Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ATOR NEGA

Sex and the City: Eterno Mr. Big, Chris Noth é acusado de abuso sexual nos EUA

REPRODUÇÃO/HBO MAX

Chris Noth fuma charuto em cena da série And Just Like That...

Chris Noth como Mr. Big em And Just Like That...; ator foi acusado de estupro por duas vítimas

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/12/2021 - 18h38

Chris Noth, o eterno Mr. Big de Sex and the City (1998-2004) e do revival And Just Like That..., foi acusado de abusar sexualmente de duas mulheres em reportagem publicada pela revista The Hollywood Reporter, dos Estados Unidos. Os crimes teriam sido cometidos em épocas diferentes.

De acordo com a publicação, as duas vítimas não se conhecem e entraram em contato com a revista separadamente, com meses de diferença. Para não sofrerem retaliações, elas tiveram seus nomes alterados no artigo.

Lily, uma jornalista de 31 anos, buscou a revista em agosto deste ano e afirmou ter sofrido o abuso em 2015, em passagem do ator por Nova York. "Eu não sei como vocês abordam essas histórias e como buscam outras vítimas", escreveu a moça em um email enviado à publicação.

Já Zoe, 40, teria sido vítima de Noth em 2004, durante um encontro em Los Angeles. Ela entrou em contato com a revista em outubro, dois meses depois de Lily. Segundo a HR, a sobrevivente trabalha na indústria de entretenimento e teme sofrer retaliações no caso de seu nome real vir à público.

"Ver ele [Chris Noth] reprisar seu papel em Sex and the City mexeu comigo. Por muitos anos, eu enterrei esse assunto. Agora quero tentar mostrar para o público quem ele é", disse Zoe.

Questionado pela revista sobre as acusações, Noth negou ter abusado sexualmente das mulheres em comunicado oficial enviado à publicação.

"As acusações contra mim são feitas por indivíduos que conheci há anos, até décadas atrás e são categoricamente falsas. Essas histórias poderiam ter sido de 30 anos ou 30 dias atrás --não sempre significa não-- essa é uma linha que eu não cruzei. Os encontros foram consensuais. É difícil não questionar o momento em que essas histórias foram divulgadas. Não sei ao certo por que elas estão surgindo agora, mas eu sei disso: 'Eu não ataquei essas mulheres'.

REPRODUÇÃO/HBO MAX

Chris Noth e Sarah Jessica Parker

Chris Noth e Sarah Jessica Parker

Zoe afirmou ter conhecido Noth aos 22 anos, após se formar na faculdade e conseguir um emprego em uma importante agência de Los Angeles onde o ator cuidava de negócios.

"Ele vinha na minha mesa e flertava comigo. De alguma forma, ele pegou meu número e começou a deixar mensagens na minha caixa postal. Minha chefe dizia: 'Mr. Big está deixando mensagens na sua caixa postal'."

Contatada pela reportagem, a agora ex-chefe de Zoe confirmou ter presenciado o flerte do ator com Zoe, mas disse que não achou nada de mais na época. "Era o auge de Sex and the City. Ele era como um Deus para nós."

Em seu relato, Zoe contou que o abuso aconteceu no apartamento de Noth em West Hollywood, em Los Angeles. O ator a teria convidado para nadar na jacuzzi do condomínio, e ela aceitou já que uma amiga morava no mesmo local. Após um bate-papo com as duas, Noth retornou para sua casa e pediu que ela fosse lhe entregar um livro que ele estava lendo na piscina.

Noth, então, teria a beijado assim que Zoe entrou em seu apartamento. Depois de retribuir o beijo, ela disse que precisava voltar para a companhia da amiga. Segundo a vítima, ela não considerou o beijo grande coisa e achava que seria legal contar a história de que "ficou com o Mr. Big".

Após pausar o beijo, segundo a vítima, o ator a puxou para seu lado, a levou para a cama, arrancou a sua roupa e começou a estuprá-la.

"Eu estava de frente para um espelho. Doeu muito e eu gritava para ele parar. Mas ele não parou. Eu disse para ele pelo menos pegar uma camisinha, mas ele deu risada.

Após o estupro, Zoe disse ter notado uma mancha de sangue em sua roupa e correu para a casa da amiga, que hoje trabalha como psicóloga em Boston e confirmou o relato à publicação. "Ela foi direto para o banheiro. Quando ela saiu, estava muito distante, meio fria. Ela é uma pessoa muito doce e amigável. Foi uma mudança muito estranha. Foi só no carro que eu forcei uma conversa e ela contou o que tinha acontecido."

As duas foram para o hospital Cedars-Sinai e contaram à equipe sobre o estupro. Com medo de ser demitida do trabalho e dos policiais não acreditarem nela, Zoe escondeu a identidade de Noth. Contatado pela reportagem, o hospital disse não guardar registros médicos de 2004.

Logo após o suposto estupro, Zoe confidenciou à mãe, que a consolou e disse que ela também havia sido uma vítima. Em 2018, sua mãe recebeu diagnóstico de câncer. "Enquanto ela estava morrendo, ela foi assombrada por sua agressão. Não quero estar na mesma posição, em que sou assombrada no fim da minha vida."

DIVULGAÇÃO/WARNER BROS.

Chris Noth no filme Sex and the City 2

Chris Noth no filme Sex and the City 2

O relato de Lily é semelhante. Na época com 25 anos, a vítima disse ter conhecido o astro em uma boate de Nova York. Ela afirmou que era fã de Noth por seu trabalho em Law & Order (1990-2010) e Sex and the City. O ator teria flertado com ela no local e pedido o seu número de telefone.

"Eu não acreditava. Mr. Big estava me chamando para sair. Ele perguntou muito sobre o meu trabalhou e minha trajetória", afirmou Lily, que revelou ter ido com o ator a um restaurante que havia aparecido em Sex and the City.

Com o passar da noite, a vítima disse ter bebido demais, embora não estivesse nem perto de desmaiar. Lily afirmou que sua adoração por Noth era tanta que ela sentiu ter uma experiência fora do corpo apenas por estar num encontro. Com o restaurante fechando, ele disse a ela que seu apartamento era perto do local.

"Eu não era super sexualmente ativa, nem selvagem ou louca", disse. Hoje em dia, ela acha humilhante admitir que não pensou que ele tentaria dormir com ela. "Eu pensei: 'Vamos beber uísque e falar sobre sua carreira de ator'. Parece tão estúpido", completou.

"Ele tentou me beijar. Ele é mais velho e parecia mais velho. Ele continuou tentando, tentando e tentando, e eu deveria ter dito não mais firme e ido embora. E, então, ele abaixou as calças e estava parado na minha frente. Ele enfiou o pênis em minha boca.

Lily afirmou ter apelado pelo fato de, na época, Noth ser casado e pai de um filho. O ator retrucou dizendo que casamentos são uma farsa e que não acredita em monogamia. Após isso, segundo ela, o estupro começou.

"Ele estava fazendo sexo comigo por trás em uma cadeira. Nós estávamos na frente de um espelho. Eu estava meio que chorando quando aconteceu. Quando acabou, eu fui ao banheiro e coloquei minha saia. Eu me senti horrível e totalmente violada."

A publicação conferiu trocas de mensagens entre Lily e Noth e identificou que houve uma relação sexual entre os dois. Em uma delas, o ator afirma ter gostado do encontro, mas que sentia que ela não havia sentido o mesmo. "Eu certamente adorei sua companhia. A conversa foi ótima. Não vou entrar em detalhes por mensagem de texto, mas eu me senti levemente usada. Mas essa é uma conversa que é melhor ter por telefone", escreveu a vítima.

Após o estupro, Lily disse que Noth continuou a mandar mensagens pedindo para encontrá-la novamente. Segundo ela, eles nunca mais se viram.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.