Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DOMÍNIO TOTAL

Com Netflix no topo, Globo de Ouro confirma soberania do streaming na TV

Divulgação/Netflix

Jason Bateman em cena da série Ozark

Jason Bateman em Ozark; série ajudou a Netflix a manter soberania do streaming no Globo de Ouro

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 3/2/2021 - 15h32

A revelação dos indicados ao 78º Globo de Ouro confirmou a soberania atual dos serviços de streamings na disputa com a TV linear nos Estados Unidos. Com a Netflix reunindo o maior número de produções nas listas da premiação, a HBO pouco conseguiu fazer entre as inúmeras opções de qualidade disponíveis nas plataformas.

Com sete nomeações no total, o canal premium ficou bem abaixo da líder Netflix, que colecionou 21 indicações entre séries e minisséries. Da TV aberta norte-americana, apenas a rede NBC conseguiu uma representante na premiação, com Jane Levy indicada a melhor atriz de comédia ou musical por Zoey e sua Fantástica Playlist.

O domínio dos streamings se expande em todas as principais categorias: melhor série dramática, comédia e minissérie ou telefilme. Na primeira, a Netflix emplacou The Crown, Ozark e Ratched, com The Mandalorian representando o Disney+ e Lovecraft Country 'salvando' a participação da HBO.

Em melhor comédia ou musical, a Netflix não conseguiu manter sua imposição e teve apenas Emily em Paris na relação. No entanto, outras três plataformas também conseguiram indicações: Hulu emplacou The Great (exibida no Brasil pelo Starzplay); a estreante The Flight Attendant (inédita no Brasil) marcou a estreia do HBO Max na premiação; e Ted Lasso foi a única produção do Apple TV+ a ser lembrada. A sensação Schitt's Creek (2015-2020), exibida pela nanica Pop TV, completou a lista.

Na categoria de minissérie ou telefilme, a Netflix conseguiu o maior número de representantes com Nada Ortodoxa (2020) e o fenômeno O Gambito da Rainha (2020). The Undoing manteve a HBO no páreo, enquanto Small Axe (Prime Video) e Normal People (Hulu nos EUA, Starzplay no Brasil) confirmaram a hegemonia dos streamings.

Atuações mantém equilíbrio

A soberania entre os serviços de streaming só não é válido para as categorias de atuação. Schitt's Creek manteve o favoritismo conquistado no Emmy 2020 com representantes do elenco nas quatro principais categorias de comédia, e as produções da HBO ajudaram a sustentar o desempenho dos canais de TV dos EUA.

Dan e Eugene Levy, Catherine O'Hara e Anny Murphy repetiram a performance do Oscar da TV e estão entre os indicados ao Globo de Ouro por Schitt's Creek. Mark Rufallo (I Know This Much is True) e o trio Donald Suntherland, Nicole Kidman e Hugh Grant (The Undoing) representam a antiga favorita HBO.

Pelo canal pago Showtime, Don Cheadle (Black Monday), Bryan Craston (Your Honor) e a dupla Jeff Daniels e Brendan Gleeson (The Comey Rule) também ajudaram a manter o equilíbrio e evitar a dominação total dos serviços de streaming. Jane Levy completa a lista representando a NBC.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?