Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ESTREIA EM SETEMBRO

Ainda sem apresentador, A Fazenda 13 fecha quatro patrocínios de R$ 99 milhões

ANTONIO CHAHESTIAN/RECORD

A campeã Jojo Todynho sorridente na final da última edição de A Fazenda

A campeã Jojo Todynho na final da última edição de A Fazenda; temporada 2021 já tem patrocinadores

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 27/4/2021 - 13h57

A Record ainda não definiu quem será o apresentador de A Fazenda 13 depois da demissão de Marcos Mion, mas já conseguiu vender quatro cotas de patrocínio do reality show. Cada uma dessas participações tem um preço de tabela de R$ 99,6 milhões. Os planos, no entanto, oferecem descontos generosos, que chegam a mais de 60% do valor anunciado.

Nesta terça-feira (27), a Record confirmou que já tem três patrocinadores. Dois deles, Americanas e Unilever, anunciam também no BBB21. O terceiro é o Banco Original, que já foi cotista de A Fazenda 12. O Notícias da TV apurou que existe uma quarta marca fechada, mas que ainda não pode ser divulgada.

O plano comercial do reality foi enviado às agências publicitárias ainda em janeiro, com cotas nacionais integradas (Record, Record News e R7.com). A ideia inicial da Record é que a temporada 2021 tenha 94 episódios e mantenha a competição pelo prêmio de R$ 1,5 milhão com 20 peões. Ao longo do jogo, o objetivo é conceder ao menos R$ 500 mil em prêmios extras aos candidatos.

"O gênero reality, junto às novelas, ao jornalismo e à linha de shows, passou a assumir total protagonismo na composição do faturamento da Record. A Fazenda, com sua trajetória de sucesso, entrará em sua 13º edição com total êxito comercial e inúmeras oportunidades de integração das marcas ao seu conteúdo, que poderão ser exploradas durante sua exibição", exalta Walter Zagari, vice-presidente Comercial, Marketing e Multiplataforma do Grupo Record.

A Fazenda 13 tem previsão para começar em 14 de setembro, uma terça-feira. Pelo plano comercial, a rotina permanecerá a mesma do ano passado, com prova de fogo na segunda, formação de roça na terça, prova do fazendeiro na quarta, eliminação na quinta, flash da festa na sexta, exibição da festa no sábado e convivência no domingo.

O material foi preparado considerando a dinâmica que funcionou em 2020, mas nada impede que a Record faça alterações até a estreia, de acordo com estratégias de programação. Tudo vai depender de ações da concorrência e se a grade da emissora continuará a mesma até setembro.

Confira abaixo uma imagem com parte das ideias para A Fazenda 13:

DIVULGAÇÃO/COMERCIAL RECORD

Para atrair os anunciantes, a emissora destacou a repercussão que o reality teve em sites, redes sociais e o fato de a 12ª temporada ter sido a de maior audiência em dez anos do formato --foram 118,3 milhões de telespectadores alcançados (que viram ao menos um minuto) no Brasil inteiro. Eles assistiram a 49 minutos de cada programa, em média.

Além dos resultados de engajamento, o ponto que mais empolgou a Record com A Fazenda 12 foi o sucesso comercial. O programa teve o maior número de merchandisings da história da emissora: foram 355 inserções, com 25 anunciantes diferentes. Nos intervalos comerciais nacionais, foram 155 empresas que venderam seus produtos e serviços.

O maior problema ainda é o apresentador. Conforme o Notícias da TV antecipou, a Record sondou Bruno Gagliasso e Caio Castro para assumir o posto de Marcos Mion, que foi demitido da emissora por desgaste interno com diretores. Os dois ex-galãs da Globo, no entanto, não levaram a negociação pra frente. Além de soluções caseiras, como Rodrigo Faro, nomes de fora, como Otaviano Costa, são cotados.


Leia também

Web Stories

+
Nos Tempos do Imperador: Conheça os personagens da nova novela da GloboMeghan Markle completa 40 anos: Veja cinco papéis da duquesa de Sussex na TV e no cinemaLonge de Hollywood: Veja como estão os atores de O Diário da PrincesaDe vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das Olimpíadas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Galvão Bueno merece ganhar um programa aos domingos na Globo?