Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MADAME TEIA

Ex-50 Tons de Cinza, Dakota Johnson entra para o universo do Homem-Aranha

Divulgação/Netflix

Dakota Johnson em cena de A Filha Perdida

Dakota Johnson em cena de A Filha Perdida; atriz está em negociações finais para novo filme

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/2/2022 - 14h07

Estrela da trilogia Cinquenta Tons de Cinza, Dakota Johnson está em negociações finais para estrelar Madame Teia, filme do universo do Homem-Aranha do qual fazem parte Venom e Morbius. Isso significa que o novo projeto --possivelmente-- não terá ligações com os longas da Marvel e dos Vingadores.

Segundo informações colhidas pelo site Deadline, S.J. Clarkson está confirmada para assumir a função de diretora. A cineasta surgiu de trabalhos na televisão e já dirigiu episódios de séries como Jessica Jones (2015-2018) e Os Defensores (2017) --extintas produções da Marvel exibidas na Netflix.

Nos quadrinhos, Madame Teia é retratada como uma mulher idosa com uma doença grave e, portanto, esta sempre conectada a um sistema de suporte à vida que parece uma teia de aranha. Devido à sua idade e condição médica, ela nunca lutou ativamente contra vilões.

Por conta das característica das personagens na HQ, fontes envolvidas com o projeto afirmaram à publicação que o roteiro escrito por Matt Sazama e Burk Sharpless realizará mudanças significativas para a retratação da Madame Teia no longa. Isso justificaria a escalação de Dakota, atriz com apenas 32 anos.

Era desejo da Sony e prioridade dos executivos produzir filmes inspirados em personagens femininas da Marvel para tornar o seu universo mais inclusivo. Até o momento, além dos filmes do Homem-Aranha estrelados por Tom Holland, apenas Tom Hardy (Venom) e Jared Leto (Morbius) protagonizaram projetos do estúdio.

Ainda de acordo com o Deadline, executivos da Sony dedicaram um tempo para descobrir quem conseguiria o papel-título e realizaram testes com várias celebridades. Nos últimos dois meses, a lista foi reduzida, com Dakota ganhando o status de favorita antes do início de 2022.

Em agosto de 2020, rumores apontavam que Olivia Wilde (Fora de Série) havia fechado um acordo com a Sony Pictures para dirigir um longa da Mulher-Aranha, heroína que também faz parte do universo do Homem-Aranha. No entanto, o projeto caiu no limbo e não teve novas informações divulgadas.

Expandir o universo do herói da Marvel se tornou prioridade no estúdio após o sucesso estrondoso de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (2021). O filme que encerra a primeira trilogia estrelada por Tom Holland arrecadou US$ 1,7 bilhão (R$ 9 bilhões) em bilheteria e tornou-se o longa mais rentável de 2021. Já Venom: Tempo de Carnificina também fez bonito e conquistou US$ 500 milhões (R$ 2,6 bilhões) ao redor do mundo.

Depois de se tornar estrela de Hollywood com Cinquenta Tons de Cinza (2015), Dakota Johnson atuou em filmes como Aliança do Crime (2015), Como Ser Solteira (2016) e Suspíria: Dança do Medo (2018). O nome da atriz está cotado para o Oscar 2022 por seu trabalho em A Filha Perdida (2021).


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.