Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

EDVANA CARVALHO

Atriz incorpora brasilidade religiosa com mãe de santo em Renascer: 'Tem voz'

FÁBIO ROCHA/TV GLOBO

A atriz Edvana Carvalho está caracterizada como Inácia, mãe de santo que ela faz no remake de Renascer, da Globo

Edvana Carvalho interpreta Inácia em Renascer; papel foi de Solange Couto e Chica Xavier em 1993

MÁRCIA PEREIRA, colunista

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 16/12/2023 - 10h00

Edvana Carvalho interpreta a ialorixá Inácia no remake de Renascer. A guardiã cuida de José Inocêncio (Humberto Carrão/Marcos Palmeira) e salva vidas com suas premonições. No começo da história, a cozinheira desenvolve uma relação de negação e se recrimina pela conexão com sua religião, o candomblé. Mas isso mudará, com a personagem aceitando o legado deixado por sua mãe. 

"[O papel] É muito importante, porque mulheres pretas sempre foram invisibilizadas. Tiveram a sua voz cortada e, através da Inácia, eu vou poder fazer essa mulher que tem voz, que é firme, que conta uma história e que vai levando o fio dessa meada entre o personagem principal e todos os outros", diz a intérprete.

Ela afirma que é uma baita responsabilidade pegar a personagem que foi vivida por Solange Couto e Chica Xavier (1932-2020) na primeira versão da novela em 1993. Dessa vez, Edvana interpretará Inácia nas duas fases. A artista, que é baiana, abre um sorriso gigante ao falar que o universo da mãe de santo está presente em sua vida. 

"Atravessa demais a minha pessoa. É um grande presente que eu recebo da ancestralidade poder representar uma mulher preta, contadora e mantenedora da história e de toda a experiência banto-Congo e afro-indígena que a gente tem aqui no Brasil. Além de poder trazer as religiões de matriz africana no lugar que é dela, que é da natureza, que é de servir, é de juntar, de trazer essa brasilidade de religiões", pontua Edvana.

Ela foi escalada para o papel depois da morte de Léa Garcia (1933-2023), que havia sido convidada para viver Inácia. Desde que recebeu o convite para fazer o teste, Edvana diz que chora. "A cada capítulo que eu pego na mão, eu choro. Quando não é de felicidade, é de tristeza, mas eu sempre choro", confessa.

Ela afirma que está fazendo o seu melhor para incorporar uma grande mãe e abordar a filosofia da etnia banto. "Quero muito trazer a energia da grande mãe que é Iemanjá, dentro desse trabalho --a orixá da minha personagem--, e a energia dos caminhos abertos de Logun Edé, o orixá do grande personagem dessa história que a gente vai contar", detalha.

Edvana está com 55 anos e lembra que, em 1993, assistiu à Renascer original com sua filha Luana, que havia acabado de nascer, nos braços. Na saga rural, ela é mãe de Ritinha (Mell Muzzillo), a quem cria com rédeas curtas.

O remake de Renascer está previsto para estrear em 22 de janeiro no lugar de Terra e Paixão no horário nobre da Globo. A nova versão é escrita por Bruno Luperi, neto do criador da história, Benedito Ruy Barbosa. A trama ficará no ar até setembro do ano que vem.


Resumos Semanais

Renascer: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 27/5 a 8/6

Segunda, 27/5 (Capítulo 109)
José Inocêncio é surpreendido por Eliana, que lhe entrega documentos que comprovam que Buba é uma mulher trans. Sandra repreende Eliana. Inácia conta a Ritinha que Eliana esteve na fazenda. Eliana rejeita Damião. Augusto confronta José ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.