Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MAIS REPRISE

Saiba qual novela vai substituir Salve-se Quem Puder e relembre a trama

RAFAEL CAMPOS/TV GLOBO

Mateus Solano veste um terno cinza e Camila Queiroz está de vestido branco com um buquê na mão. Eles estão casando-se.

Novela Pega Pega é protagonizada por Eric (Mateus Solano) e Luíza (Camila Queiroz)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 15/6/2021 - 14h05

Salve-se Quem Puder termina em 16 de julho. Por isso, a Globo definiu que a reprise de Pega Pega irá substituí-la como a próxima novela das sete. Relembre a trama protagonizada por Eric (Mateus Solano) e Luiza (Camila Queiroz), que foi ao ar em 2017. 

O cenário principal da novela é o Carioca Palace, hotel de Pedrinho Guimarães (Marcos Caruso) onde cresceu sua neta, Luiza. O avô se vê à beira da falência e coloca o local à venda, deixando a mocinha furiosa. Para piorar, quem está comprando o estabelecimento é Eric, com quem Luiza vive um romance.

O amor entre os dois também é atravessado pelo passado do personagem de Mateus Solano. O homem é viúvo e pai da frágil Bebeth (Valentina Herszage). Desde que perdeu a mulher em um acidente de carro, Eric também tem que lidar com as investidas de Maria Pia (Mariana Santos), sua assistente e amiga de longa data. 

Além dos conflitos familiares, a trama é balançada por um roubo de 40 milhões de dólares ao cofre do hotel, que acontece durante uma festa de gala. Os responsáveis pela façanha são os funcionários do local Malagueta (Marcelo Serrado), Júlio (Thiago Martins), Sandra Helena (Nanda Costa) e Agnaldo (João Baldasserini). 

Apesar de milionários, os bandidos não podem levantar pistas do crime, então seguem trabalhando no hotel. A policial que tem a missão de investigar o crime é Antônia (Vanessa Giácomo). 

Crítica e público

Na primeira vez em que foi exibida, Pega Pega sofreu críticas por sua trama repetitiva e diálogos simples demais. Mas as avaliações negativas não pareceram um problema para Claudia Souto, autora do folhetim.

Em entrevista ao Notícias da TV na época, a escritora justificou: "Por entender e respeitar esse horário, a narrativa é leve, os diálogos são palatáveis, de fácil entendimento, mesmo numa trama intrincada como essa. Se você não entende o contexto e o target [alvo], fica difícil criticar a obra". 

De fato, essas características não afastaram o público. O folhetim teve a melhor audiência entre novelas das sete desde Cheias de Charme (2012).

Quebra de tabus

Mesmo prometendo tratar de assuntos leves, a novela Pega Pega trouxe à tona temas importantes e que ainda podem incomodar parte da sociedade mais conservadora.

Uma das ocasiões é quando o delegado Siqueira (Marcelo Escorel) e o gerente Douglas (Guilherme Weber) assumem um relacionamento homossexual. Outro momento em que a novela quebrou o tabu foi quando Pedrinho se apaixona pela drag queen Rúbia (Gabriel Sanches). 

Pega Pega também tratou de racismo institucional. Em um dos episódios da trama, o empresário Dom (David Junior) é confundido com um ladrão por policiais truculentos.  


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer nas novelas da Globo.


Últimas de Pega Pega


Resumos Semanais

Resumo da novela Pega Pega: Capítulos de 25 de outubro a 6 de novembro

Segunda, 25/10 (Capítulo 85)
Arlete diz a Pedrinho que acredita ter sofrido um atentado a mando de Athaíde. Pedrinho vai à casa de Athaíde e o acusa de ter tentado atropelar Arlete. Malagueta confessa a Júlio, Agnaldo e Sandra Helena ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
De vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas