Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

72 ANOS

Mesmo aposentado, Tony Ramos se recusa a parar: 'Não contem com isso'

FABIO ROCHA/TV GLOBO

Tony Ramos em ensaio para divulgar reprise de Laços de Família (2000), na Globo

Tony Ramos em ensaio para divulgar reprise de Laços de Família (2000); novela engatilhada na pandemia

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 22/5/2021 - 7h00

Incansável, Tony Ramos tem em sua trajetória 138 personagens feitos entre novelas, filmes e peças de teatro. Aos 72 anos, o ator não pensa em parar de trabalhar, mesmo já sendo aposentado. "Não contem com isso", avisa o veterano, que está escalado para ser o vilão de Olho Por Olho, trama de João Emanuel Carneiro na fila das novelas das nove.

Tecnicamente, Ramos já é aposentado pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Afinal, apenas na Globo são mais de 40 anos como ator, profissão que ele pretende exercer até quando "Deus permitir".

"Eu sou aposentado pelo INSS. Desse ponto de vista, eu e minha mulher [Lidiane Barbosa] somos aposentados. Eu contribuí com 37 anos e quatro meses. Portanto, me aposentei com todos os direitos e com folga. Eu tinha 60 e poucos anos quando me aposentei. Tudo isso faz parte da aposentadoria chamada prática. Mas a aposentadoria de parar de trabalhar está fora do meu vocabulário", entrega para o Notícias da TV.

"Eu poderei diminuir o ritmo, não querer fazer uma novela atrás da outra. Mas, de repente, farei uma minissérie. Daí um ano faço uma novela. Poderei fazer dois filmes em um ano. Já cheguei a fazer teatro, minissérie e cinema ao mesmo tempo. Já cheguei a fazer um filme à noite e gravava a novela no resto do dia. Não quero mais isso. Isso não vou fazer", completa.

De fato, se afastar totalmente de seu ofício não está nos seus planos. Pelo contrário, atualmente, ele está à espera das gravações de Olho Por Olho. Se a pandemia permitir, o elenco deve entrar em estúdio entre outubro e novembro deste ano.

Acostumado a emendar um trabalho no outro, o veterano precisou encarar um período longe das gravações e dos palcos por causa do coronavírus. De repente, ele se viu parado. "Eu, a nação brasileira e o mundo todo. Lamentavelmente", comenta. "A partir do momento que, na verdade, eu vi que esse era o caminho, fiquei quieto. Fiquei totalmente em quarentena", relembra.

Aos poucos, Ramos criou sua rotina e se movimentou. Dedicou-se aos livros e aos estudos ligados à sua carreira. Além dos jornais nacionais, por exemplo, ele assina publicações dos Estados Unidos, Itália e França, entre periódicos e revistas, para ficar "antenado". "Eu sou um homem de comunicação. Eu faço televisão há 57 anos, indo para 58. Com a graça de Deus, continuamente. Eu sempre estudei televisão."

Entre suas leituras está, claro, a sinopse de Olho Por Olho. "Estou com ela há um ano, tem 110 páginas", entrega. Vacinado, ele diz estar pronto para iniciar as gravações do folhetim nos estúdios da Globo mesmo diante do rígido protocolo de segurança contra a Covid-19.

A entrevista completa com Tony Ramos para o Notícias da TV você confere no domingo (23). No bate-papo o ator fala sobre seu isolamento, adianta curiosidades da próxima novela, relembra personagens marcantes na televisão e lamenta a morte de Paulo Gustavo (1978-2021), Eva Wilma (1933-2021) e Nicette Bruno (1933-2020).

Reprodução/TV Globo

Pai Herói (1979), A Próxima Vítima (1995) e Caminho das Índias (2009)


Leia também

Web Stories

+
Quem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?