Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO DISCOVERY+

Largados e Pelados Brasil: Reality dá lição de perrengue para o No Limite, da Globo

REPRODUÇÃO/DISCOVERY+

Imagem de Rene e Sati sem roupa no confinamento no Largados e Pelados Brasil

Rene e Sati no Largados e Pelados Brasil, do discovery+; programa dá aula sobre perrengue para Globo

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 13/11/2021 - 6h30

Se você acha que os ex-participantes do Big Brother Brasil viveram mesmo No Limite durante o reality de sobrevivência, prepare-se para conhecer o que é um perrengue de verdade. No Largados e Pelados Brasil, aposta do discovery+, dez brasileiros enfrentam 21 dias de um desafio extremo em uma região inóspita da Colômbia.

Formato de sucesso na TV por assinatura, o programa coloca um grupo de aventureiros em um desafio similar ao que os homens das cavernas enfrentavam no início da humanidade. No reality, os participantes são largados sem roupa, sem comida e sem água em um ambiente de selva e precisam encontrar uma maneira de sobreviverem.

Não existe uma prova de comida, entregas de kits de higiene ou de produtos de uma loja virtual. O "luxo" que os confinados têm se resume a uma ecobag, uma panela, um mapa da região, um facão e um item de sobrevivência escolhido por eles, como um mosquiteiro ou uma corda.

Os participantes precisam colocar a mão na massa, construir os próprios abrigos, enfrentar extremos de temperatura e buscar a própria água e comida na natureza. Tudo isso, em busca de um prêmio de... Experiência de vida e satisfação pessoal. Isso mesmo, nada de dinheiro.

O que pode parecer uma loucura para alguns despertou o interesse de quase 19 mil pessoas. No início do ano, quando as inscrições do reality foram abertas, pessoas de 20 a 94 anos se cadastraram no site da Discovery em busca de uma vaga na competição.

A produção do reality selecionou dez participantes, que foram divididos em cinco duplas, sempre compostas por um homem e uma mulher: Itamar (46 anos, militar da reserva) e Érika (41, nutricionista); Gisleine (37, gerente de vendas) e Joedson (30, empresário); Diogo (32, artesão) e Raysa (29, instrutora de canoagem); Tony (40, produtor rural) e Léti (31, bacharel em Direito) e Rene (46, tatuador) e Sati (39, antropóloga).

Nos dois primeiros episódios, já disponíveis no discovery+, o público acompanha o choque inicial dos aventureiros nesta jornada de sobrevivência, com destaque para o comportamento recorrente de "macho alfa" dos homens. Um dos competidores até afirma que, por causa dos seios, uma das mulheres tem mais dificuldade para exercer as tarefas do confinamento. Mas elas não ficam submissas e buscam maneiras de serem ouvidas.

As temperaturas acima dos 40º C também provocam problemas de saúde, como bolhas nos pés e crises de enxaqueca --o que atrapalha o rendimento no programa. Porém, mesmo com todos os contratempos, os aventureiros se mantém firmes; afinal, aqui eles realmente chegam em seus limites.

Os episódios do Largados e Pelados Brasil são disponibilizados às quartas-feiras, no discovery+. Confira o trailer do programa:


Saiba tudo sobre reality shows com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#58 - Cinco reality shows para assistir em vez de ver A Fazenda 13" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.