ALARMA TV

Silvio Santos insiste em telejornal bizarro e o ressuscita na faixa da madrugada

REPRODUÇÃO/SBT

Janice Villagrán e Jorge Antolín no Alarma TV

Janice Villagrán e Jorge Antolín no Alarma TV; Silvio Santos decidiu ressuscitar o telejornal na madrugada

GABRIEL PERLINE - Publicado em 30/11/2019, às 23h33

Silvio Santos ignorou a crítica e a opinião da audiência do SBT e ordenou o retorno do Alarma TV para a grade. É a quinta vez que o telejornal mais violento e bizarro do mundo ganha espaço na programação por ordem do dono da emissora. Agora, ele será exibido na madrugada, mais precisamente às 3h30, antes do início do Primeiro Impacto.

Todas as áreas da emissora foram comunicadas sobre a decisão de Silvio Santos. E as afiliadas também receberam a ordem de reservar a faixa das 3h30 às 4h para o Alarma TV, a partir desta segunda (2). Novamente, ninguém entendeu o motivo de o patrão insistir no programa e tampouco gostou de saber do retorno do Alarma TV. 

Em outubro, quando Silvio Santos ordenou o retorno do telejornal para a madrugada, o programa nem chegou a ser exibido. A crítica recebida, por jornalistas e pelo público, foi tão forte que ele desistiu da ideia.

Não satisfeito, o dono do SBT mandou colocar uma enquete no site oficial da emissora para saber se o público era a favor ou contra a exibição do Alarma TV. Para sua surpresa, uma maioria esmagadora se mostrou contrária ao programa.

O Alarma TV só chegou a ser exibido, de fato, em dois horários. Sua primeira edição foi ao ar às 19h20 e fez a audiência do SBT despencar. Silvio, então, achou uma boa ideia mudá-lo para a faixa das 10h30, antecedendo a sessão de desenhos do Bom Dia & Cia, causando espanto por parte do público, já que o programa exibe cenas de escatologia, assassinatos e pornografia disfarçados de notícia.

Depois disso, surgiu a ideia de suceder o Programa da Maisa, aos sábados, mas não chegou a ir ao ar. Depois, foi anunciado na faixa da madrugada, mas a alta rejeição fez o dono do SBT desistir de colocá-lo no ar.

Show de horrores

O Alarma TV é um telejornal de conteúdo duvidoso da Estrella TV, emissora norte-americana que produz entretenimento para o público hispânico dos Estados Unidos. Assassinatos à queima-roupa, mulheres de fio dental esfregando as nádegas na câmera e atos nojentos fazem parte do editorial do dito noticiário.

Seu conteúdo é de deixar os telespectadores realmente alarmados. Considerado pela crítica internacional como o "telejornal mais violento do mundo", ele não poupa a audiência de cenas bizarras. Os apresentadores, sem muitas informações precisas sobre os protagonistas de cada situação, tecem comentários vazios e tentam amenizar o show de horrores com falas supostamente engraçadas.

Em uma reportagem, uma mulher rebola e se esfrega sobre o corpo de um defunto em um caixão. Nenhuma informação é fornecida ao telespectador. Quem são a dançarina e o morto, onde e quando a cena foi registrada, ou o desfecho do ato. A apresentadora, ao final do vídeo, tenta fazer graça. "Será que assim ele se levanta?", provoca Lianna, aos risos.

Em outra, uma briga de bar acaba com um grupo de rapazes se agredindo. A violência aumenta a ponto de alguns deles quebrarem garrafas de vidro nas cabeças de seus rivais. "Além de bêbados, têm a cabeça dura", comentou o apresentador Antolin, fazendo piada com uma situação tensa.

Mulheres dançando de fio dental, cenas de escatologia, comidas bizarras, portadores de doenças que desfiguram seus corpos, brigas, animais em risco e homossexuais em situação de opressão são algumas das cenas que já foram ao ar nos Estados Unidos e que devem ser exibidas a partir desta terça pelo SBT.

Reportagem de verdade não existe no Alarma TV. Embora o site oficial do programa diga que trabalhe com correspondentes em toda a América Latina, seu conteúdo é um grande compilado de vídeos bizarros que circulam pela internet ou nos grupos de WhatsApp, mas apresentados como material jornalístico.

Tudo sobre

SBT Silvio Santos

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook