Campeões de audiência

Magos da TV atraem público de 80 milhões por semana; veja quem são

Fotos: Divulgação

Charlie Sheen assiste TV em episódio de Two and a Half Men, criação de Chuck Lorre, um dos magos da TV - Fotos: Divulgação

Charlie Sheen assiste TV em episódio de Two and a Half Men, criação de Chuck Lorre, um dos magos da TV

JOÃO DA PAZ - Publicado em 18/01/2015, às 06h34

Um é o rei da comédia, o outro é o gênio da ficção-científica, e a rainha do drama completa o trio de roteiristas/produtores campeões de audiência da TV nos Estados Unidos. Chuck Lorre, criador de The Big Bang Theory (2007), J.J. Abrams, de Lost (2004), e Shonda Rhimes, autora de Grey's Anatomy (2005), emplacam uma atração de sucesso após a outra e, na temporada 2014-15, já atraíram 82,45 milhões de telespectadores por semana nos EUA.

Lorre, 62 anos, é o homem do humor que está mais em evidência, pois The Big Bang Theory é a série de comédia mais vista atualmente nos EUA. Também é o idealizador de Two and a Half Men (2003), que apesar das polêmicas e barracos envolvendo o elenco, está em sua 12ª e última temporada, sempre com bons índices de audiência. 

O escritor, que ainda criou Mom (2013) e Mike & Molly (2010), consegue uma audiência semanal de 44,3 milhões de telespectadores nos Estados Unidos.

Já o gênero drama é dominado na TV dos EUA por uma mulher: Shonda Rhimes, 45 anos, também criadora de Scandal (2011) e da nova e eletrizante How to Get Away With Murder. Suas produções ocupam três horas do horário nobre da rede ABC nas noites de quinta, dia mais importante para as emissoras, tanto no aspecto comercial quanto na audiência. Juntas, as três histórias assinadas por Shonda que estão atualmente no ar somam 29,15 milhões de telespectadores por semana. 

A audiência de seus produtos superaram a de jogos da NFL (a poderosa liga de futebol americano), que a concorrente CBS exibiu no ano passado às quintas-feiras, entre setembro e outubro.

Os fãs de J.J. Abrams, 48 anos, têm apenas uma série no ar para curtir: Person of Interest (2011), um drama de ficção-científica. Os 11 primeiros episódios da quarta temporada tiveram, em média, 9 milhões de telespectadores. Mesmo ocupado com superproduções cinematográficas (trabalha atualmente em Star Wars: Episódio VII e Missão Impossível 5), Abrams lançará em 2015 Westworld, a nova grande aposda da HBO, que deve ser lançada ainda em 2015. 

Conheça um pouco mais os três magos das série de TV americanas:

O produtor Chuck Lorre no PGA Awards (Producers Guild of America) do ano passado

Chuck Lorre

Séries antigas: Roseanne (1990-1992), Grace Under Fire (1993-1998), Cybill (1995-1998) e Dharma & Greg (1997-2002)

Séries atuais: Two and a Half Men (desde 2003), The Big Bang Theory (desde 2007), Mike & Molly (desde 2010) e Mom (desde 2013)

A carreira de Lorre começou muito bem, como produtor-executivo de Roseanne, que foi a série mais assistida dos Estados Unidos em 1990. Outra criação dele, Grace Under Fire, também foi bombástica: concorreu ao Globo de Ouro em sua temporada de estreia, mas o primeiro troféu do escritor na premiação veio só três anos depois, com Cybill, nas categorias melhor comédia e musical. Outro grande feito no currículo de Lorre é Dharma & Greg, última comédia romântica que fez sucesso na TV. 

Uma das principais características de Lorre na criação de seus personagens é a aparência propositadamente descuidada. É o que acontece, por exemplo, com Alan Harper (Jon Cryer), em Two and a Half Men, e Leonard Hofstadter (Johnny Galecki), em The Big Bang Theory.

Shonda Rhimes, em premiação de afrodescendentes influentes, o 42º NAACP 

Shonda Rhimes

Série antiga: Private Practice (2007-2013)

Séries atuais: Grey’s Anatomy (desde 2005), Scandal (2012) e How to Get Away With Murder (2014)

O início de carreira de Shonda foi um pouco diferente da de Lorre, pois o roteiro que ela escreveu para o filme Crossroads – Amigas Para Sempre (2002), estrelado pela cantora Britney Spears, não teve uma boa repercussão. O primeiro trabalho lhe rendeu uma indicação ao prêmio Framboesa de Ouro (uma paródia do Oscar, que elege os piores do ano no cinema). Shonda fez outro filme infanto-juvenil antes de entrar para a TV: O Diário da Princesa 2: Casamento Real (2004).

A produtora e roteirista é bem eclética na construção de seus personagens e escolha de elenco. Uma atriz de origem asiática, Sandra Oh, foi uma das protagonistas de Grey’s Anatomy, no papel de Cristina Yang, durante dez anos. Um gay, Cyrus Beene (Jeff Perry), é o principal conselheiro do presidente dos EUA em Scandal. E duas negras são as personagens centrais das séries Scandal (Kerry Wahsington) e How to Get Away With Murder (Viola Davis).

J.J. Abrams em seminário da TCA, a associação dos críticos de TV dos Estados Unidos, em 2013 

J.J. Abrams

Séries antigas: Felicity (1998-2002), Alias (2001-2006), Lost (2004-2010), Fringe (2008-2013), Revolution (2012-2014), Almost Human (2013-2014) e Believe (2014)

Séries atuais: Person of Interest (desde 2011) e Westworld (estreia em 2015)

Assim como Shonda, Abrams teve a “honra” de ser indicado ao prêmio Framboesa de Ouro com um dos primeiros trabalhos de sua carreira: o roteiro do filme Armageddon (1998). A vingança dele veio em grande estilo: levou dois Emmys pela hipnotizante Lost em 2005, como melhor série dramática e melhor direção de série dramática.

O currículo de Abrams é recheado de sucessos na TV, mas nos últimos anos ele tem se dedicado mais a projetos cinematográficos, como Star Trek 3, Missão Impossível 5 e Star Wars: Episódio 7. Suas últimas séries (Almost Human e Believe) foram cancelas. Ele pretende mudar isso com Westworld, megaprodução da HBO, um thriller de ficção-científica, baseado no filme homônimo de 1973, que tem no elenco nomes de peso como Anthony Hopkins (O Silêncio dos Inocentes, 1991), James Mardsen (X-Men, de 2000) e Rodrigo Santoro.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook