Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CRISE

Presidente da Band, Johnny Saad admite que passa 'noites sem dormir'

REPRODUÇÃO/BAND

Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, olha para a câmera enquanto fala em vídeo

Presidente do Grupo Bandeirantes, Johnny Saad enviou vídeo aos funcionários da empresa nesta sexta (18)

DANIEL CASTRO e VINÍCIUS ANDRADE

dcastro@noticiasdatv.com

Publicado em 18/9/2020 - 17h48
Atualizado em 18/9/2020 - 18h39

Presidente do Grupo Bandeirantes, Johnny Saad enviou um vídeo para 3.100 colaboradores das 19 emissoras próprias da Band nesta sexta-feira (18), dia em que a TV brasileira comemora 70 anos. O material teve como objetivo explicar as mudanças feitas pela emissora durante a pandemia, justificar demissões e anunciar novidades na empresa e na programação. O executivo admitiu que existe uma crise financeira, mas defendeu que a empresa vai sair mais forte no futuro.

"A Band vai sair mais forte do que entrou nessa crise, podem ter certeza disso. Dá medo, dá frio na barriga, passo também noites sem dormir quando dou de cara com os números. E dou de cara com eles todos os dias", admitiu Saad no vídeo de 14 minutos, que foi obtido pelo Notícias da TV.

Ao dizer que o faturamento caiu, o presidente do Grupo Bandeirantes explicou que precisou "cortar a cúpula". Ou seja, demitir executivos. "O quarto andar [local na empresa onde fica a direção] está praticamente vazio. Ficamos eu e o vice-presidente executivo André Aguera", disse.

Johnny cita esse processo como uma "quebra de verticais" da empresa. Como consequência, o próprio presidente passou a procurar clientes e parceiros para novos investimentos. "Fomos chamar o cliente que estava trancado em casa. O que estava trancado não sei aonde nós fomos bater na porta dele pra propor negócios, propor campeonatos e propor ideias novas. Enfim, nós não paramos", admitiu ele.

Outra mudança no Grupo Bandeirantes foi a unificação da TV aberta com rádios e canais por assinatura, algo semelhante ao que a Globo tem feito nos últimos anos, com o projeto Uma Só Globo. Segundo Saad, esse "esforço" gerou uma energia que impulsionou a empresa.

"Nós começamos a crescer, nós começamos a melhorar. As rádios do grupo foram reformuladas. Profissionais que trabalhavam em outros setores pediram pra trabalhar na rádio sem nem ter salário definido, esperando fechar cotas de patrocínio. Esse foi o espírito. É esse espírito que mantém a Bandeirantes nesses 83 anos", ressaltou o executivo.

"Somos um grupo completo. Nós já nascemos em equipe e, com essa quebra das verticais [enxugamento de executivos e unificação das empresas], nós realmente viramos um time só, essa é a nossa força. Essa é a energia".

Futuro da Band

Johnny Saad mencionou o lançamento do canal Agro+, voltado ao setor de agronegócio, parcerias com agências de notícias pelo mundo e o reforço nos direitos de transmissões esportivas, com Campeonato Italiano, Alemão, Russo, NBA e Brasileirão Feminino. Uma das novidades é a reestreia da maratona do Show do Esporte neste domingo (20).

"A gente queria voltar para o esporte, mas não no formato antigo. Nós fazemos esporte, nós topamos, mas nós montamos uma aliança e uma sociedade. Daí das vendas que nós tivermos, nós desenhamos uma maneira de remunerar cada uma das partes", falou.

Segundo Saad, além do que já foi anunciado, como a estreia do programa da Mariana Godoy às segundas e uma nova atração para o chef Erick Jaquin, outros programas e formatos serão revelados em breve. Ele também citou a Vibra, uma empresa criada pelo Grupo Bandeirantes para cuidar dos conteúdos digitais.

"Uma mensagem que eu quero deixar é de otimismo, é de fé e é de crença no futuro. A Vibra está fazendo uma revolução, a travessia do nosso grupo para o digital. É na combinação dessas forças todas que está o cerne da nossa força, a convivência do mundo clássico com o mundo novo. É isso o que coloca a Bandeirantes no futuro", opinou o executivo.

"Tivemos que passar por reduções de custo, colegas que eu gosto tendo que sair, tudo isso dói. Mas não tem o que fazer, o barco tem que estar flutuando e todos nós temos que estar dentro dele. Por isso que a Band nunca atrasou o salário de vocês", falou.

Ao fim do discurso de Johnny, aparece um vídeo com todas os lançamentos da Band até o final do ano, como a final do MasterChef e o MasterChef Celebridades, conforme o Notícias da TV antecipou.

Assista ao vídeo completo abaixo:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?