Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NÃO PEGOU

Humilhada por reprise, A Usurpadora é vítima da tesoura de Silvio Santos

REPRODUÇÃO/TELEVISA

Montagem com Ana Brenda como Maricruz em Coração Indomável e Sandra Echeverria como Paola em A Usurpadora

Maricruz (Ana Brenda) em Coração Indomável e Paola (Sandra Echeverria) em A Usurpadora

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 1/11/2021 - 21h00

Aposta do SBT, a nova versão de A Usurpadora não empolgou os brasileiros. Exibida no horário nobre, a história conseguiu ser humilhada pela reprise de Coração Indomável (2013), transmitida às 17h30. Com isso, a tesoura de Silvio Santos foi acionada, e o drama político sairá do ar com menos capítulos do que a sua versão original.

Segundo levantamento realizado pelo Notícias da TV com as audiências registradas no período de 6 de outubro (estreia oficial de A Usurpadora no horário nobre) até 28 de outubro (exibição do 17º capítulo da trama), o remake encabeçado por Sandra Echeverria e exibido nas noites do SBT ficou atrás da terceira transmissão da nova versão de Marimar (1994), veiculada nas tardes da emissora, em 15 ocasiões diferentes.

As maldades da primeira-dama do México só ficaram à frente das aventuras da "selvagem" Maricruz (Ana Brenda) três vezes: em 29 de setembro, quando o SBT promoveu uma apresentação especial de A Usurpadora antes do último capítulo de Amores Verdadeiros (2012), e nos capítulos exibidos em 6 e 12 de outubro.

A aposta do horário nobre da emissora ficou com uma audiência média de 4,7 pontos na Grande São Paulo enquanto, neste mesmo período, Coração Indomável registrou 7,0 pontos, e a inédita Te Dou a Vida (2020) marcou 6,9 -- ambas são exibidas entre o final da tarde e o início da noite.

Com esse resultado negativo, a emissora decidiu recorrer à tesoura e encurtar a transmissão do folhetim. Enquanto a versão original do remake de A Usurpadora, disponível na íntegra no Prime Video, tem 25 capítulos, a trama chegará ao fim no SBT nesta sexta-feira (5), com a marca de 23 capítulos.

Mais novelas mexicanas

No entanto, mesmo com o fracasso de A Usurpadora, o SBT decidiu fixar a faixa de novelas mexicanas no horário nobre. A próxima trama já anunciada pela emissora, mas sem data de estreia ainda divulgada, será o folhetim Se Nos Deixam, exibido nos Estados Unidos entre junho a outubro de 2021. A novela estreia no México nesta segunda-feira (1º).

A trama conta a história de Alice (Mayrin Villanueva), uma mulher de 50 anos que acredita ter uma vida perfeita ao lado do marido, o âncora de televisão Sergio (Alexis Ayala). No entanto, ela descobre que é traída há anos pelo jornalista, que mantém um relacionamento extraconjungal com Julieta (Scarlet Gruber), companheira de bancada do apresentador.

Após ser abandonada pelo "Datena latino", Alice decide reconstruir sua vida e conhece Martin (Marcus Ornellas), um jornalista independente mais novo, pelo qual se apaixona. Se Nos Deixam conta com 83 capítulos e foi gravada durante a pandemia da Covid-19. A novela conta com a atuação de Gaby Spanic, a inesquecível Paola Bracho de A Usurpadora (1998).

Se Nos Deixam é o novo remake da novela colombiana Señora Isabel (1993). Em 2000, a Record exibiu a primeira adaptação mexicana desta história, com o título de Olhar de Mulher (1997). Esta versão encontra-se disponível no catálogo do Prime Video.

Confira a chamada brasileira e a apresentação, em espanhol, da novela:

Nas últimas semanas, a emissora de Silvio Santos exibiu uma chamada com as novelas inéditas que deverão ser exibidas no horário nobre. No clipe de 30 segundos, estão presentes cenas de tramas como Amor Bravío (2012), Diseñando tu Amor (2021), El Color de La Pasión (2014), La Desalmada (2021), La Fuerza del Destino (2011), La Sombra del Pasado (2014), Quererlo Todo (2020), Un Refugio Para el Amor (2012), Vencer el Desamor (2020), Vencer el Pasado (2021) e Vino El Amor (2016).

O material também conta com os remakes de tramas já vistas pelos brasileiros na emissora, como as novas versões de Rubi (2020) e Cuna De Lobos (2019); Lo Imperdonable (2015), que conta com o mesmo argumento de A Mentira (1998) e Quando Me Apaixono (2010); Que Te Perdone Dios (2015), atualização de Abraça-me Muito Forte (2000); Sin Tu Mirada (2017), nova versão de Esmeralda (1997; 2004) e Três Vezes Ana (2016), versão protagonizada por Angelique Boyer da novela Laços de Amor (1995).

Confira a chamada:


Últimas de A Usurpadora


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você acha que a edição 2022 de No Limite vai superar a do ano passado?

Web Stories

+
Pão Pão, Beijo Beijo chega no Viva 39 anos depois: Quais atores já morreram?Resumo de Pantanal: Madeleine sofre tragédia, e Bruaca se choca com podridão do maridoGkay já fez harmonização facial? Veja antes e depois da influenciadoraNovela Pantanal: Descubra quem é Guito, o ator que interpreta Tibério na tramaEnquete: Barraqueiro x Sem graça - Vote no casal que vai gerar caos no Power Couple

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas