Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ASSISTA AO VÍDEO

Guilherme de Pádua volta atrás em 'decisão definitiva' e manda recado a Gloria Perez

REPRODUÇÃO/HBO MAX E YOUTUBE

Montagem com Gloria Perez e Guilherme de Pádua

Gloria Perez e Guilherme de Pádua; pastor mandou recado para mãe de Daniella Perez (1970-1992)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 2/8/2022 - 15h01
Atualizado em 2/8/2022 - 15h20

Após tomar uma "decisão definitiva" de não se manifestar mais sobre a morte de Daniella Perez (1970-1992), Guilherme de Pádua voltou atrás e mandou um recado para Gloria Perez, mãe da atriz. Nesta terça (2), o pastor disse que foi julgado por pessoas cristãs após o lançamento da série Pacto Brutal, da HBO Max, e decidiu gravar um vídeo com um pedido de desculpas. 

"Talvez eu nunca tenha uma oportunidade real de pedir perdão. Por isso, Gloria Perez, eu te peço perdão por todo o sofrimento que te causei. Jamais esqueci daquele encontro na carceragem, nunca esqueci. Raul Gazolla, eu te peço perdão, nunca esqueci do dia que fui chamado na delegacia, você estava lá e se arrastou até mim, me abraçou chorando. Ali vi que era a pior pessoa do mundo", afirmou Pádua em um vídeo publicado no YouTube.

No material, o ex-ator falou sobre a pressão do público para um pedido de desculpas. "Muitas pessoas, inclusive algumas que se dizem cristãs, têm me julgado e declarado que não acreditam na minha conversão porque não viram um vídeo meu com um pedido de perdão para a família, os amigos, as pessoas que fiz sofrer com o crime que cometi", comentou.

"Ainda que pareça estranho um cristão 'lacrar' ao julgar que outra pessoa não é cristã de verdade, não tiro a razão de quem duvida da minha conversão, até porque eu mesmo duvido muitas vezes da minha conversão. Não sou uma pessoa normal, é óbvio. Alguém que cometeu um crime tem mil pensamentos que não são comuns", reforçou.

No entanto, Pádua destacou que está ciente de que, provavelmente, não será perdoado: "Sei que esse pedido de perdão talvez não vá significar nada, mas quero deixar registrado. Não que isso vá realmente gerar um perdão, porque um perdão é um dom de Deus, tem mais a ver com quem perdoa do que com quem é perdoado. Se estivesse no lugar de vocês, provavelmente, não perdoaria. Então, não espero, mas deixo registrado".

O religioso também disse que, nos primeiros anos após o crime, tentou "conversar" com a atriz. "Para vocês terem uma ideia, nos primeiros anos, ficava noites e noites no meu pensamento tentando me comunicar com a Daniella. Pedindo perdão, tentando falar algo, como se ela pudesse me escutar", relatou

"Não conhecia a Bíblia, principalmente aquela passagem que Jesus diz sobre o Rico e Lázaro, ali ele explica que não há esse contato. Quando conheci essa passagem bíblica, vi que isso é da minha cabeça, e são tantos conflitos", desabafou Pádua.

Assista ao vídeo:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.