Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VALE DE LÁGRIMAS

Pamonha e chorona, Luísa é a síntese dos erros de Nos Tempos do Imperador

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Mariana Ximenes caracterizada como Luísa chora copiosamente em cena de Nos Tempos do Imperador

Luísa (Mariana Ximenes) em Nos Tempos do Imperador; condessa foi sacrificada na novela das seis

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 1/2/2022 - 6h35

Os olhos marejados de Luísa (Mariana Ximenes) são provas de que o excesso de reverência pela família imperial só atrapalhou Nos Tempos do Imperador. A biografia da condessa dava margem suficiente para a construção de uma adversária à altura de Teresa Cristina (Letícia Sabatella), mas os autores preferiram relegá-la ao posto de mocinha chorona --até para não manchar a imagem de Pedro (Selton Mello) como estadista na novela das seis da Globo.

Alessandro Marson e Thereza Falcão nunca esconderam que uma das marcas do folhetim seria o resgate da figura do monarca como dos grandes governantes do Brasil. Eles, a princípio, afirmaram que não passariam pano para os erros do fidalgo, até porque a história se desenvolveria durante um dos pontos mais críticos do Segundo Reinado (1840-1889).

O protagonista interpretado por Selton Mello realmente teve os seus dilemas com a Guerra do Paraguai (1864-1870), mas a maior parte deles se mostrou filosófica ou distante demais para o público. Ele foi consideravelmente bem menos humano do que seu antecessor, Pedro 1º (Caio Castro), dado tanto à carne quanto ao osso em Novo Mundo (2017).

Luísa seria o fiel da balança para tornar esse nobre intelectual e frio em alguém capaz de despertar as paixões dos telespectadores. O romance entre eles, entretanto, foi tão morno quanto a média de audiência até aqui --de 16,8 pontos, contra 19,4 da reprise de A Vida da Gente (2011).

Sacrificada em favor de Pedro 2º, a personagem de Mariana Ximenes lembra apenas vagamente a aristocrata descrita pela historiadora Mary del Priore em Condessa de Barral: A Paixão do Imperador. Uma mulher forte e à frente do seu tempo que, muito provavelmente, não inundaria as ruas da corte com um choro sem fim.

Montagem com a atriz Mariana Ximenes à esquerda como Luísa e a atriz Letícia Sabatella como Teresa Cristina à direita em cena de Nos Tempos do Imperador

Luísa e Teresa: falta antagonismo

Teresa x Luísa

Um dos principais problemas no desenvolvimento de Luísa é a falta de antagonismo em relação à Teresa Cristina. As semelhanças entre as nobres saltavam aos olhos, quando as diferenças seriam cruciais para criar conflito dentro da Quinta da Boa Vista --tão parada que provavelmente serviu de inspiração para Tiago Abravanel cunhar o "BBB do amor". 

Os roteiristas não precisariam optar pela mesma dinâmica de Novo Mundo, com uma vilã e uma mocinha bem definidas. Elas poderiam bater de frente uma com a outra sem que necessariamente uma delas tivesse que perder a razão, a exemplo do que já tinha sido visto no horário com Manuela (Marjorie Estiano) e Ana (Fernanda Vasconcellos) no folhetim de Lícia Manzo.

Uma das saídas possíveis seria manter a postura mais conservadora de Teresa Cristina, capaz de aguentar as maiores humilhações em nome da monarquia, enquanto Luísa poderia representar um lado mais liberal. Dessa forma, Pedro se veria realmente dividido entre os deveres como imperador e os sentimentos enquanto homem.

Os próprios registros históricos já davam essa possibilidade para a condessa se portar como uma força progressista. A condessa da vida real até mesmo bateu de frente com o pai para se casar com o homem que amava, um avanço e tanto para o século 19. Uma relação que em nada lembra a mulher feita de refém por um Eugênio (Thierry Tremouroux) doente e debilitado.

Nos Tempos do Imperador se passa cerca de 40 anos depois dos acontecimentos de Novo Mundo (2017). A novela terminará no próximo mês dando lugar à exibição de Além da Ilusão.

Além dos spoilers, o Notícias da TV também diariamente publica os resumos da novela das seis da Globo.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Nos Tempos do Imperador e outras novelas.


Últimas de Nos Tempos do Imperador


Resumos Semanais

Resumo da novela Nos Tempos do Imperador: Capítulos de 2 a 5/2

Quarta, 2/2 (Capítulo 153)
Tonico foge com Dominique, e Borges o observa de longe. Isabel se desculpa por ter viajado sem avisar a Teresa. Samuel e Pilar encontram Salustiano. Nélio localiza Mercedes. Tonico é perseguido durante sua fuga com Dominique ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.