Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DE HORÁRIO A TÉCNICOS

O que o The Voice+ tem de novo? Saiba tudo sobre a 'estreia' do reality

JOÃO MIGUEL JÚNIOR/TV GLOBO

Montagem de fotos com Ludmilla, Claudia Leitte, Daniel e Mumuzinho no estúdio do The Voice+

Ludmilla, Claudia Leitte, Daniel e Mumuzinho são os técnicos do The Voice+, que estreis neste domingo (17)

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 17/1/2021 - 6h45

Depois de um 2020 de "desafios", com a necessidade de medidas de segurança para a continuidade do The Voice Kids e para a realização da nona temporada com adultos, a Globo estreia neste domingo (17) o The Voice+. A edição contará apenas com participantes acima de 60 anos de idade. Mas essa não será a única novidade.

A equipe de jurados terá uma novata: Ludmilla. A cantora de 25 anos nunca havia atuado como técnica e começará nessa função justamente avaliando pessoas com mais experiência de vida. Assim que recebeu o convite da Globo, a artista levou um susto e deu uma titubeada, mas depois assimilou e aceitou a ideia.

"Pensei: 'A galera vai cair matando em cima de mim por eu ter só 25 anos e estar julgando a galera que é bem mais madura do que eu'. Mas botei na ponta do lápis e vi tudo o que eu consegui construir na vida, os lugares em que cheguei. Sou muito determinada e sei o que o público gosta de ouvir", revelou Lud durante evento virtual de lançamento do programa para a imprensa.

Já o sertanejo Daniel volta ao The Voice mais de seis anos depois de ceder uma das cadeiras de técnico para Michel Teló na versão para adultos. "Sempre me considerei parte dessa família, mesmo de longe, estive sempre acompanhando e curtindo os programas. Chegar nesse formato diferente, tendo entre as vozes pessoas mais experientes, mais maduras, é um grande presente", exaltou ele.

Mumuzinho entrou para a "família The Voice" em 2020, quando a temporada Kids retomou os trabalhos depois de um período de paralisação que havia começado em março. O sambista assumiu a cadeira de Claudia Leitte. A artista estava de quarentena nos Estados Unidos e não retornou para fazer as gravações finais no Brasil. Agora, os dois estarão juntos no The Voice+.

A cantora será a única artista a ter participado dos três diferentes formatos do reality musical na Globo. "Fiquei emocionada em ser convidada para estar em mais essa nova etapa da família The Voice. Recebi a ligação em plena pandemia e me senti muito amada e amparada pela equipe, pois fizeram questão de pontuar todos os cuidados que teremos por conta de toda a situação, pensando na saúde de todos", disse.

A Globo não vai adotar o esquema que foi feito na retomada do The Voice Kids, com apresentações virtuais. Os candidatos maiores de 60 anos farão os seus shows no próprio estúdio do programa. O cuidado com os participantes tem de ser redobrado, considerando que eles estão no grupo de risco da Covid-19.

"Para a gravação do The Voice+, seguimos adotando todos os protocolos de segurança, como equipe reduzida e protegida com equipamentos de segurança, limitação de pessoas com acesso aos estúdios. Os candidatos ficam em camarins e quartos separados, já chegam prontos, e mantêm o distanciamento", ressaltou a emissora em comunicado ao Notícias da TV.

Apresentadores e formato

Para a apresentação, a Globo seguirá com André Marques e Thalita Rebouças, que já comandavam o Kids. Os dois admitiram que ficaram surpresos por terem sido mantidos nessa temporada sênior.

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

André Marques e Thalita Rebouças no The Voice

"Estava em São Paulo quando soube que estaria no time The Voice+. Comecei a chorar no meio da loja, foi uma coisa que mexeu muito comigo. Eu sou apaixonado pelo programa. Achei essa ideia genial, porque sabemos que nossa audiência do público 60+ é enorme. Assim que eu tive a notícia, fiquei imaginando as pessoas que vão aparecer e o repertório riquíssimo dessa galera. Estou muito empolgado", comentou o apresentador.

O dia será o mesmo do Kids, domingo, mas o horário é diferente. Em vez de ser exibido logo no início da tarde, o The Voice+ vai ao ar antes do futebol e depois da Temperatura Máxima. Hoje (17), o programa começa às 14h20.

O ano passado foi a da pior temporada da versão infantil no quesito audiência. Em 2020, o reality musical com os adultos também acumulou uma sequência de recordes negativos. Mas o diretor artístico Creso Eduardo Macedo não vê desgaste no formato.

"O The Voice+ não é para dar gás em nada do The Voice. O The Voice vai muito bem, obrigado. O que mais me motiva é quando a gente faz as seleções, por causa do talento. A gente agradece de caber a nós fazer essa coisa acontecer e dar oportunidade para que esses artistas sejam conhecidos. A gente vem com vontade de fazer uma coisa bonita. Não vejo desgaste, acho que esse programa vai ficar no ar durante muitos anos, se Deus quiser, e dar oportunidade para talentos no Brasil", desejou o diretor.

Apesar de inédito no Brasil, o The Voice Senior (nome original) já teve edições na Bélgica, Alemanha, Lituânia, México, Polônia, Rússia, Espanha, Tailândia e Holanda, país que exibiu essa edição especial pela primeira vez, em 2018. 

A temporada para maiores de 60 anos na Globo terá cinco etapas: as audições às cegas, tira-teima, top dos tops, semifinal e final. O programa começa com 48 candidatos aprovados nas audições às cegas, 12 em cada time, e termina com um vencedor, que ganhará o prêmio de R$ 250 mil e um contrato com a gravadora Universal Music.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas