Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PEDRAS NO CAMINHO

Globo corre contra o tempo e estuda nova reprise para substituir Flor do Caribe

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem com Marjorie Estiano como Manuela em A Vida da Gente à esquerda, Camila Pitanga como Isabel em Lado a Lado no centro e Bianca Bin como Amélia em Joia Rara à direita

A Vida da Gente, Lado a Lado e Joia Rara; Globo estuda mais uma rodada de reprises para a faixa das seis

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 22/1/2021 - 7h10

A reta final de Flor do Caribe acendeu um alerta para a Globo. A emissora precisa bater o martelo sobre a trama que substituirá o folhetim e não descarta uma terceira rodada de reprises por causa dos atrasos na produção da inédita Nos Tempos do Imperador --o Vale a Pena Ver de Novo e o Globoplay, porém, se tornaram uma dor de cabeça na hora de definir o próximo título.

O folhetim de Walther Negrão tem apenas mais 34 capítulos originais na íntegra pela frente, que dão fôlego para a história chegar até a primeira semana de março. Apesar da possibilidade de esticar a exibição, dosando as cenas restantes, há uma pressão para definir a substituta o mais rápido possível para agilizar os trabalhos de edição e divulgação.

Segundo fontes do Notícias da TV, a dramaturgia da Globo avalia que não há tempo hábil para colocar Nos Tempos do Imperador no ar antes de Amor de Mãe ou Salve-se Quem Puder. O drama de época foi o último a retomar as gravações com a reabertura dos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, após hiato provocado pela pandemia de coronavírus (Covid-19).

O canal carioca pretende lançar a novela de Alessandro Marson e Thereza Falcão com 60 a 70 capítulos já inteiramente gravados, mas está longe de atingir a meta. Uma das protagonistas do núcleo imperial, Mariana Ximenes só voltou a gravar há cerca de 15 dias --os figurinos rebuscados e o trabalho de maquiagem tornam o trabalho ainda mais vagaroso.

Nos bastidores, parte da equipe já trabalha com a possibilidade de um "tampão", uma novela mais curta para ocupar o horário e dar uma margem de manobra maior para a produção de episódios inéditos. Até o momento, a franca favorita é A Vida da Gente (2012).

Procurada, a Globo disse que está constantemente revendo seu planejamento de datas de estreia de acordo com o impacto da pandemia nas gravações e confirmou que há chance de uma nova reprise.

"Não há uma previsão para que Nos Tempos do Imperador vá ao ar. Mas as gravações seguem em curso, dentro do protocolo de segurança dos estúdios. Diante desse cenário, a emissora tem analisado novas possibilidades de obras para exibição, caso necessário", afirma a emissora, em nota.

JOÃO MIGUEL JÚNIOR/TV GLOBO

Selton Mello em Nos Tempos do Imperador

Na ponta dos dedos

A Vida da Gente foi a primeira trama de Lícia Manzo como autora titular, e é o terceiro folhetim da Globo mais vendido para o exterior. A história já foi licenciada para 119 países, à frente de sucessos como Da Cor do Pecado (2004), A Escrava Isaura (1976) e Laços de Família (2000) --ela também serviria como teste para Um Lugar ao Sol, que a escritora prepara para a faixas das nove.

A candidata, no entanto, está longe de ser uma unanimidade. Por questões de qualidade da imagem, a Globo precisa escolher um título produzido a partir de Araguaia (2010), quando iniciou as gravações em HD de suas novelas das seis.

A principal dor de cabeça é que os dois maiores sucessos produzidos desde então passaram recentemente pelo Vale a Pena Ver de Novo. Cordel Encantado (2011) ocupou a sessão vespertina entre janeiro e maio de 2019, enquanto Êta Mundo Bom! (2016) foi reexibida entre abril e setembro de 2020.

Além do Tempo (2015) também era cotada para ganhar uma "edição especial", mas se tornou de uma hora para outra um sucesso inesperado no Globoplay. Os números positivos viraram um empecilho, já que há o temor que o público prefira acompanhar a história no serviço de streaming do que na TV.

Um grupo dentro do canal defende que Lado a Lado (2012), vencedora do Emmy Internacional, volte ao ar. Apesar dos índices modestos de audiência na exibição original, ela é considerada uma obra que atende ao desejo de representatividade do público, por contar com uma protagonista negra e outra feminista.

Outra a levar a estátua de melhor telenovela na premiação, Joia Rara (2014) corre por fora, por necessitar de uma edição "forte" para evitar as barrigas que espantaram o público da primeira vez.

Veja a nota da Globo na íntegra:

"Como já divulgamos, a TV Globo está constantemente revendo seu planejamento de datas de estreia de acordo com o impacto da pandemia nas gravações. Não há, portanto, uma previsão para que Nos Tempos do Imperador vá ao ar, por enquanto. Mas as gravações seguem em curso, dentro do protocolo de segurança dos estúdios. Diante desse cenário, a emissora tem analisado novas possibilidades de obras para uma reexibição, caso seja necessário."


Últimas de Flor do Caribe


Resumos Semanais

Resumo da novela Flor do Caribe: Capítulos de 26 a 27 de fevereiro

Sexta, 26/2 (Capítulo 155)
Hélio sai da prisão e é recepcionado com festa humilde pelos irmãos. Cassiano deixa Candinho e sua família milionários ao dar pedras de turmalina paraíba para eles. Amaralina e Rodrigo revelam que se casaram em Las ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?