Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TERAPIA COM HUDSON

Ana Clara de baixo orçamento, abacaxi vira triturador de famoso no Ilha Record

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY E REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Montagem com Ana Clara Lima no Bate-Papo No Limite e abacaxi Hudson no Ilha Record

Ana Clara Lima e abacaxi Hudson; fruta ocupa o lugar da contratada da Globo nas entrevistas do Ilha Record

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 8/8/2021 - 6h30

Enquanto Ana Clara Lima sabatina os eliminados dos realities da Globo, o Ilha Record aposta em uma solução de baixo orçamento e, no mínimo, peculiar para suprir esta demanda: o abacaxi Hudson. Na atração comandada por Sabrina Sato, a fruta decorada com adesivos consegue triturar os famosos e arrancar posicionamentos apenas com o olhar, sem dizer nenhuma palavra.

Como o formato original da Record já foi gravado e não conta com eliminações, a realização dos tradicionais programas Cabine de Descompressão e Live do Eliminado tornou-se inviável. Assim, durante a produção do formato em Paraty (RJ), o bate-papo com os integrantes do exílio ficou a cargo de Hudson. 

"Brincamos que no filme Náufrago [2000], o protagonista não conversa com uma bola, o Wilson? Então, nós teremos o nosso abacaxi tropical, o Hudson, e os nossos exilados irão conversar com ele, vão fazer seus desabafos para ele. É um formato novo, exclusivo para o Ilha e bem divertido", justifica Bia Cioffi, diretora de planejamento transmídia da Record. 

Mas como uma fruta consegue reproduzir as perguntas ácidas e precisas que a contratada da Globo realiza com os eliminados do Big Brother Brasil e do No Limite? Após a ida ao exílio, os exploradores realizam a "sessão de terapia" com Hudson.

Devido às limitações de diálogo impostas pela dinâmica, fichas com as perguntas são lidas pelos participantes, que precisam responder como se realmente estivessem em uma conversa com o abacaxi. Aqui, a produção do reality aproveita as baixas expectativas do famosos com o quadro para promover a trituração.

Quando Mirella Santos participou do bate-papo, a primeira pergunta feita para a Gêmea Lacração foi: "Você acha que demorou demais para acordar para o jogo? Por quê?". Na conversa com Dinei, o abacaxi também foi preciso na hora de cobrar um posicionamento do ex-atleta. "Se você estivesse no lugar do Claudinho [Matos] na hora de rejeitar alguém na divisão de equipes, quem seria?", indagou a fruta.

No final do quadro, o abacaxi ainda julga as respostas dos exiliados e determina se eles merecem (ou não) ganhar um prêmio em dinheiro oferecido por uma loja de departamentos que patrocina o formato. Nessa hora, vale de tudo, desde seguir a estratégia de Dinei e convidar Hudson para uma rodada no bar ou se emocionar e segurar o choro, como fez a prima de MC Loma.

No YouTube, o formato não repetiu os resultados das Lives dos Eliminados do Power Couple Brasil 5, que conquistaram uma audiência média de 100 mil visualizações. Porém, até o fechamento deste texto, o Cinco Perguntas do Hudson com Mirella atingiu a marca de 50 mil visualizações, número maior do que o bate-papo com Dani Hypolito e Fábio Castro, que teve apenas 44 mil reproduções.

Confira as edições do quadro:


Saiba tudo sobre reality shows com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#48 - Tá valendo a pena assistir ao Ilha Record?" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo

Prêmio NTV Melhores do ano


Últimas de Ilha Record

Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Ficção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas