VOLTOU ATRÁS

SBT desiste de exibir Alarma TV após opinião negativa do público sobre telejornal bizarro

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Os apresentadores Janice Villagrán e Jorge Antolín no cenário do programa  Alarma TV

Janice Villagrán e Jorge Antolín no Alarma TV; Após opinião do público, SBT não exibiu o telejornal neste sábado (19)

REDAÇÃO - Publicado em 19/10/2019, às 15h47 - Atualizado às 16h03

Ao contrário do que foi divulgado ontem, o SBT não exibiu o Alarma TV na tarde deste sábado (19). O Topa ou Não Topa entrou no ar após o talk show de Maisa Silva. Na noite de sexta-feira (18), Silvio Santos mandou implantar uma enquete no site do emissora para saber a opinião dos telespectadores sobre o telejornal mais violento e bizarro do mundo.

A votação questionava o público se a atração deveria ser mantida em novo horário ou cancelada de uma vez por todas. A enquete foi retirada do site da emissora na manhã de hoje. Porém, a exibição do Alarma TV, às 15h30, continua na grade de programação.

A pergunta lançada era: "Qual sua opinião sobre o programa Alarma TV?". A enquete tinha apenas duas opções de respostas, "manter na programação do SBT" e "tirar da programação do SBT". Na enquete publicada às 19h de ontem, a maioria dos votos pedia o fim do programa.

"Neste sábado (19), logo após o Programa da Maisa, assista ao Alarma TV, o programa mais criticado da televisão. Diga, através do nosso site, se devemos continuar apresentando ou devemos tirar da nossa programação", informava também o site da emissora. 

Pouco antes, o SBT emitiu um comunicado à imprensa informando que o telejornal estava de volta à sua programação, ocupando a faixa destinada a Patricia Abravanel com o game show Topa ou Não Topa.

Funcionários da emissora ficaram revoltados com a insistência de Silvio Santos em colocar o "noticiário" no ar. O Alarma estreou em 2 de outubro, às 19h, e recebeu uma enxurrada de críticas por seu conteúdo. O dono do SBT decidiu, então, mudar de horário e colocou-o às 10h30, antecedendo a faixa de desenhos animados. Ficou no ar durante apenas dois dias e foi cancelado.

Show de horrores

O Alarma TV é um telejornal de conteúdo duvidoso da Estrella TV, emissora norte-americana que produz entretenimento para o público hispânico dos Estados Unidos. Assassinatos à queima-roupa, mulheres de fio dental esfregando as nádegas na câmera e atos nojentos fazem parte do editorial do dito noticiário.

Seu conteúdo é de deixar os telespectadores realmente alarmados. Considerado pela crítica internacional como o "telejornal mais violento do mundo", ele não poupa a audiência de cenas bizarras. Os apresentadores, sem muitas informações precisas sobre os protagonistas de cada situação, tecem comentários vazios e tentam amenizar o show de horrores com falas supostamente engraçadas.

Em uma reportagem, uma mulher rebola e se esfrega sobre o corpo de um defunto em um caixão. Nenhuma informação é fornecida ao telespectador. Quem são a dançarina e o morto, onde e quando a cena foi registrada, ou o desfecho do ato. A apresentadora, ao final do vídeo, tenta fazer graça. "Será que assim ele se levanta?", provoca Lianna, aos risos.

Em outra, uma briga de bar acaba com um grupo de rapazes se agredindo. A violência aumenta a ponto de alguns deles quebrarem garrafas de vidro nas cabeças de seus rivais. "Além de bêbados, têm a cabeça dura", comentou o apresentador Antolin, fazendo piada com uma situação tensa.

Mulheres dançando de fio dental, cenas de escatologia, comidas bizarras, portadores de doenças que desfiguram seus corpos, brigas, animais em risco e homossexuais em situação de opressão são algumas das cenas que já foram ao ar nos Estados Unidos e que devem ser exibidas a partir desta terça pelo SBT.

Reportagem de verdade não existe no Alarma TV. Embora o site oficial do programa diga que trabalhe com correspondentes em toda a América Latina, seu conteúdo é um grande compilado de vídeos bizarros que circulam pela internet ou nos grupos de WhatsApp, mas apresentados como material jornalístico.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook