Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Velho Chico

Abandonado, Afrânio ameaça bater em Miguel: 'Seu ordinário'

Reprodução/TV Globo

Gabriel Leone (Miguel) e Antonio Fagundes (Afrânio) vão romper em Velho Chico, da Globo - Reprodução/TV Globo

Gabriel Leone (Miguel) e Antonio Fagundes (Afrânio) vão romper em Velho Chico, da Globo

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 20/6/2016 - 6h23

O rompimento de Miguel (Gabriel Leone) e Afrânio (Antonio Fagundes) será violento em Velho Chico, novela das nove da Globo. O coronel xingará o neto de ordinário, dirá que ele não tem querer e só não lhe dará uma surra porque Martim (Lee Taylor) o impedirá. O filho de Tereza (Camila Pitanga) avisará o Saruê que vai embora da fazenda após um jantar conturbado em família. "Eu não tenho espaço nessa casa e na sua vida. Eu não quero, nem nunca quis, o que o senhor sonhou pra mim", vai disparar o agrônomo.

A briga vai ao ar dia 30. A essa altura, Miguel já estará trabalhando no projeto de Olívia (Giullia Buscacio) para a cooperativa, cada vez mais próximo de Santo (Domingos Montagner). Mas o jovem ainda não saberá que é filho biológico do agricultor. Ele decidirá romper com o avô para se dedicar aos seus ideais. 

Afrânio abrirá a porta de seu quarto com pedras na mão, dirá que não quer ouvir nada que o neto tem a dizer. "Vim me despedir", resumirá o jovem. O coronel ficará pasmo e retrucará que o herdeiro tem obrigações com a família. "A fazenda é sua, mas vida é minha! Eu agradeço tudo que o senhor fez e faz por mim, mas preciso seguir meu caminho", responderá Miguel.

A partir daí o bate-boca vai piorar. Miguel será alcançado pelo avô na escada do casarão, com violência. "Olha aqui, seu ordinário! Você num vai a lugar nenhum! Você vai amargá seus dia do meu lado, aprendendo a virá gente, tá me ouvindo?", indagará o Saruê. "Tire suas mãos de mim, coronel", pedirá o rapaz.

Afrânio responderá que o neto lhe deve respeito e obediência. Miguel vai elevar o tom e começar a gritar como o avô, que o largará. Tereza e Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) vão surgir junto com Iolanda (Christiane Torloni). Todos tentarão acalmar os dois. "Você vai ficá nessa casa e vai aprendê a me respeitá, moleque! Se você botá os pés pra fora dessa fazenda, não vai tê volta", ameaçará o coronel.

Miguel sairá e Afrânio irá atrás dele, trancando a porta com os outros para o lado de dentro. "Num se atreva a me dá as costas", esbravejará o Saruê. "E o senhor não se atreva a colocar um só dedo em mim", falará Miguel.

O coronel gritará que é o avô dele, e o garoto responderá que isso não é ser seu dono. Afrânio segurará o neto pelo colarinho e levantará a mão para bater nele, mas Martim não permitirá. "Não ouse levantar um dedo contra ele, não enquanto eu estiver vivo", dirá o fotógrafo. Ele se colocará no meio dos dois e mandará Miguel seguir seu caminho.

Afrânio vai bufar de raiva e discutir com Martim até Carlos Eduardo, Tereza e Iolanda saírem pela porta da cozinha, darem a volta no casarão e chegarem até eles, acabando com a troca de farpas.  

Últimas de Velho Chico

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.