Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CONTEÚDO ADULTO

Sinônimo de safadeza, OnlyFans transforma pessoas comuns em milionárias

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem com Grazi Mourão e Iara Ferreira em ensaios fotográficos

Grazi Mourão e Iara Ferreira em ensaios fotográficos; modelos faturam alto com conteúdos no OnlyFans

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 28/12/2021 - 6h40

Nos últimos anos, o OnlyFans tornou-se praticamente um sinônimo de safadeza e erotismo. De olho neste mercado, brasileiros investiram na produção de conteúdo adulto na plataforma e conquistaram resultados positivos com o público e também no bolso, inclusive com faturamentos milionários.

"Depois do OnlyFans, comprei um apartamento de R$ 3 milhões e um carro de R$ 300 mil, comecei a viajar, a investir em ações, a mudar meu estilo de vida. Agora, vou inaugurar uma clínica de estética em São Paulo", conta Iara Ferreira ao Notícias da TV.

Ex-atriz de pegadinhas da RedeTV! e ex-integrante do Pânico na Band (2012-2017), Iara começou na plataforma voltada ao público adulto durante a pandemia da Covid-19: "Entrei bem tímida mas, meses depois, já estava com as pernas abertas (risos). Foi um sucesso e, a cada dia, vai aumentando".

"Um ex-namorado me incentivou, aí comecei a postar, divulgar e, na hora que vi que aquele negócio dava dinheiro mesmo, fiquei chocada. Falei: 'Quer saber? Vou me dedicar mais ainda!'. Trabalho de casa, posto muita coisa todo dia, converso com os assinantes, mando áudios", exemplifica a atriz, que também fatura com a Privacy, concorrente do OnlyFans, e com o Telegram.

No OnlyFans, Iara publica vídeos e fotos sensuais, inclusive sem roupa. Para acessar este conteúdo, os interessados precisam realizar uma assinatura mensal de US$ 15, cerca de R$ 85. "Todos os dias envio novos vídeos e, para conteúdos mais pesados [como fetiches personalizados], cobro a mais, de US$ 30 a US$ 50 [entre R$ 170 a R$ 290, aproximadamente]", detalha.

Além disso, a atriz já conseguiu lucrar até com a água do seu banho, que foi adquirida pelos fãs. "Estou criando um patrimônio para depois ter uma vida boa e não precisar ficar fazendo OnlyFans. Se quisesse parar de trabalhar hoje, poderia. Posso parar quando quiser, mas vou parar pra que se faço o que gosto? Então, não tenho por que parar", avalia.

Boom das lives

Durante a explosão das transmissões ao vivo no início da pandemia, a influenciadora Grazi Mourão investiu em lives sensuais e viu seus números dispararem no Instagram. 

"Convidava outras meninas e, geralmente, ficávamos conversando de lingerie, falando sobre sexo. Cheguei a ter 65 mil pessoas ao vivo", pontua Grazi, que atualmente acumula mais de 1,2 milhão de seguidores no Instagram -- com a produção destes conteúdos, ela já teve 11 contas bloqueadas na rede social.

Por isso, ela decidiu migrar para o OnlyFans. Meses depois, entrou para as concorrentes TokPlace e Privacy. "Nosso público geralmente não é muito instruído, não tem muito dinheiro. Para assinar o OnlyFans, você precisa ter cartão internacional, tem toda uma burocracia para criar uma conta. Então, prefiro vender por outras", reflete.

Foi muito chocante porque não estava acostumada a ver tanto dinheiro. Fui muito cancelada, todo mundo falava mal de mim, que tinha perdido a postura. Ao mesmo tempo que ficava bem chateada, via o dinheiro [na conta] e gostava de fazer isso. Sempre fui exibicionista, gostava de fazer lives, de tirar fotos sensuais, de biquíni. Era uma coisa normal, tranquila.

Segundo a influenciadora, ela já faturou mais de R$ 2 milhões ao longo dos últimos dois anos, e seu público é formado majoritariamente por homens de 18 a 30 anos. 

"Tento mostrar meu dia a dia, desde o sensual até o erótico. Faço vídeos tomando banho, na hora do café. Mostro a lingerie que estou usando, quando me masturbo. Faço de tudo, não só a pegada sensual, como a erótica mesmo. Cada menina tem seu estilo. Vender foto pelada qualquer um pode fazer. Agora, você vender foto pelada e dar certo é totalmente diferente", destaca.

"Milhares de meninas vendem nudes e não estão faturando. Sou muito grata de ser uma entre milhares que está dando certo. Viajo, compro o que quero, ajudo a minha família, é muito bom. Cada dia que passa eu realizo mais os meus sonhos. Tenho um dinheiro investido também para o futuro, porque isso não é para sempre. Muitas meninas se inspiram em mim, todos os dias recebo mensagens pedindo dicas", confessa Grazi.

Confira algumas publicações de Iara Ferreira e Grazi Mourão:

TUDO SOBRE

OnlyFans


Leia também

Enquete

Com quem Irma merece ficar em Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.