Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FICARAM DE FORA

Tom Hanks, Amy Adams e Regina King: Veja a lista de esnobados do Oscar 2021

Divulgação/Netflix/ABC

Montagem com Tom Hanks em cena de Relatos do Mundo, Amy Adams em Era Uma Vez um Sonho e Regina King em American Crime

Tom Hanks, Amy Adams e Regina King ficaram de fora dos indicados ao Oscar deste ano

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 15/3/2021 - 20h35

A lista dos indicados à 93ª cerimônia do Oscar foi revelada nesta segunda-feira (15) e, como sempre, ficou marcada por algumas surpresas. Entre elas, a ausência de artistas e títulos que estavam cotados para aparecer anteriormente. Astros como Tom Hanks, Amy Adams e Regina King chegaram a ser cogitados, mas ficaram de fora da relação.

Com uma temporada marcada por dificuldades para a indústria cinematográfica, nenhum dos títulos que disputam as principais estatuetas da premiação teve um retrospecto muito positivo nas bilheterias. Dentro deste contexto, a disputa estava equilibrada entre produções que usaram o streaming como válvula de escape para encontrar seu público.

Dentro desta lista estão filmes como Relatos do Mundo (2021) e Uma Noite em Miami (2021), que foram apresentados em festivais tradicionais do circuito de cinema e acabaram adquiridos respectivamente por Netflix e Amazon. No caso do primeiro, estrelado por Tom Hanks, a gigante do streaming ficou com os direitos de sua exibição internacional.

A ausência de Uma Noite em Miami dos indicados a melhor filme supreende, principalmente após aparecer como indicado na principal categoria do Producers Guild Awards, o sindicato dos produtores e forte termômetro para o Oscar.

O nome de Regina, diretora do longa, também era esperado depois de ela entrar na disputa pelo Globo de Ouro e do Directors Guild of America, o sindicato dos diretores nos EUA. No final, apenas Leslie Odom Jr. (ator coadjuvante e canção original) e Kemp Powers (roteiro adaptado) foram lembrados por seu trabalho no filme.

Do lado da Netflix, apesar de ser a produtora com maior números de indicações deste ano, algumas ausências também foram notadas na lista.

Destacamento Blood (2020), filme dirigido por Spike Lee para o serviço de streaming, era cotado nas relações de melhor filme, diretor, roteiro original e ator (para Delroy Lindo). Os membros da Academia, no entanto, o citaram apenas na lista de melhor trilha sonora.

Vencedor de dois Oscars, Tom Hanks seria considerado uma surpresa caso surgisse entre os indicados a melhor ator por Relatos do Mundo, mas tanto o filme quanto a atriz mirim Helena Zengel ainda mantinham possibilidades após serem lembrados no Globo de Ouro e no Bafta. No final, o longa recebeu quatro indicações para a premiação: fotografia, design de produção, som e trilha sonora.

Na mesma situação de Hanks encontrava-se Amy Adams. Era uma Vez um Sonho (2020), longa dirigido por Ron Howard e estrelado pela atriz ao lado de Glenn Close, foi massacrado pela crítica, mas o nome das protagonistas ventilava entre as opções para o Oscar.

Amy ficou de fora, mas Glenn Close conseguiu um lugar entre as indicadas a atriz coadjuvante. O curioso é que, pelo mesmo papel, Glenn apareceu na relação do Framboesa de Ouro 2021, que premia os piores filmes e atuações do ano.

A Voz Suprema do Blues (2020) recebeu nada menos do que cinco indicações, entre elas a de ator para Chadwick Boseman (1976-2020) e atriz para Viola Davis. O longa, no entanto, ficou de fora da lista da categoria principal, melhor filme.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas