Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CAIU EM DESGRAÇA

Acusado de estupro, Chris Noth é demitido do elenco de The Equalizer

Divulgação/CBS

Chris Noth fala ao telefone em cena de The Equilizer

Chris Noth em cena de The Equilizer; ator foi demitida da série após acusações de estupro

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 21/12/2021 - 18h07

Eterno Mr. Big de Sex and the City (1998-2004), Chris Noth foi demitido do elenco de The Equilizer, série campeã de audiência nos Estados Unidos. Os produtores da atração tomaram a decisão depois de duas mulheres acusarem publicamente o ator de estuprá-las.

"Chris Noth não irá mais filmar episódios adicionais de The Equilizer. A decisão tem efeito imediato", confirmou o CBS Television Studios, responsável pela produção da série, em comunicado oficial enviado à imprensa.

Em The Equilizer, Noth interpretava William Bishop, parceiro da protagonista Robyn McCall, vivida por Queen Latifah. De acordo com o site Deadline, o ator será visto novamente em apenas um episódio inédito da segunda temporada, que está em hiato nos EUA após a exibição dos os sete primeiros.

As acusações caíram como uma bomba na carreira do agora ex-astro. Horas depois dos relatos de estupro publicados pela revista Hollywood Reporter, a atriz Zoe Lister-Jones foi às redes sociais e abriu o jogo sobre o mau comportamento de Noth durante as gravações de Law & Order: Criminal Intent (2001-2011).

Segundo a atriz, que trabalhou com o ator em um episódio da série, Noth chegou por trás dela, cheirou o seu pescoço e sussurrou que a atriz "cheirava bem". Ela também o acusou de trabalhar bêbado no set.

Além de ser alvo das acusações, Noth também perdeu um contrato no valor de US$ 12 milhões (R$ 68,8 milhões) da venda de sua marca de tequila Ambhar para a Entertainment Arts Research Inc. (EARI).

"Neste momento, não faz sentido para nós continuarmos com as negociações à luz das acusações, que devem ser levadas com a maior seriedade", disse Bernard Rubin, CEO da EARI, em comunicado enviado à Fox Business.

Sarah Jessica Parker, Kristin Davis e Cynthia Nixon, que trabalharam com Noth em Sex and the City e no episódio de estreia do revival And Just Like That..., se pronunciaram sobre as acusações envolvendo o ex-colega. Em texto assinado em conjunto, as atrizes disseram estar tristes com os relatos e ofereceram apoio às vítimas.

Estamos muito tristes em saber das acusações contra Chris Noth. Nós apoiamos as vítimas que vieram a público e compartilharam suas experiências dolorosas. Nós sabemos que é algo muito difícil de se fazer e as parabenizamos por isso.

Noth foi acusado por duas mulheres de estuprá-las em duas ocasiões distintas: uma em 2005, em Los Angeles, e a outra em Nova York, quase onze anos depois.

Confira abaixo a íntegra do texto publicado pelas estrelas de Sex and the City:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.