Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BOMBOU NA AUDIÊNCIA

De choro a cara feia: Saiba como foi a primeira Prova da Comida do No Limite

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem de fotos com Andréa Baptista chorando ao comer de olho e imagem dos olhos de cabra no pote

Participante do No Limite 1, Andréa Baptista sofreu para comer olho de cabra na Prova da Comida

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 13/7/2021 - 6h30

A edição desta terça-feira (13) do No Limite 5 vai mostrar a aguardada Prova da Comida. Finalmente, os competidores vão participar do clássico desafio de comer olho de cabra. Essa atividade foi exibida na TV pela primeira vez em 13 de agosto de 2000, quando a Globo registrava altos índices de audiência nas noites de domingo.

A Prova da Comida apareceu já no quarto episódio da primeira temporada. Na época, as equipes eram divididas em Sol e Lua e não contavam com as mordomias que os competidores da atual temporada têm, como atividades patrocinadas e até hospedagem de luxo como prêmio por cumprirem as dinâmicas propostas.

Apresentador das quatro primeiras temporadas do No Limite, Zeca Camargo avisou os participantes da edição 2000 que a prova exigiria estômago. "Eu tenho aqui olhos de cabra, uma iguaria típica daqui. Você pega o olho, põe [na boca], morde, mastiga, engole e mostra [a língua]. Tá com vocês", soltou o jornalista.

Ele reforçou que o time vencedor seria o que comesse toda a porção. "Se alguém desistir, a equipe perde e vai ao portal". O pote com os olhos de cabra passava na mão de um de cada vez --eram nove pessoas no reality de aventura naquela semana.

Na primeira rodada, todos conseguiram comer e terminou empatada. Andréa Baptista, da equipe Lua, foi quem mais teve dificuldade em cumprir a dinâmica. Ela chegou a chorar e falou que não queria. Depois da insistência da equipe, conseguiu ingerir.

Para desempatar, Zeca Camargo avisou que um escolhido de cada equipe deveria comer outros seis olhos de cabra. Em caso de desistência, a derrota seria decretada. Andréa foi pela Lua e Patrícia Diniz, conhecida como Pipa, foi a selecionada pelo Sol. Apesar das caras feias, ambas cumpriram o desafio.

Como não teve vencedor, o apresentador do No Limite anunciou que eles teriam um tempo para fazer uma "digestão" e que quatro horas depois seriam chamados novamente. A segunda parte do cardápio teve miolo de bode, além de chá de boldo e carqueja ("bem grosso e amargo", segundo Camargo).

Juliana Marques, da equipe Lua, não conseguiu beber todo o copo e os integrantes da Sol foram declarados vencedores --o eliminado do dia acabou sendo Francisco Salles, o Chico.

O programa que foi ao ar em 13 de agosto de 2000, após o Fantástico, anotou 48 pontos de média e 54 de pico na Grande São Paulo, o que representava aproximadamente 4 milhões de telespectadores na região, de acordo com a Folha de S.Paulo. A atual temporada do No Limite tem média de 17,8 de ibope e vem perdendo público semana após semana.

A Prova da Comida é uma chance de a Globo tentar atrair audiência pela curiosidade, até por isso as chamadas na programação para o episódio foram frequentes nos últimos dias. Em outras temporadas, a atração já serviu cérebro de boi e gafanhoto.

O "cardápio" completo desta semana não foi divulgado, mas inseto e olho de cabra serão iguarias oferecidas a André Martinelli, Carol Peixinho, Elana Valenária, Jéssica Mueller, Marcelo Zulu, Paula Amorim e Viegas, os sete restantes no jogo. Confira a chamada abaixo:


Últimas de No Limite 5

Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no Pedaço

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?