Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

RELACIONAMENTO EM CRISE

5 empregos para Regina Duarte abandonar o governo sem bater na porta da Globo

ISAC NÓBREGA/PR

A atriz Regina Duarte sorri em sala do Palácio do Planalto em Brasília em encontro ministerial

A atriz Regina Duarte durante encontro no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), na quarta-feira (6)

DANIEL FARAD

Publicado em 7/5/2020 - 5h14
Atualizado em 7/5/2020 - 5h15

Regina Duarte continua a dar as caras no horário nobre da Globo mesmo após ter rompido seu contrato com a emissora. A "ex-atriz", como foi chamada pela repórter Delis Ortiz, virou notícia nos principais telejornais da casa ao ver seu cargo de secretária especial de Cultura ficar por um fio na gestão de Jair Bolsonaro. Sua possível demissão virou piada nas redes sociais e muitos apostaram que ela poderia integrar o elenco da Record.

A artista está em apuros na sua breve carreira no governo e chegou a afirmar para uma assessora que o presidente estaria "a dispensando". Regina se reuniu com o político na tarde desta quarta-feira (6) depois de ter sido pega de surpresa com a recondução do maestro Dante Henrique Mantovani à presidência da Funarte (Fundação Nacional de Artes) --ela havia exonerado o executivo em março. Antes mesmo de reassumir o posto, ele teve sua nomeação cancelada outra vez.

Caso decida desistir da política ou seja demitida, a mãe de Gabriela Duarte encontrará dificuldades para voltar à Globo. Apesar do vínculo que se arrastava desde a década de 1960, ela havia perdido sua força dentro do primeiro escalão do canal e não emplacava uma protagonista desde Páginas da Vida (2006).

Até o momento, Regina não fez a menor falta para o departamento de dramaturgia. A intérprete não estava reservada para nenhum papel entre as novelas e séries planejadas para serem exibidas até pelo menos 2021. Com a interrupção nas gravações por causa da pandemia de coronavírus, ela deverá tomar um chá de cadeira se quiser ser escalada, ainda que aceite ser contratada apenas por obra.

A situação é parecida nas concorrentes, que também paralisaram os trabalhos de suas novelas inéditas devido à crise de saúde pública. Com a economia abalada, e sem vínculo empregatício, poderá usar a sua experiência para empreender.

Veja cinco carreiras para Regina Duarte seguir após a política: 

JOÃO MIGUEL JUNIOR/TV GLOBO

Regina Duarte como Helena em Páginas da Vida (2006): polêmica com o seu ponto eletrônico


Narradora de audiobooks

Regina foi alvo de críticas do colega de profissão José de Abreu por utilizar um ponto eletrônico durante as gravações de folhetins. A atriz, entretanto, previa uma tendência que ganhou força nos últimos anos com o crescimento dos audiobooks e dos podcasts na internet --ela inclusive pode se atualizar sobre as tramas em exibição no Noveleiros, produzido pelo Notícias da TV.

A artista pode emprestar sua voz para grandes clássicos da Literatura. Scarlett Johansson, por exemplo, gravou Alice no País das Maravilhas (1865), de Lewis Caroll, e Anne Hathaway fez uma versão de O Mágico de Oz (1900), L. Frank Baum.

CEDOC/TV GLOBO

Maria do Carmo em Rainha da Sucata (1990): personagem virou sinônimo para reciclagem 


Ativismo ambiental

A causa ambiental está em alta. Até mesmo Vladimir Brichta teve um dia de catador de material reciclável em sua preparação para o papel do biólogo Davi de Amor de Mãe. No folhetim, ele é o presidente da ONG Planeta Vivo e mantém um galpão para reaproveitamento de lixo.

Regina já tem o seu nome fortemente associado ao tratamento de resíduos devido à sua atuação como Maria do Carmo, personagem de Rainha da Sucata (1990). Ela pode se inspirar na "sucateira" que começou com um pequeno ferro-velho e se tornou uma das principais empresárias do país. De quebra, ainda ajudará a Terra a combater o aquecimento global. 

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz mirim Nathalia Figueiredo tira selfie com Regina Duarte durante o Criança Esperança 


Atendente de telemarketing

Adaptada a pontos eletrônicos, Regina também tem vasta experiência nos mesões do Criança Esperança para arrecadar doações. O traquejo com o público é essencial para o setor de telemarketing, que continua funcionando a todo vapor durante a pandemia. Já imaginou "estar sendo atendido" pela ex-atriz?

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Regina Duarte em participação especial em Império (2014): "torcicolo" é sua marca registrada


Quiropraxia

No extinto Orkut (rede social), havia uma comunidade dedicada apenas aos torcicolos da artista, um cacoete de sua atuação em que ela costuma entortar a cabeça durante as cenas mais dramáticas. As dores musculares na região, entretanto, atormentam diversos brasileiros que buscam as soluções com profissionais quiropratas.

Regina precisaria de alguns anos de formação em quiropraxia para oferecer os serviços no Brasil, mas ela pode também fazer cursos de massagem para obter um retorno mais rápido.

ESTEVAM AVELLAR/TV GLOBo

A atriz interpretou Esther em Sete Vidas (2015): personagem passou por relação homoafetiva


Conselheira de casais

Durante sua carreira na televisão, Regina ganhou a alcunha de "namoradinha do Brasil". As metáforas amorosas também permearam os bastidores de sua nomeação como secretária especial de Cultura; ela chegou a afirmar que estava "noiva" de Bolsonaro antes de definitivamente aceitar se "casar" com a missão proposta pelo presidente.

Em seu rol de personagens, a atriz já enfrentou grandes dilemas humanos que lhe dariam estofo para aconselhar casais em crise. Helena, de Por Amor (1998), chegou a trocar seu próprio bebê pelo natimorto de sua filha Eduarda (Gabriela Duarte), o que sacudiu a vida amorosa de ambas.

Ela também viveu experiências com adoção em Páginas da Vida (2006) e um relacionamento homoafetivo em Sete Vidas (2015), o que ampliaria ainda mais seu leque como conselheira.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?