Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Acabou

Produtor de Lucifer anuncia fim da série, critica a Fox e chuta o balde: 'Dói pra cara***!'

Divulgação/Fox

O ator Tom Ellis na terceira temporada de Lucifer; episódio final vai ao ar nos EUA na próxima segunda (14) - Divulgação/Fox

O ator Tom Ellis na terceira temporada de Lucifer; episódio final vai ao ar nos EUA na próxima segunda (14)

REDAÇÃO

Publicado em 11/5/2018 - 18h11

O showrunner de Lucifer, Joe Henderson, anunciou o fim da série no Twitter nesta sexta (11). Em três posts seguidos, carregados de frustração, ele criticou a rede Fox, que exibe o drama no Estados Unidos, e chutou o balde. "Então, Lucifer foi cancelada. Dói pra cara***", desabafou. "Nós criamos um final de temporada com um importante gancho. Não havia motivo para a Fox ter nos tirado do ar", completou.

Ele adiantou que os fãs vão ficar frustrados, pois o episódio de despedida da terceira temporada, que vai ao ar na próxima segunda (14), terá um final aberto. "Me desculpe por isso", pediu aos seus seguidores na rede social.

Henderson clamou ao público que curte Lucifer, bastante popular no Brasil, a protestar na internet com a hashtag #SaveLucifer (#SalvemLucifer). "Façam barulho. Não sei se temos alguma chance de voltar, mas tenho certeza que muita gente quer isso. Nós temos tantas histórias para contar", postou.

Lucifer é a segunda série a ser cancelada, entre as que estão no limbo, nesses dias decisivos para as redes norte-americanas. Ela se junta a Brooklyn Nine-Nine, descontinuada pela mesma Fox após a quinta temporada.

O produtor almeja que o mesmo barulho causado após o cancelamento da comédia policial se repita com sua série. Logo após a Fox romper com Brooklyn Nine-Nine, fãs inundaram as redes sociais com reclamações. Tanta repercussão chamou a atenção da plataforma Hulu, que está interessada em continuar a história da comédia no streaming.

Por ironia do destino, o canal Universal, que exibe Lucifer no Brasil, anunciou uma promoção para o lançamento da terceira temporada, no próximo dia 13, minutos após o cancelamento da série. A ação será na avenida Paulista, em São Paulo, entre os dias 13 e 15. Fãs vão poder tirar fotos com uma réplica das asas do protagonista. A atração também pode ser vista na Netflix. 

Audiência fraca
O desempenho de Lucifer na Fox foi ruim na terceira temporada: média de 3,3 milhões de telespectadores por episódio. Entre o público adulto, a queda de audiência foi de 20% em comparação com o segundo ano. Lucifer é apenas a décima série dramática mais vista na Fox na temporada 2017-2018.

A esperança de uma renovação estava no apelo do mercado internacional, no qual a série se dá bem. Mas não houve um acordo satisfatório entre a Fox e os estúdios da Warner Bros., que produz o drama. 

A trama acompanha as aventuras na Terra de Lucifer Morningstar (Tom Ellis), o Diabo. Cansado de viver infeliz no Inferno, ele abandona as trevas e acha um lar em Los Angeles. Na cidade dos anjos, ele usa seu poder de convencimento para ajudar a detetive Chloe Decker (Lauren German) a resolver casos.

Ellis também usou o Twitter para lamentar o fim da série: "Fico triste por ter de confirmar que a Fox cancelou Lucifer", escreveu o ator. Ele aproveitou para pedir desculpas e confessou: "Foi uma experiência incrível interpretar Lucifer nesses últimos três anos".

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas