Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ANIMAÇÃO DA DISNEY

Dubladores de Ron Bugado, atores da Globo discordam sobre lição do filme

DIVULGAÇÃO/WALT DISNEY PICTURES

Ron ao lado de Barney em cena de Ron Bugado

Cena de Ron Bugado; animação da Disney estreia nesta quinta-feira (21) nos cinemas

VICTOR CIERRO VIEIRA

victor@noticiasdatv.com

Publicado em 21/10/2021 - 6h25

Nova animação distribuída pela Disney, Ron Bugado estreia nesta quinta-feira (21) nos cinemas com diversos ensinamentos. De tecnologia a inclusão social, o filme transmite ao espectador mensagens poderosas e lições impactantes. Com tanto aprendizado, nem os próprios dubladores da produção, Sophia Abrahão, Sérgio Malheiros e Marcelo Serrado, conseguem entrar em acordo sobre qual é a moral do longa.

Na trama, todas as crianças têm o B*Bot, um robô ultratecnológico, que é capaz de encontrar novos amigos para seus donos. Através das redes sociais, o aparelho consegue achar pessoas com gostos similares, além de antecipar as vontades do usuário.

Enquanto todos se divertem com o novo brinquedo, Barney é o único garoto sem o ''Melhor Amigo Fora da Caixa''. Mesmo sem ter condições financeiras para comprar um B*Bot, seu pai, Gerson Pudowski, consegue dar um jeito e adquire o dispositivo para seu filho. Apesar da boa intenção, o robô chega nas mãos do garoto danificado.

Dublador de Gerson na versão brasileira do filme, Marcelo Serrado enxerga o vínculo entre seu personagem e Barney, o relacionamento de pai e filho, como o centro da trama. Além disso, o ator da Globo também ressalta como é importante falar sobre a perseguição e violência nos colégios: ''A questão do bullying é completamente atual, muito pertinente. Eu tenho filho pequeno, e a gente enxerga isso em todas as escolas, é uma questão primordial''.

reprodução/instagram

Sergio Malheiros, Sophia Abrahão e Marcelo Serrado

Seus companheiros de dublagem discordam sobre a lição principal do filme. Juntos desde 2014, Sophia Abrahão e Sergio Malheiros se conheceram nos bastidores da novela Alto Astral (2014). O casal dublou a professora de Barney, Srta. Thomas, e o criador do B*Bot, Marco Wydell, respectivamente.

Para a atriz, a principal questão da animação da Disney é valorizar as diferenças: ''O Barney não é um personagem convencional, ele tem dificuldade, ele tem um bloqueio social de fazer amizade. O Ron, como o próprio nome do filme diz, é bugado, ele é diferente''.

De acordo com Sophia, o filme fala inúmeras vezes sobre aceitação e inclusão social. Em Ron Bugado, os personagens deslocados pela sociedade conseguem encontrar amigos de verdade quando desligam seus dispositivos. Com isso, eles têm a oportunidade de agir livremente, sem a pressão imposta pelas redes sociais.

A voz de Marco Wydell na trama, Malheiros, acredita que a moral da história é sobre o uso da tecnologia. Mesmo tentando diminuir seu tempo nas redes sociais, o ator da Globo enxerga quão benéfica a internet pode ser:

A pandemia deixou isso muito mais claro, as crianças tiveram todas as relações sociais através da tecnologia, seja no videogame, no computador, na aula online ou no WhatsApp, no Instagram. O filme reflete sobre isso, sobre como a gente pode ter uma relação com a tecnologia de uma forma mais positiva e como isso vai afetar as crianças.'

Assista abaixo ao trailer de Ron Bugado, em cartaz nos cinemas:

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Divórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas