Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BALANÇO DO REALITY

'Nunca quis usar do vitimismo', desabafa Márcia Fellipe sobre Power Couple

REPRODUÇÃO/PLAYPLUS

Imagem de Márcia Fellipe no Power Couple Brasil 5

Márcia Fellipe no Power Couple Brasil 5; cantora avisa que não quis usar rótulo de vítima no reality

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 13/7/2021 - 6h25

Sucesso no mundo do forró, Márcia Fellipe tornou-se uma das protagonistas do Power Couple Brasil 5 ao movimentar o reality com posicionamentos fortes, sem levar nenhum desaforo para casa. Fora da disputa de casais comandada por Adriane Galisteu, a cantora reforça que "nunca quis usar do vitimismo" para conquistar o público.

"Imaginava que todos os nossos amigos estavam sofrendo aqui fora, pois enfrentamos uma pressão muito grande. Quem nos conhece sabe que a gente não estava em uma zona de conforto, que estávamos sendo atacados e eu nunca quis usar do vitimismo. Logo na entrada, deixaram a gente ficar 15 dias dentro de uma barraca no frio", explica Márcia ao Notícias da TV.

A forrozeira lembra que, durante o período na área externa da Mansão Power, o marido Rod Bala chegava a se bater durante a noite por causa do frio. Nessa época, Itapecerica da Serra registrou 12° C durante as madrugadas. "Não quis usar isso, fui acusada de várias coisas, pela própria Deborah [Albuquerque] mesmo, que teria agredido ela. Não quis focar nisso, voltei para o jogo saudável", complementa.

Ela [Deborah] usa essa estratégia de fazer um vitimismo, e eu não queria. Meu objetivo era passar que somos pessoas fortes porque viemos da estrada, temos uma vida toda de superação. Não iria me abater dentro de um programa diante do nosso país. Agora vou ser uma mulher fraca? Nunca fui, sempre enfrentei as minhas lutas.

Por causa das brigas no confinamento, Márcia admite que estava preocupada com um possível cancelamento: "Fiquei impressionada por encontrar esse carinho aqui fora. Quando peguei meu telefone, foi a primeira coisa que perguntei para a minha assessora, se estava cancelada. Dizia para o Rod não brigar pois, como já estava nessa situação, um teria que trabalhar aqui fora (risos)".

Na carreira musical, a artista colhe os frutos da exposição em rede nacional. "As músicas deram uma guinada. Lançamos uma música [Adeus Bye Bye, com Tarcísio do Acordeon] dentro do programa, ela está muito bem aqui fora, ainda nem tem clipe e já entrou no Top 200 [do Spotify], convites de parcerias, publicidades", detalha Rod Bala.

Além da amada, o produtor musical trabalha com outros nomes do forró, como Wesley Safadão e Raí Saia Rodada. "Tentei deixar o máximo de coisas preparadas e agora, com a volta, tenho várias demandas. Graças a Deus sempre tive muito trabalho e vou continuar focado nessas parcerias, não consigo pegar mais trabalhos, é muito difícil. A Márcia me puxou para o programa, aí estou virando artista, mas quero voltar a ser produtor de novo (risos)", pontua.

De volta a Fortaleza (CE), o casal planeja uma mudança para São Paulo (SP) por causa dos trabalhos, mas entrega que não deixará o Nordeste. "Vamos ficar morando lá e cá. Principalmente por causa da pandemia, tudo da Márcia está sendo em São Paulo", adianta Rod.

Confira a música Adeus Bye Bye:


Saiba tudo sobre reality shows com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#44 - Os melhores e mais loucos momentos do De Férias com o Ex - com Tainá Felipe" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo


Últimas de Power Couple Brasil 5

Leia também

Web Stories

+
Quem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?