Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FILHO DE LOURO JOSÉ

Quem é o novo mascote de Ana Maria Braga? Saiba tudo sobre o Louro Mané

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

O boneco Louro Mané segura um crachá da Globo no bico

Louro Mané com seu crachá, ao ser contratado como funcionário da Globo, no Mais Você

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 11/5/2022 - 6h15

Neste ano, Ana Maria Braga foi surpreendida com uma invasão nos Estúdios Globo: um papagaio se apresentou como filho de seu companheiro de mais de 20 anos de trabalho, o Louro José. Após semanas de especulação, emoção e até testes de DNA, a apresentadora enfim acolheu o bicho como parte de seu programa. Mas, afinal, quem é o "novo Louro José" e quem está por trás dele?

Toda a história acerca do papagaio, com direito a teste de DNA, foi uma dramaturgia criada pela equipe do Mais Você para gerar interesse do público em relação ao novo boneco.

Desde novembro de 2020, quando Tom Veiga (1973-2020), intérprete do Louro José, morreu repentinamente, Ana Maria Braga vinha fazendo o programa sem nenhum companheiro de cenário para lhe auxiliar e colaborar com comentários espirituosos sobre os assuntos do dia.

Em setembro do ano passado, a apresentadora voltou a cogitar a possibilidade de ter um mascote consigo e pensou em trazer um filho de Louro José para o programa.

Após meses de deliberação, preparação e testes com atores e bonecos, o novo personagem foi aprovado por Ana Maria Braga em março deste ano e chegou ao Mais Você em abril. O público acompanhou praticamente uma novela matinal sobre o caso. 

divulgação/TV Globo

Louro Mané com seu teste de DNA

Quem é o novo Louro José?

O pobre animal ficou sem nome ao longo de semanas no Mais Você. Primeiro, passou dias tentando entrar na Globo --foi barrado por não ter documentos e teve de fazer teste de Covid-19.

Ana Maria Braga também fez questão de que um teste de DNA fosse realizado para provar que se tratava mesmo do filho de seu antigo amigo. Só então, com o resultado positivo, o animal fictício ganhou aval para frequentar o estúdio como funcionário fixo. Depois, a loira ainda promoveu uma enquete online para que o público escolhesse o nome do papagaio. 

Apesar de os telespectadores terem decidido por chamá-lo de Lourito, a apresentadora passou por cima disso e decretou que o nome do papagaio seria Louro Mané (aceitou chamá-lo de Lourito eventualmente, como apelido). 

Assim, desde meados de abril, Louro Mané tem aparecido diariamente no Mais Você e interagido com Ana Maria e com os convidados do programa, tal qual fazia seu pai.

O boneco utilizado é novo, não é o mesmo com que Tom Veiga trabalhava. Louro Mané foi criado como um papagaio adolescente, com tamanho menor e cores mais vivas. 

Quem é o ator por trás de Louro Mané?

O escolhido para interpretar o filho de Louro José foi Fabio Caniatto, que é experiente na área. Ele é ator, diretor, mestre em Artes pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pesquisador de linguagens da máscara e manipulação de bonecos. 

Caniatto trabalhou na Cultura e interpretou bonecos no programa Tá Certo? e na série infantil Que Monstro Te Mordeu? (2014-2015). Ele também participou de festivais de bonecos e encenações teatrais no Brasil e na Europa. 

O ator é santista, mas seu personagem segue as preferências do pai: na última segunda (9), Louro Mané apareceu com roupas do Corinthians, mostrando que é fã do time paulista assim como Louro José. 

Reações do público

Nas redes sociais, Louro Mané é um sucesso. Saudoso de Louro José, o público rapidamente acolheu o jovem papagaio e se divertiu com a saga para a entrada dele no programa. Telespectadores deram risada com a escolha do nome, os testes de Covid e de DNA e fizeram memes com a imagem do boneco corintiano. 

Há, no entanto, algumas pessoas que ainda não se convenceram de que trazer um papagaio novamente para o estúdio do Mais Você tenha sido a melhor escolha.

Confira algumas reações dos fãs:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.