Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ANÁLISE

Fase final do Amor de Mãe esvazia e escanteia personagem de Taís Araujo

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Taís Araujo sentada no sofá olhando séria para o lado

Taís Araujo interpreta Vitória em Amor de Mãe; novela voltou após pausa por conta da pandemia

RAPHAEL SCIRE

raphascire@gmail.com

Publicado em 20/3/2021 - 7h10

Após uma parada forçada por causa do início da pandemia da Covid-19, em março de 2020, os capítulos inéditos de Amor de Mãe voltaram ao ar com Thelma (Adriana Esteves) cada vez mais enlouquecida e Lurdes (Regina Casé) cativante em sua busca por Domênico. Mas a terceira ponta do protagonismo da novela das nove da Globo, Vitória (Taís Araujo), parece ter se esvaziado.

E a personagem, agora na fase final, segue escanteada e fraca, principalmente quando comparada às outras donas do folhetim.

É certo que o ritmo da narrativa de Amor de Mãe possibilitou a alternância das três histórias principais, mas no caso de Vitória o dinamismo acabou sendo um revés, uma vez que a mirabolante trajetória da advogada esvaziou os conflitos logo na primeira fase e agora segue sem brilho.

A personagem passou de advogada bem-sucedida a costureira informal para conseguir pagar as contas. A gravidez inesperada, o processo de adoção, o filho abandonado e depois encontrado, os dilemas da maternidade, a carreira em declínio e logo recuperada, tudo parece ter se resolvido rápido demais.

Vitória encontrou seu filho Sandro

Agora, o principal entrave em sua vida é a relação conturbada com a própria mãe, Vera (Eliane Giardini), um entrecho básico dentro de uma trama tão complexa quanto a de Lurdes e Thelma. Para justificar sua presença no núcleo central, ela passou a ajudar a babá a encontrar o filho roubado e, trancafiada em casa, vive participando de chamadas online.

Amor de Mãe, por outro lado, voltou aquecida. Apesar de ter inserido a pandemia na história e mencionar o vírus com um certo excesso, Manuela Dias conseguiu colocar leveza principalmente com situações cotidianas que todos nós estamos vivendo ao longo deste período tão difícil --por exemplo, Lurdes indignada por ser chamada de "grupo de risco" ou cansada de lavar máscaras e compras do mercado.

Mais do que nunca, a mãe de Érica (Nanda Costa) transmite verdade. E a conexão com o público é imediata. Regina Casé, com sua interpretação naturalista, é a grande responsável pelo sucesso da personagem.

Thelma sofre após matar melhor amiga

Já toda a loucura de Thelma ganhou proporção, num crescendo angustiante. A cena do "banho da morte", depois que ela mata Jane (Isabel Teixeira), foi singular e deixou evidente o desespero da mulher que age passionalmente.
A comerciante oscila entre a dissimulação e a loucura.

Embora tenha assumido o posto de antagonista, deixando as maldades de Álvaro (Irandhir Santos) no chinelo, ela carrega um fino traço de humanidade. Por mais torto que possa parecer, seu amor pelo filho justifica as loucuras que comete. E Adriana Esteves soube captar as nuances e compor a personagem delicadamente --aqui entra um trunfo da telenovela, gênero aberto que permite construções múltiplas ao longo do desenvolvimento do trabalho.

Amor de Mãe segue com qualidade alta. A parada obrigatória, no fim das contas, fez bem à narrativa ao potencializar o interesse do público em ver como Lurdes enfim descobrirá que Danilo (Chay Suede) é Domênico, o que aumentou também a importância de Thelma na história.

Porém, ao focar a história nessa busca, Manuela Dias acabou praticamente esquecendo Vitória no churrasco...


Últimas de Amor de Mãe


Resumos Semanais

Resumo da novela Amor de Mãe: Capítulo de 6 de abril

Terça, 6/4 (Capítulo 122)
Penha chega para resgatar Álvaro. Danilo sonda Thelma sobre o sítio. Raul e Sandro se desesperam ao não conseguir falar com Vitória. Nuno revela a Danilo que Thelma deixou o hospital com outro bebê nos braços ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
De série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrenta

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?