Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MÃE MEGERA

A Vida da Gente: Agente do caos, Eva 'sequestra' a neta para viver no luxo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Ana Beatriz Nogueira caracterizada como Eva em cena de A Vida da Gente

Ana Beatriz Nogueira interpreta Eva em A Vida da Gente; megera registrará neta como sua herdeira

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 5/3/2021 - 4h00

Eva (Ana Beatriz Nogueira) arrancará Júlia do colo de Ana (Fernanda Vasconcellos) para criar a própria neta como filha em A Vida da Gente. A empresária contratará uma traficante de crianças para forjar documentos e registrar a menina como sua herdeira no consulado brasileiro. Ela não poupará esforços para evitar que a tenista perca seus patrocínios na novela das seis.

Depois de se separar de Jonas (Paulo Betti), a mãe de Manuela (Marjorie Estiano) apostou todas as suas fichas na atleta para manter seus luxos e mordomias. A gravidez da jovem caiu como uma bomba em seus planos, ao ponto de a megera se aliar a Vitória (Gisele Fróes) para salvar a carreira da esportista com uma farsa.

A treinadora inventará que a pupila se afastará por um ano para tratar uma lesão no pulso. Sob a vigilância materna, a protagonista de Fernanda Vasconcellos viajará até a Argentina para ter o seu bebê longe dos olhos da imprensa e, então, entregá-lo a uma rede clandestina de adoção.

Após um parto complicado, a neta de Iná (Nicette Bruno) se apaixonará por Júlia à primeira vista e virará uma leoa para impedir Verônica (Martha Nieto) e Hernán (Roberto Birindelli) de ficarem com a recém-nascida.

Revoltada, a chefe da quadrilha que revende os bebês voará no pescoço da antagonista de Ana Beatriz Nogueira. "Eu estava atrás de você. O que aconteceu? Que história é essa de não entregar a criança? Isso é um completo absurdo. Eu tenho minha reputação. Você tem que conversar com Ana para ela fazer o combinado", exigirá a criminosa.

Ana (Fernanda Vasconcellos) e a filha

Golpe de mestre

Contra a parede, Eva desembolsará uma boa grana para calar a boca e contratar os serviços da meliante. "Eu tenho certeza de que você vai conseguir outra criança para sua cliente. E quanto ao dinheiro, eu asseguro que você não vai sair prejudicada. Na verdade, eu vim até aqui propor uma solução", afirmará a mau-caráter.

"Que solução? Diga como pode fazer essa mágica", vociferará a mulher. "Para fazer a certidão em nome da Verônica, você teria que falsificar o documento de nascimento da criança, certo? Dizendo que foi ela e não a Ana que entrou no hospital para ter o bebê. Então é simples. Eu vou pagar para que você faça uma simples troca de clientes", explicará a vilã.

Em seguida, o folhetim de Lícia Manzo mostrará Eva no consulado pronta para roubar oficialmente o bebê de Ana. "Eu sou brasileira e gostaria de registrar a minha filha que nasceu aqui. Trouxe até os documentos, está tudo aqui. O nome dela é Júlia. Júlia Fonseca", disparará a salafrária.

Com a "edição especial" do folhetim de Lícia Manzo, a Globo adiou a estreia da inédita Nos Tempos do Imperador para o segundo semestre deste ano. Além dos spoilers, o Notícias da TV publica diariamente o resumo da novela das seis que a emissora reprisa devido à pandemia da Covid-19.


Saiba tudo que vai acontecer nas novelas com o podcast Noveleiros:

Ouça "#48 - Morte inesperada e bizarra em A Força do Querer!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em A Vida da Gente e outras novelas.


Últimas de A Vida da Gente


Resumos Semanais

Resumo da novela A Vida da Gente: Capítulos de 14 a 24 de abril

Quarta, 14/4 (Capítulo 39)
Iná agradece a Laudelino pela surpresa que preparou para ela. Vitória não deixa Marcos falar sobre separação. Alice e Manuela entram na livraria em que Vitória está com a família, e a treinadora se enfurece. Marcos ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você vai acompanhar a reprise de Império?