama, EUA, 2018. Criação: Ryan Murphy, Brad Falchuck, Tim Minear. Elenco: Angela Basset, Peter Krause, Connie Britton. Disponível no Fox Life e no Now.

Por que assistir: 9-1-1 está arrebatando o público nos Estados Unidos e superou Empire no ranking de audiência da Fox. Os episódios são dinâmicos, com muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, e ainda há espaço para romantismo.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook