Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

OSCAR DA TV

Saiba por que a desconhecida Schitt's Creek bateu recordes históricos no Emmy

REPRODUÇÃO/ABC

Eugene Levy discursa dentro de um salão de festa, do lado de um emocionado Dan Levy, na cerimônia virtual do Emmy de 2020

Pai e filho, Eugene e Dan Levy recebem o Emmy de melhor comédia na premiação realizada no domingo (20)

JOÃO DA PAZ

joao@noticiasdatv.com

Publicado em 21/9/2020 - 4h54

A melhor série que você ainda não viu fez jus ao rótulo que conquistou tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil. A canadense Schitt's Creek (2015-2020) levou todas as sete categorias que disputou na principal noite do Emmy, realizada no domingo (20), um feito entre as comédias que nunca ocorreu em 71 anos do Oscar da TV. Então desconhecida, a atração acumulou recordes e cravou um lugar entre as maiores grifes da TV.

Previamente, era esperado um bom desempenho da série. Isso porque ela subitamente virou a queridinha dos críticos e caiu no gosto dos profissionais de Hollywood integrantes da Academia de Televisão, a organizadora do Emmy. O reconhecimento foi tardio, porém. Começou com as quatro indicações inesperadas em 2019 (nenhuma vitória) e terminou com uma limpa sem precedentes na 72ª edição do prêmio.

Schitt's Creek concorreu pela sexta e última temporada, que embora tenha lá suas qualidades, não foi a única responsável por todos os Emmys que a série levou. A cada estatueta entregue havia um reconhecimento pelo conjunto da obra, por tudo o que a comédia apresentou na metade final desta década e não foi reconhecida pela academia. Praticamente um ato de mea-culpa.

O desconhecimento nos EUA ocorria porque a atração era uma produção original da rede canadense CBC e não tinha repercussão em Hollywood, exibida apenas no canal americano nanico Pop TV, uma vitrine escondida.

O jogo mudou quando ela passou a ser disponibilizada na Netflix, a partir de janeiro de 2017. Schitt's Creek renasceu, ganhou um público qualificado e entrou naquela lista de séries que todo mundo tem de assistir. No Brasil, pode ser vista na plataforma Paramount+.

As sete vitórias no último domingo se juntam às duas dos prêmios técnicos (figurino contemporâneo e escalação de elenco), fazendo Schitt's Creek entrar para a história como a comédia com mais estatuetas em uma única edição do Oscar da TV. A antiga dona dessa marca era The Marvelous Mrs. Maise, com oito vitórias em 2019 e 2018.

Eleita a melhor comédia, Schitt's Creek ficou com a estatueta de roteiro e direção. Na categoria roteiro, a série foi a primeira a ganhar pelo último episódio desde o final de 30 Rock (2006-2013), em 2013.

A dupla de atores Catherine O'Hara e Eugene Levy também ganhou estatuetas. Desde 2008, dois protagonistas da mesma série não venciam no mesmo ano, o que ocorreu com 30 Rock há 12 anos.

Catherine e Levy, junto com Dan Levy e Annie Harris, dupla de coadjuvantes que também ganhou estatuetas, deram para Schitt's Creek outro recorde inédito no Emmy. Nunca uma comédia recebeu os quatro principais prêmios de atores em uma única cerimônia.

HBO humilha Netflix

Se a Netflix superou a HBO no número de indicações, o canal premium destruiu a gigante do streaming nas vitórias. Com ajuda de Watchmen e Succession, a HBO abocanhou 30 estatuetas. E a rival, 21.

O desempenho da Netflix foi pífio na cerimônia do último domingo, com apenas duas estatuetas --as outras 19 vieram dos prêmios técnicos. A empresa só se deu bem na categoria de direção de minissérie ou telefilme, pelo drama Unorthodox, e atriz coadjuvante de drama (Julia Garner, por Ozark).

Além disso, a plataforma viu a rival aplicar a grande reviravolta da festa hollywoodiana, com o triunfo de Zendaya (por Euphoria), que superou as favoritas Laura Linney (Ozark) e Olivia Colman (The Crown). Sem dúvida, essa foi a maior surpresa desse Emmy.

Enquanto isso, a HBO levou os maiores prêmios da noite: melhor drama (Succession) e minissérie (Watchmen). No total, o canal foi agraciado com 11 estatuetas no domingo.

E para coroar esta edição, a HBO ganhou os quatro prêmios de atuação de protagonistas de drama e minissérie, com Regina King (Watchmen), Jeremy Strong (Succession), Mark Ruffalo (I Know This Much Is True) e Zendaya.

Na ponta do lápis, o aproveitamento da HBO foi muito melhor do que o da Netflix. O streaming ganhou 21 estatuetas de 160 indicações (13%). O canal pago, 30 de 107 (28%).

Confira abaixo os vencedores, em negrito, nas principais categorias do Emmy de 2020:

Melhor drama
Succession (HBO)
Better Call Saul (Netflix)
The Crown (Netflix)
The Handmaid's Tale (Paramount+)
Killing Eve (Globoplay)
The Mandalorian (Disney+)
Ozark (Netflix)
Stranger Things (Netflix)

Melhor comédia
Curb Your Enthusiasm (HBO)
Disque Amiga Para Matar (Netflix)
The Good Place (Netflix)
Insecure (HBO)
The Kominsky Method (Netflix)
The Marvelous Mrs. Maisel (Prime Video)
Schitt's Creek (Paramount+)
What We Do in the Shadows (Fox Premium)

Melhor minissérie
Little Fires Everywhere (Prime Video)
Unbelievable (Netflix)
Mrs. America (Fox Premium)
Unorthordox (Netflix)
Watchmen (HBO)

Melhor ator de série dramática
Jason Bateman (Ozark)
Sterling K. Brown (This Is Us)
Steve Carell (The Morning Show)
Brian Cox (Succession)
Billy Porter (Pose)
Jeremy Strong (Succession)

Melhor atriz de série dramática
Jennifer Aniston (The Morning Show)
Olivia Colman (The Crown)
Jodie Comer (Killing Eve)
Laura Linney (Ozark)
Sandra Oh (Killing Eve)
Zendaya (Euphoria)

Melhor ator coadjuvante de série dramática
Giancarlo Esposito (Better Call Saul)
Bradley Whitford (The Handmaid's Tale)
Billy Crudup (The Morning Show)
Mark Duplass (The Morning Show)
Nicholas Braun (Succession)
Matthew Macfadyen (Succession)
Kieran Culkin (Succession)
Jeffrey Wright (Westworld)

Melhor atriz coadjuvante de série dramática
Laura Dern (Big Little Lies)
Meryl Streep (Big Little Lies)
Helena Bonham Carter (The Crown)
Samira Wiley (The Handmaid's Tale)
Fiona Shaw (Killing Eve)
Julia Garner (Ozark)
Sarah Snook (Succession)
Thandie Newton (Westworld)

Melhor ator de série de comédia
Anthony Anderson (Blackish)
Don Cheadle (Black Monday)
Ted Danson (The Good Place)
Michael Douglas (The Kominsky Method)
Eugene Levy (Schitt's Creek)
Ramy Youssef (Ramy)

Melhor atriz de série de comédia
Christina Applegate (Disque Amiga Para Matar)
Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)
Linda Cardellini (Disque Amiga Para Matar)
Catherine O'Hara (Schitt's Creek)
Issa Rae (Insecure)
Tracee Ellis Ross (Blackish)

Melhor ator coadjuvante de série de comédia
Andre Braugher (Brooklyn Nine-Nine)
William Jackson Harper (The Good Place) 
Alan Arkin (The Kominsky Method)
Sterling K. Brown (The Marvelous Mrs. Maisel) 
Tony Shalhoub (The Marvelous Mrs. Maisel)
Mahershala Ali (Ramy)
Kenan Thompson (Saturday Night Live) 
Daniel Levy (Schitt's Creek)

Melhor atriz coadjuvante de série de comédia
Betty Gilpin (Glow)
Annie Murphy (Schitt's Creek)
D'Arcy Carden (The Good Place)
Yvonne Orji (Insecure)
Alex Borstein (The Marvelous Mrs. Maisel)
Marin Hinkle (The Marvelous Mrs. Maisel) 
Kate McKinnon (Saturday Night Live)
Cecily Strong (Saturday Night Live)

Melhor ator de minissérie ou telefilme
Jeremy Irons (Watchmen)
Hugh Jackman (Bad Education)
Paul Mescal (Normal People)
Jeremy Pope (Hollywood)
Mark Ruffalo (I Know This Much Is True)

Melhor atriz de minissérie ou telefilme
Cate Blanchett (Mrs. America)
Shira Haas (Unorthordox)
Regina King (Watchmen)
Octavia Spencer (Self Made)
Kerry Washington (Little Fires Everywhere)


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?