Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PESADELO SEM FIM

Flor do Caribe: Cassiano banca o herói e salva Cristal de novo vilão; saiba quem

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

De costas, Moro Anghileri como Cristal está abraça com Henri Castelli, o Cassiano, em cena de Flor do Caribe

Cristal (Moro Anghileri, de costas) é consolada por Cassiano (Henri Castelli) em cena Flor do Caribe

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 25/11/2020 - 5h57

Cassiano (Henri Castelli) vai ganhar mais uma dor de cabeça em Flor do Caribe. O piloto de avião descobrirá que Gonzalo (Norberto Preste) terá se aliado a Alberto (Igor Rickli) para tomar o patrimônio de dom Rafael (César Troncoso). Ele ficará cara a cara com o vilão durante o sequestro de Cristal (Moro Anghileri) --a cantora será salva pelo seu "herói" na novela das seis.

O aviador colocará Duque (Jean Pierre Noher) contra a parede para descobrir o paradeiro do marido de Amparo (Martha Nieto). O contraventor estará escondido em um hotel do Rio de Janeiro depois de ver seu império do crime ruir na Guatemala.

Na pior, o personagem de César Troncoso se aliará ao rival para dar uma lição no neto de Dionísio (Sérgio Mamberti). O traficante de pedras preciosas, no entanto, baterá o pé de que não está envolvido com a encomenda misteriosa que o empresário terá recebido por meio de sua pista clandestina.

"Como é que você não tem nada a ver com isso? Foi no seu avião que chegaram aquelas caixas para o Alberto?", questionará o protagonista de Henri Castelli. "Tem uma pessoa no comando agora usando o meu avião. Você não entende isso?", devolverá o estrangeiro.

A conversa será interrompida por Gonzalo, que chegará com a cantora de salsa sob a mira de seu revólver. "Então, hoje é o meu dia de sorte. Eu vou pegar dois coelhos com uma paulada só? Cassiano, você está de novo no lugar errado na hora errada", debochará o mau-caráter nas cenas que serão exibidas a partir do próximo dia 4.

Norberto Presta interpreta Gonzalo em Flor do Caribe

Donzela indefesa

Gonzalo foi o delegado contratado pelo antagonista de Igor Rickli para sequestrar Cassiano e levá-lo de volta às masmorras de dom Rafael nos capítulos anteriores do folhetim de Walther Negrão. O crápula passará a perna no antigo sócio para tomar todas as suas propriedades e tocará todos os negócios clandestinos com o herdeiro dos Albuquerque.

Ele ainda se tornará a principal pedra no sapato do irmão de Taís (Débora Nascimento), que arriscará a própria vida para salvar Cristal. "Eu acho que estou na hora certa e no lugar certo", disparará o ex-militar, que perseguirá o vilão pelas instalações do hotel.

Acuado por Cassiano, ele precisará fugir e deixará a artista para trás. "Você está sangrando, machucado. Eu não gosto nem de imaginar o que esse Gonzalo faria comigo. Obrigada por salvar a minha vida", dirá a jovem. "Só de pensar que você conseguiu escapar dessa e já pode cantar não dói", emendará o galã, no maior clima. 

Com a estreia da novela Nos Tempos do Imperador adiada para 2021, a Globo definiu a reprise de Flor do Caribe como substituta da reapresentação de Novo Mundo. Além dos spoilers, oNotícias da TV publica diariamente o resumo da novela das seis que a emissora reprisa devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).


Saiba tudo que vai rolar nos próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros:


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Flor do Caribe e outras novelas.


Últimas de Flor do Caribe


Resumos Semanais

Resumo da novela Flor do Caribe: Capítulos de 26 a 27 de fevereiro

Sexta, 26/2 (Capítulo 155)
Hélio sai da prisão e é recepcionado com festa humilde pelos irmãos. Cassiano deixa Candinho e sua família milionários ao dar pedras de turmalina paraíba para eles. Amaralina e Rodrigo revelam que se casaram em Las ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você vai acompanhar a reprise de Império?